A magnífica periodização táctica chegou ao Sporting

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Ponto Prévio. A competência de um treinador não se avalia pelo seu percurso. Antes pelas suas ideias e forma de as operacionalizar.

Naturalmente que, os recentes insucessos podem fazer-nos duvidar um pouco da capacidade de Carlos Carvalhal.

Talvez por termos apreciado momentos sublimes de organização colectiva de equipas suas, tendemos sempre a justificar os inêxitos com causas alheias à sua competência. A pouca inteligência e a pouca vontade de alguns jogadores que orientou, por exemplo.

Tal como André Villas Boas, Carvalhal representa o progresso.

A periodização táctica chega ao Sporting. As sessões de treino em Alcochete passarão a ter como objectivo central, a vertente táctica do jogo. O físico e a técnica surgem como factores de rendimento associados. Porém, o motor de toda a planificação anual leonina terá por base, as características tácticas a implementar no modelo de jogo preconizado por Carvalhal.

É o desafio de uma vida. Está na hora de demonstrar que poderá ter sido, de alguma forma, boicotado por factores que não poderia controlar em experiências anteriores. Se como acreditamos, a sua competência for elevada, Carvalhal triunfará.

P.S. – Ter sucesso no Sporting não significará, necessariamente, troféus. De momento, o objectivo terá de ser o incrementar da qualidade de jogo. Proporcionar outro tipo de movimentos colectivos, que possibilitem ao Sporting voltar a ser uma equipa dominadora, capaz de circular a bola e de criar oportunidades de golo com regularidade e corrigir algumas lacunas defensivas, garantindo maior protecção aos jogadores mais débeis do quarteto defensivo, através de uma transição ataque-defesa mais eficiente.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

17 comentários em A magnífica periodização táctica chegou ao Sporting

  1. Louvo-lhe a coragem, enaltecer assim as capacidades do CC quando o resultado é ainda uma enorme enorme incerteza ilustra bem que acredita no que escreve.
    Como sportinguista, naturalmente, espero que o CC tenha todo o sucesso. Confesso que sinto algum receio, vi coisas muito boas e outras bastante más nos sítios por onde CC passou; resta-me esperar que de facto os jogadores assimilem bem as suas ideias e que estas se revelem, de facto, boas. Cultura táctica é, a meu ver, o que o Sporting mais precisa neste momento; com a equipa bem organizada e a bola a fluir entre os jogadores a confiança e os resultados aparecerão naturalmente.
    Abraço

  2. Eu acredito num bom trabalho.

    Se o clube lhe der protecção, terá tempo para por as suas ideias em prática.

    Ideias essas, que no papel têm tudo o que é necessário para se ter sucesso.

    Como no post, e muito bem, é referido, a periodização táctica chegou ao SCP.

    Vamos ver como é que as ideias são passadas para a prática, como é que os jogadores a conseguem assimilar.

    Comunicação e liderança vão ser decisivas neste processo, mais para dentro do que para fora.

    Creio que o futuro rapido do SCP deverá passar por se começar a ver mt rapidamente principios gerais nos varios momentos de jogo.

    Caracteristicas que a pouco e pouco vão começar a fazer parte da equipa.

    A bem do campeonato português, necessita-se de um SCP com a jogar bom futebol.

  3. PB, ter sucesso no sporting, porto ou Benfica TEM de significar troféus. A não ser que o sporting já se tenha conformado em ser mais um Belenenses do nosso campeonato. Quando baixamos o nível da exigência as coisas só podem acabar medíocres.
    Como Benfiquista espanta-me a cultura de falta de exigência que se apoderou do sporting, contentando-se com segundos lugares e pouco mais.

  4. é verdade que para mostrar competencia nao será preciso mostrar apenas resultados. Mas como explicar o rotundos e sucessivos insucessos de Carlos Carvalhal? No marítimo tinha mais que hipoteses e elementos de qualidade para fazer um bom trabalho. é certo que pela primeira vez na sua carreira terá a hipótese de colocar em pratica as suas ideias e ao mesmo tempo ter à sua disposição jogadores que compreendam as suas ideias.

