Levanta-te e anda. Jesus deu-lhes asas.

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Pós Atenas, a interrogação. Como reagiria o Benfica? Nesta semana, muitos foram os que voltaram a questionar a capacidade do actual SL Benfica para reagir a um resultado adverso.

Estas potenciais dúvidas surgem na mente dos que creêm que a forma no futebol é fisíca e/ou anímica. Tais factores são fulcrais no jogo moderno. Mas, estão longe de ser a principal alavanca para o sucesso.

Na temporada passada, e perante as injustas críticas, alusivas à falta de atitude, ou motivação de que os jogadores do SL Benfica foram sofrendo, sempre fomos referindo que esse estava longe de ser o problema. Bem pelo contrário.

Ao contrário do que uma larga maioria deduz, o actual bom momento não passa por uma questão de mentalidade. Não está na atitude ou na perseverança a diferença do actual SL Benfica para o do acéfalo Quique Flores.

A competência do actual Benfica é táctica. A equipa é extremamente competente no principal factor de rendimento do jogo. O físico e o anímico poderão ajudar ou prejudicar. Porém, quando a principal qualidade passa pela ocupação / reocupação dos espaços e pela tomada de decisões, facilmente se obtêm níveis elevados de confiança, pois está-se sempre mais próximo do sucesso.

P.S. – O Belenenses e o Sp.Braga de Jorge Jesus foram, do ponto de vista táctico, as melhores equipas da Liga nas épocas passadas. A expectativa sobre o que poderia fazer Jesus com jogadores de maior qualidade era grande. Não nos enganámos. Somente as dúvidas sobre as capacidades de liderança e comunicação, nos impedem de o catalogar, desde já, como um dos melhores da Europa. Talvez esteja na altura de aprender inglês.

P.S. II – Como é óbvio, não precisa de vencer qualquer troféu para provar competência. Ainda que tal afirmação possa fazer uma enorme confusão na sua mente.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2364 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

26 comentários em Levanta-te e anda. Jesus deu-lhes asas.

  1. O Benfica joga como não jogava à anos. Ocupa bem os espaços, pressiona quando deve pressionar, abdica da bola quando deve abdicar, joga concentrado, enfim, joga futebol.

    Aos que vão dizer que o Benfica só começou a jogar quando entrou Aimar, digo-lhes, que mesmo reconhecendo a melhoria com Aimar, já o Benfica vinha fazendo, nesses 60m sem Aimar, uma exibição seguríssima, subindo quando queria e devia, causando calabrios de cada vez que o fazia. O Everton apenas jogou o que o Benfica deixou jogar.
    Foi das melhores exibições que já vi o Benfica fazer, extremamente personalizada, com intensidade e inteligência. Grande Benfica, grande Jesus, porque a diferença deste Benfica em relação aos outros, mais que nos jogadores está sim no treinador.

  2. nao precisa de trofeus para mostrar que é o melhor? deves estar a brincar só pode!! nao me digas que concordas com o realizador idiota que diz que jesus é melhor que o mourinho

  3. Apesar de serem demasiado evoluídas comparativamente ao panorama nacional as equipas de jesus possuem alguns defeitos que derivam todos da mesma questão: a intensidade.

    As suas equipas dependem muito da intensidade e sem ela acabam por sofrer algumas dificuldades.
    No caso concreto do Benfica observamos que a equipa é especialmente forte nas transições. Sobretudo na defensiva onde recupera a bola com uma facilidade incrível e impede os adversários de jogar. A questão é que a grande qualidade desta equipa está na forma como recupera a bola e esfectua transições devastadores que normalmente terminam com finalização. E posto isto o benfica raramente joga em organização ofensiva. Os golos que o slb marcou foram praticamente todos em bolas paradas e transições. Quase nenhum em organização. E isto tem muito a ver com as ideias de jesus que pretende, uma intensidade e verticalidade quase constantes, mas também com os jogadores da equipa que não possuem características que favoreçam uma cultura de posse em detrimento das transições. Javi Garcia não participa na construção obrigando Aimar a recuar o que retira um apoio entre linhas fundamental para uma equipa que queira circular a bola. Ramires e Di Maria têm nas transições e na verticalidade a sua mais valia oferecendo poucas soluções em posse. Cardozo tem pouca mobilidade mas ainda assim vai oferecendo alguns bons apoios verticais, etc. Apenas saviola e aimar oferecem ao benfica uma cultura de posse e circulação de bola e maior imprevisibilidade. Isto leva a que a equipa jogue sempre a um ritmo altíssimo e que raramente faça um jogo pausado e que descanse com bola.

