“MarsBet”

Maxi depois de Veloso

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Cresci com Veloso (fosse o herdar o apelido do pai, uma questão meritória e Miguel ainda seria apenas Miguel) a defesa direito e / ou esquerdo de um SL Benfica (1980 a 1995, ou seja nos meus primeiros 16 anos de vida) repleto de grandes jogadores. Mas, a Veloso nunca vi um drible, não me recordo de uma assistência, nem tão pouco de um golo, além de que desde os seus 25/26 anos, que era tido como “velho”. Na escola, os intervalos / recreios eram passados, ou a desancar em Veloso (exercício muito bem cumprido pelos adeptos do Sporting), ou sem saber como o defender (tarefa impossível, a cargo dos adeptos do Benfica, lá está).

Hoje, o lugar de defesa direito do SL Benfica é de Maxi Pereira, um uruguaio que se tem revelado perfeito na ocupação dos espaços, bem como no cumprimento de todos os outros princípios defensivos do jogo. Tem denotado ser veloz q.b., e suficientemente agressivo, abegnado e astuto para, por um lado não se deixar bater pelos adversários, e pelo outro, não andar a bater em tudo o que mexe (incluindo a sua própria sombra).

Parece-me ser, claramente, e até à data, o defesa de maior rendimento e utilidade do SL Benfica (e, exceptuando o fenómeno que foi Miguel, provavelmente o melhor defesa direito pós Veloso). No entanto, apesar de já o ter visto marcar um golo, contínuo sem ver um drible, um toque de calcanhar, ou um pontapé de bicicleta! Para completar o ramalhete, há ainda aquele sinal na face, extremamente parecido com o, do agora benfiquista, Emplastro!

Quão difícil deve continuar a ser a vida dos adolescentes benfiquistas na escola!

P.S. – Sabia que Maxi jogou os últimos 20 minutos no clássico SLB – FCP, como defesa esquerdo?

P.S. II – Não tem nada a ver com o caso, mas, sabia que o árbitro auxiliar desse mesmo jogo declarou que esteve 5 dias sem ir trabalhar, fruto duma lesão provocada pelo “Diabo” (imagine-se agora, a sofrer aquele cachaço na mona e a explicar ao seu patrão que ficou fisicamente incapaz por 5 dias, de prosseguir a sua actividade profissional. Pois…), e que devido a esse infeliz acontecimento, recorre hoje a uma psicóloga? Se há miudos que lamento terem de crescer numa qualquer escola do concelho da Amadora, há graúdos a quem isso lhes teria feito muito bem.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2862 artigos
Creator of the "Lateral Esquerdo", is also a teacher at the University Stadium in Lisbon. Soccer coach, having conquered several national titles in Portugal. Experience as soccer coordinator, and lecturer at various Sports Universities. Author of the book "Build a champion team" from the publisher PrimeBooks.

5 comentários em Maxi depois de Veloso

  1. Bem, nem sei que diga. Comparar Maxi a Veloso? It´s the end of the world has we know it.

    “Hoje, o lugar de defesa direito do SL Benfica é de Maxi Pereira, um uruguaio que se tem revelado perfeito na ocupação dos espaços, bem como no cumprimento de todos os outros princípios defensivos do jogo. Tem denotado ser veloz q.b., e suficientemente agressivo, abegnado e astuto para, por um lado não se deixar bater pelos adversários, e pelo outro, não andar a bater em tudo o que mexe (incluindo a sua própria sombra).

    Parece-me ser, claramente, e até à data, o defesa de maior rendimento e utilidade do SL Benfica (e, exceptuando o fenómeno que foi Miguel, provavelmente o melhor defesa direito pós Veloso).”

    The end of the world has we know it . And I [DON´T] feel fine.

  2. Só não percebi se afinal Maxi Pereira é bom ou mau lateral, independentemente de ser o lateral direito de melhor rendimento na Era pós Miguel, poorque aqui estamos de acordo. Mas Maxi não é um jogador de categoria para ser lateral-direito do Benfica.
    “Hoje, o lugar de defesa direito do SL Benfica é de Maxi Pereira, um uruguaio que se tem revelado perfeito na ocupação dos espaços, bem como no cumprimento de todos os outros princípios defensivos do jogo. Tem denotado ser veloz q.b., e suficientemente agressivo, abegnado e astuto para, por um lado não se deixar bater pelos adversários, e pelo outro, não andar a bater em tudo o que mexe (incluindo a sua própria sombra).”
    Isto era um elogio?!!

    http://chutodeletra.blogspot.com/

  3. Ola Carlos

    Pode ser um elogio ou não, depende da perspectiva que cada um tem do futebol! Na minha, é um elogio, mas compreendo que haja quem espere e/ou exija outras coisas de um defesa direito!

    Pessoalmente, creio que os benfiquistas têm razões para estar mt contentes e optimistas com Maxi Pereira, até pq para quem teve nos ultimos 2 ou 3 anos Luisão (um jogador muito pouco agil e veloz) como defesa direito… ter Maxi é mesmo um luxo (e até à data, parece-me ser de longe o melhor defesa direito da liga sagres. Preciso, no entanto, de ver melhor o Sapunaru, ou até o Miguel Lopes).

  4. Tive oportunidade de ver Sapunaru e Miguel Lopes.

    Sapunaru fica ligado ao golo da Naval, num lance que n define a sua categoria, mas que já n é a primeira vez q acontece…

    M.Lopes, vi-o pela 2nda vez…e não gostei.

    Também Maxi fica hoje ligado ao golo do Vitoria, pelo incumprimento da concentração (caso raro nele!)

  5. PB,

    já tive oportunidade de debater contigo o caso Maxi Pereira. Não concordo nada com essa do “caso raro nele”. Já te apontei vários golos sofridos em que esteve directamente relacionado (neste momento são 6 em 12!). Aconselho-te novamente a veres o primeiro golo sofrido em Nápoles, um lance quase igual ao do golo do Vitória. Sem homem na faixa, o que uruguaio tem de fazer é chegar-se ao centro, o que raramente faz, por falta de inteligência e desconcentração. Não é jogador para o Benfica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*