Ramires. Declaração de qualidade.

white corner field line on artificial green grass of soccer field
“Jogo no máximo a dois, três toques.”

As referências já prometiam. As declarações aumentam a expectativa.

Com Yebda, Rúben Amorim, Pablo Aimar e Ramires no plantel, será crime não pensar num triângulo (Yebda ou Amorim como pivot defensivo, Aimar e Ramires como vértices mais ofensivos) ou num losango (Yebda como pivot defensivo, Ramires e Amorim como interiores, e Aimar no vértice mais adiantado) para o meio campo.

Permanecer num modelo que somente contemple dois médios centro, é de tal forma absurdo, que por si só, deveria ser motivo para uma rescisão contratual com justa causa.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

3 comentários em Ramires. Declaração de qualidade.

  1. Crime já é pensar que com jogadores como Yebda (um trinco de qualidade) e medios como Katsouranis, Aimar, Amorim ou Carlos Martins se pode jogar em 4-4-2 classico. Nem aimar, nem amorim, nem yabda nem carlos martins sao jogadores para jogar neste sistema. Entao os casos do argentino e do frances são gritantes. Pedir a Yebda que faça um papel de box-to-box é estupido. Pedir a Aimar que jogue sem apoios é…

  2. PB,

    Não posso deixar de notar a forma como a tua opinião mudou radicalmente em relação a Quique Flores. Se me lembrar das argumentações que tivemos no inicio de época…

    Digo-te que nem 8, nem 80…

    Sobre o Ramires, é verdade que joga simples e que procura essencialmente aproveitar os espaços de forma inteligente. O campeonato brasileiro é muito diferente do português, no entanto, e há aqui uma adaptação que o jogador terá de fazer. Não sei qual a função que lhe será destinada, mas se o Aimar ficar dificilmente será aquela em que vem actuando porque é basicamente o mesmo papel. Ou seja, atrás dos atacantes…

    Abraço

  3. A evolução do Benfica parou, sensivelmente em Novembro. Até esse mês, havia sp algo de positivo em relação ao jogo anterior.

    O Ramires n conheço, mas se é verdade q joga no máximo a 2,3 toques, já deve ser, por certo, bem mais jogador q mts q por ca temos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*