    Daqui advêm alguns problemas como os que foram sentidos em Paços de Ferreira por exemplo. O benfica na segunda parte jogou a um ritmo mais baixo e simplesmente não conseguiu ter a bola. E mesmo em organização defensiva o benfica sentiu dificuladades para travar o Paços.

    No jogo com o braga o benfica sentiu outro tipo de dificuldades. Apesar de ser superior ao braga, o braga tem algo que o benfica não tem, circulaçao e posse de bola em todo o campo. Essa capacidade aliada também a muita inteligência nas saídas foi suficiente para evitar que o benfica recuperasse a bola em zonas perigosas e fizesse transições rápidas, a sua principal arma. Foram raras as vezes que o slb conseguiu sair em transição e obrigado a jogar em organização sentiu naturais dificuldades.

    Creio que Jesus peca apenas neste aspecto a nível táctico mas sem dúvida que as suas equipas são fortíssimas e que, pelo menos a nível táctico, é do melhor que por aí há.

    cumprimentos

  4. "Estas potenciais dúvidas surgem na mente dos que creêm que a forma no futebol é fisíca e/ou anímica. Tais factores são fulcrais no jogo moderno. Mas, estão longe de ser a principal alavanca para o sucesso."

    Eu diria que quem está longe (e muito) de chegar lá, és tu.

    Que barbaridade!

    Se tiveres a falar de robots…

    Nunca jogás-te futebol, mas sim à bola.

  5. Essa de não precisar de títulos para mostrar competência é de bradar aos céus…é o mm que dizer que o administrador da galp nao precisa de por a empresa a dar lucro para se provar que teve uma boa prestação…
    E aqui deixo outra comparação…é o mesmo que comparar com o futebol do hulk…é espectacular mas em termos objectivos se nao puser a bola lá dentro, se não conseguir o seu objectivo de nada vale a espectacularidade…

    Tenham senso no que dizem pf…fica o conselho. De resto nada a dizer.

    Ruibonga

  6. @ anónimo anterior:

    É preciso ter sido uma super estrela do futebol para se poder falar sobre ele e .. ter razão?

    O entendimento do jogo, a velocidade da (boa) tomada de decisão, são factores muito mais decisivos dos que a forma física, ou anímica.

  7. "No "flash interview" ouvi falar de quebras físicas e logo dei por mim a pensar que a minha cruzada vai ser mesmo difícil. É que não consigo mesmo que se perceba que isso não existe. A forma não é física. A forma é muito mais que isso. O físico é o menos importante na abrangência da forma desportiva. Sem organização e talento na exploração de um modelo de jogo, as deficiências são explícitas, mas pouco têm a ver com a forma física".

    http://lateral-esquerdo.blogspot.com/2009/08/jose-mourinho-xvi.html

    O tipo q diz isto, tb n se tornou famoso por ser futebolista… bate certo c o q o Anónimo diz.

  8. O anónimo já vai responder-te.

    É que o teu jogador, se estiver em "baixo" (forma anímica) por muito que saiba o que tem que fazer em campo, não o vai fazer certamente. (vai-se lá saber porquê, mas deixo ao teu critério)(um rebuçado se lá chegáres)(se falármos em robots, é diferente)

    Não é decisivo sim (forma anímica), mas é muito mais infuente do que pensas.

