A ausência de Marat Izmailov

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Um futebolista é tudo aquilo.

Capacidade técnica, fantástico na vertente táctica, quer na ocupação dos espaços, quer na tomada de decisões, fisicamente muito interessante, abegnado e sempre disponível para contribuir para o sucesso colectivo. Ainda que tal, lhe possa dar menor notoriedade aos olhos do comum adepto.

A sua grave lesão, parece passar despercebida. É que Izmailov vale dez vezes, o valor que lhe é atribuído. Paulo Bento sabe-o.

Boas opções não faltam no plantel do Sporting. Pereirinha transpira qualidade, e Vukcevic, poderá ser, também, uma excelente opção. Assim o deseje. Porém, e apesar das imensas opções, para a posição de médio interior (e todas com qualidade individual), nenhuma iguala Izmailov.

Na Liga Sagres, vários são os jogadores com bons traços individuais. Outros tantos, não tendo tanta qualidade técnica ou física, possuem uma estrutura mental, suficientemente interessante, para que, em prol da equipa, abdiquem da fama. Izmailov, enquadra-se, no restrito lote dos que têm lá tudo.

P.S. – Com Pereirinha, Moutinho, Matías Fernández e Vukcevic, e apesar do enorme contratempo, não parece que o Sporting precise mais de um médio, que de um bom defesa lateral…

Texto recuperado de Julho

E agora, já percebeu o quão valioso e importante, é o jogador Russo?

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2362 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

3 comentários em A ausência de Marat Izmailov

  1. Marat Izmailov é tão somente o jogador mais importante do Sporting, a par de Liedson. Ele sabe defender e pressionar quase tão bem como ataca e cria oportunidades de golo,quer em jogadas individuais quer em remates de longe ou assistências para os seus companheiros.É aquilo a que se chama um verdadeiro jogador de equipa, que nunca vira a cara à luta, esforçado e abnegado como poucos e com uma técnica individual que o torna imprevisível. Foi das melhores contratações que o Sporting fez nas últimas decadas. Pena é que a restante equipa não esteja à sua altura. Ele é daqueles activos que importa manter por muitos anos satisfeito. Que volte rápidamente e igual a sí próprio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*