Solteiros contra Casados. Na TVI.

white corner field line on artificial green grass of soccer field

De repente o Twente não pareceu nada bem organizado. Incrível como com somente 10 jogadores, foram capazes de ocupar correctamente o espaço, contrastando com o comportamento adoptado no jogo da Holanda.

O Sporting realizou uma exibição absolutamente miserável (colectivo sem ideias, e as individualidades a não demonstrarem um pingo de qualidade). Yannick (será, tecnicamente, o pior jogador da Liga Sagres?!?) e Liedson (perdeu todas as bolas em que tocou. Alguém lhe explica, que quando recebe a bola de costas para a baliza, com um adversário imediatamente atrás, deve funcionar como apoio, e não forçar o enquadramento com a baliza adversária?), principalmente, realizaram um jogo grotesco.

Contudo, e por incrível que pareça, o maior destaque pela negativa, para quem assistiu ao jogo pela televisão, só pode ser um. A equipa de comentadores da TVI.

Pérolas atrás de pérolas.

Ficámos a saber que no futebol vence quem tem mais atitude, garra e raça. Reparámos, também, que Derlei estava a fazer falta. Se pensou que seria por oferecer outras opções, colectivas, à equipa, desengane-se. Fez falta, porque tem uma entrega inexcedível ao jogo, claro.

O ponto alto da transmissão televisiva, foi a solicitação de mais “músculo” para o meio campo do Sporting. “Dar uns passos atrás, para depois poder dar uns à frente”. Brilhante. Como forma de desbloquear um resultado, perante uma equipa ultradefensiva, foi sugerida uma maior aposta em trolhas.

“Os jogadores do meio campo do Sporting estão a marcar mal”. O que estariam eles a marcar mal? As linhas do campo, ou os adversários? É que, é suposto marcarem tanto as linhas, quanto os seus adversários.

Parece que essas coisas estranhas, apelidadas de talento, velocidade e inteligência estão sobrevalorizadas. O que resolve jogos e o que faz falta (a animar a malta!?!?), é gente para correr a maratona e dar umas cacetadas.

P.S. – Entretanto, o Lateral Esquerdo apurou que, Jorge Jesus, que assistia ao jogo, ouvindo tão sábias recomendações, requereu o regresso de Bynia. Parece ser o substituto ideal de Aimar, para jogos destas características.

P.S.II – As atrocidades proferidas pelo duo de artistas da TVI, foram de tal forma ridículas, que seria impensável deixa-las passar em claro. Mesmo, não sendo esse, o foco deste espaço.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

6 comentários em Solteiros contra Casados. Na TVI.

  1. Embora compreenda que não é o foco deste espaço comentar os comentadores, só me resta concordar com tudo o que foi escrito pois ao ver o jogo dei por mim a pensar se não seria menos penoso vê-lo sem som.

    Especialmente o 'locutor' da casa, que entre os exemplos já descritos, assim do nada, perto do final do jogo, começa a falar do fcp e do facto de a uefa ter esclarecido que ia mesmo jogar a liga dos campeões este ano (mas alguém ainda tinha dúvidas?!?), acrescentando este nada isento comentário (reparem que agora os relatadores/locutores também já comentam): 'ao contrário do que alguns queriam'.

    Quer dizer, que há adeptos dos vários clubes que passam dos limites todos nós sabemos, mas que um 'locutor', a meio do relato de um jogo do scp, do nada, comece a falar do fcp e do seu acesso à liga dos campeões, fazendo questão de insinuar, a alto e bom som, com um tom mesmo provocador que havia quem não quisesse que isso acontecesse…

    Enfim, compreendo o ponto de vista, mas pareceu-me descontextualizado, despropositado e claramente provocador.

    Mas é assim que temos de ver futebol em Portugal! Infelizmente…

  2. Compreende-se que assim seja, não podendo dizer mal do futebol do Benfica nem elogiar "ad mausea" a "organização do FCP, os homens ficam completamente desnorteados…

  3. O senhor Luís Sobral só está onde está e a fazer o que faz porque é um subordinado, na TVI o Benfica e o Sporting são enxovalhados a torto e a direito por esse senhor e outros que lá andam como o João Querido Manha.

  4. De facto, os comentadores da TVI costumam ser os mais anedóticos. Ver os jogos com som tem sempre algo de interessante, por isso. E o pior é que, quem os põe ali, nem sequer percebe o grau de responsabilidade que aquelas pessoas têm. É, por isso, natural, que a opinião pública seja miserável. Aquilo que lhes é dado também é muito fraco.

    Quanto ao jogo em si, o Twente foi igual ao que tinha sido em Alvalade. Simplesmente, com 10, tinha-se fechado lá atrás. Isso não significa que tivesse ocupado bem os espaços. Fizeram perseguições homem a homem e houve sempre buracos no meio-campo inacreditáveis. Mas o Sporting não os soube explorar e, quando assim é, parece que a equipa que defende está muito organizada.

    Quanto aos destaques, nem consigo criticar Djaló. Como não consigo criticar Abel ou André Marques. Aquilo foi tão mau que me parece que não se pode individualizar. Até o Pereirinha, que é dos jogadores mais esclarecidos, teve tomadas de decisão absurdas. Quanto a Liedson, não é diferente do que ele faz sempre. É por isso que não gosto dele. Passou o jogo a fazer tudo o que costuma fazer e a comprometer todas as jogadas em que se envolve. A diferença foi que, desta vez, não foi só ele a comprometer; foram quase todos. E quando não marca golos, Liedson é só isto. Tendo em conta que não marca assim tantos, é para mim profundamente incompreensível toda a reputação que granjeou ao longo dos anos.

  5. Concordo em absoluto. Para além do jogo não ter corrido bem ao Sporting, ainda temos de levar com estes pseudo-comentadores que de futebol percebem muito pouco e estão ali a debitar trivialidades. Devem ter tido formação com a Moura Guedes.

  6. Concordo em absoluto com o que é dito neste post. Estes comentadeiros candidatos a fazedores de opinião dão uma imagem do jornalismo televisivo ainda pior do que aquele que se lê nos jornais. Gostava de saber o que que é preciso para ser jornalista desportivo. Pelos vistos não é preciso muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*