    Continuo a dizer que nunca jogás-te futebol, mas sim à bola. (melhor, não tens aquele instinto)

    Futebol não é só teoria <:Z

  9. ió ió ió ió

    Como qq pessoa com mais de 2 neurónios facilmente depreenderia o texto aborda questões colectivas. Exactamente as mesmas, que Mourinho refere nesta transcrição.

    Também é óbvio que se um jogador estiver com uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho, vai jogar menos bem (não vai jogar sequer. Esclareço-o, pq dúvido q o saibas) que um fisicamente apto

    ió ió ió ió ió ió

    engraçado tb a teoria de que um jogador se n tiver animicamente bem, n vai fazer o q é pedido em campo.

    Está aqui a ser sugerido que um jogador que esteja triste deixa de saber ocupar o espaço? Fica perdido no campo?

    ió ió ió ió ió ió

  10. btw se a força anímica interessase assim tanto em detrimento de outros padrões, era possível que os caçadores das taipas treinados pelo Dr. phil ganhassem ao Barça depois de eles assistiram a uma maratona de um mix dos programas do Malato e da julia pinheiro.

  11. Lol não sei o que é que tem mais piada se a burrice de alguns tipos ou a inistencia do ministro em proteger os interesses do blogue;).

    mesmo assim é bonito de ser ver a "lealdade" de um leitor a um blogue que tambem para mim é uma inequívoca referencia.

    Abraço

    JFC

  12. a forma animica é essencial tambem. veja-se o mariano, ou outros jogadores como shevchenko no chelsea por exemplo. nao é por acaso k as adaptaçoes a diferentes paises e nao necessariamente tacticas por vezes correm mal.

    e ja agora nem foi comigo mas acho k te fica muito mal estar a insultar quem discorda de ti. mas cada um fica com as atitudes k toma. é k continuando assim qualquer dia estás ao nivel do ministro.

  13. Agora ficámos a saber que a forma anímica de um jogador ou robot, é estar triste.

    E eu que nem falei da forma física… mas parece que é tudo do mesmo saco.

    ahahah é só rir.

    gg

  14. É que com estes ióióióiós pareces o treinador do setúbal que foi prá rua… eu é que sei… vocês não sabem nada… ou concordas ou levas com ironias e ióioióiós

  15. parece-me claro que aqui, a primeira questão levantada foi um tecer, desncessário, de juizos de valor sobre o autor do texto.

    Não tenho dúvida de que os "iós" foram apropriados.

    Dá-lhe ministro looooooooool (We'll never walk alone)

    E já descobriste os clubes dos autores do blog ou não?

    "btw se a força anímica interessase assim tanto em detrimento de outros padrões, era possível que os caçadores das taipas treinados pelo Dr. phil ganhassem ao Barça depois de eles assistiram a uma maratona de um mix dos programas do Malato e da julia pinheiro."

    lol

  16. é pena k o fanatismo afecte tanto o pb k nas raras vezes k se consegue abster dele até escreve bem.
    nao demora muito este blog a tornar-se oficialmente de apoio ao benfica!

    btw acho k depois de concordar com o ministro ja passou…

  17. sou o capanga cá do sitio lol

    O rodrigo rodrigues é benfica! O PB é lagarto, mas tá convertido. axo piada a nao rasgar o sporting como rasgou o glorioso no ano passado. MAs é bom rapaz loooooooooool
    (ao menos n é andrade)

  18. eu sou do benfica… mas não sou fanático… sei reconhecer que neste momento, por exemplo, que o Sporting não é das melhores equipas a praticar futebol… e posso dizer também que o FCP também não!!!

    gostaram da minha análise… é quase tão perfeita como dizer que um jogador cornudo vai render menos porque quebrou a sua "forma anímica"…

  19. na casa do PB há dois leoes lindos em loiça… ficam assim logo à entrada por baixo do retrato do sousa cintra… no hall há as fotografias das taças de campeoes europeus conquistadas pelos 5 violinos…

    lagarto lagarto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*