Sporting. Problemas co(laterais)

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Ponto prévio: O Twente surpreendeu pela boa organização defensiva. Defesa à zona, concentrada no lado da bola, boa capacidade para promover equilíbrios, através das permutas entre médios e defesas. Conseguiu garantir, em grande parte do jogo, uma estrutura coesa (João Querido Manha, apelidou a defesa holandesa de caótica. Teria sido interessante ter argumentado).

Deduzir-se que jogar contra 10, torna o jogo mais difícil, é um absurdo. No jogo de Alvalade, a partir do momento da expulsão, não mais o Sporting teve oportunidade para explorar as transições rápidas para o ataque. Contudo, uma equipa de nível e com aspirações, não pode cingir-se aos ataques rápidos. Com tanto tempo de jogo, realizado, em ataque organizado, o Sporting poderia e deveria ter desbloqueado o resultado.

Jogando contra 10, uma possível forma de tentar desorganizar o adversário, poderia ter surgido, através de constantes mudanças (rápidas, e de pé para pé, pelos centro campistas) de corredor de jogo, procurando fazer a bola chegar às zonas com menor concentração defensiva adversária, por forma a realizar, o maior número de cruzamentos, próximos da área adversária. Ter mais jogadores em situação de finalização (os 2 avançados, Matías e o médio interior, do lado contrário à bola, deveriam surgir na grande área) teria ajudado.

Contudo, para tal, ajudaria ter defesas laterais com maior qualidade (mais rápidos, com mais técnica e mais astutos). É que Caneira e Pedro Silva…

No Sporting actual, a ausência de laterais de nível (na vertente ofensiva e defensiva), deveria ser a principal preocupação de quem decide e forma o plantel.

P.S. – E pensar que César Peixoto anseia mudar-se para Lisboa (ele que, seria, também, uma opção bastante interessante, como centrocampista).

P.S.II – Paulo Bento lamentou a ausência de Izmailov. Óbvio.

P.S. III – O “toque de bola” de Yannick…

P.S. IV – Perto de se tornar internacional português, Liedson a um passo de completar 32 anos, pareceu menos ágil.

P.S. V – Apesar do insuficiente resultado, a eliminatória continua ao alcance.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

1 comentário em Sporting. Problemas co(laterais)

  1. Ponto prévio: Paulo Bento nao conhece o reforço Matias Fernandez. Ele marca penaltis e bem. Nao estou com dados á frente mas asseguro que ele marca penaltis e com muita eficacia!

    Depois, um Sporting a dar mais do mesmo. Só com vontande não se vai lá. E se no ultimo segundo tivessem sofrido golo? Era bonito.

    Depois ainda hoje ouvi um Sportinguista na Sic Noticias com a desculpa de sempre "acabamos o jogo com X jogadores da Academia, isso é que deveria ser falado"… Tenham paciencia.
    Mais do mesmo não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*