    Não consigo compreender, nem denotar muita organização, o Maritimo que este ano se apresentou na luz.

    Carvalhal, tal como F. Santos, tem os dias contados no Sporting. A sua unica hipotese é revolucionar totalmente esta equipa, "imitando" um pouco o que Jesus fez

  5. Carvalhal vai ter de entrar a matar… ou ganha ao benfica, ou desde que perca jogue bemzinho, e ganha crédito junto dos adeptos do scp, ou se perde e fica a 14! pontos do SLB, dentro de 15 dias haverá mais lenços brancos em Alvalade…

    Mas agora a batata quente passa para Jorge Jesus:

    -Que scp vai jogar com o benfica, o amorfo, ou um revigorado?

    -4x3x3 ou 4x4x2, ou algo com 3 centrais e muita gente no meio campo para atrapalhar mas sem poder ser chamado de autocarro?

    -O scp vai querer pegar no jogo, ou mandar a bola para a frente e sair a correr?

    -E que condição fisica vai ter o scp?

    É que Jesus sabe que se não ganha ao Sporting sofre um rude golpe, não ganhar ao Braga nem ao scp… só fica a faltar o jogo com o fcp para poder ganhar a uma grande. E toda a gente espera que o benfica dê um banho de bola ao scp… Vamos ver como JJ aguenta a pressão…

  6. Não se mede SÓ pelo seu percurso talvez seja mais correcto não? As ideias sem capacidade de liderança e outras competências valem para escrever livros e fazer comentários a tv quando se é treinador principal.

  7. Se bem que a qualidade de um treinador não se meça só pelos resultados e chicotadas, louvo a coragem como alguém já aqui disse. O CC é mesmo um tiro no grande escuro. E porque o treinador é´só a ponta de uma grande faca, e porque os problemas não se esquecem de um dia para o outro, e porque não sairam 22 jogadores, e porque não entra ninguém (tirando o Sá Pinto) não sei como posso esperar grandes modificações.

    Se o CC quiser jogar em 4x3x3, terá neste momento que começar a pensar em arranjar extremos…

    Alguém falou do jogo com o SLB, e o desafio do JJ… o mundo não gira à volta do SLB. Esse jogo é sempre e sempre será o mais importante de Portugal, mas neste momento, co o Porto a perder pontos que o ano passado não perdia, não penso que o JJ perderá o sono com o SCP. Não se assustem, este ano será mesmo para o SLB.

    Abraço

  8. Vou esperar para ver. Um treinador q enquanto dirigia um clube de menor dimensão na semana anterior a jogar um desafio na Taça Uefa limitava-se a treinar defesa e saídas para o contra ataque. Isto tb é valido para os jogos com os 3 grandes (dito por um jogador do clube orientador por Carvalhal).
    Parece-me, a ver pelas ultimas equipas que treinou, que tem contribuído para a mediocridade do nosso futebol, equipas que jogam para não perder, marcam poucos golos, cometem muitas faltas, defendem com 10 jogadores atrás da linha da bola, jogam para o pontinho e os jogos tornam-se um verdadeiro tormento para os espectadores que só por muito amor a camisola fazem o sacrifício de ir ver um jogo da liga sagres.
    Mas é só uma opinião e sabendo que até teve um começo auspicioso e mostrou ser alguém que mostrou conhecimentos acima da media para o nível da maior parte dos treinadores portugueses, há que dar o beneficio da duvida.
    Cumprimentos.

  9. Penso que o Carvalhal vai ser uma versão actual do Sporting com Carlos Manuel em 1998… tem tudo para falhar:
    – um plantel formatado para um 4x4x2 losango completamente esgotado;
    – uma defesa terrivelmente permeável e com laterais ao nível dos que treinou no Marítimo;
    – um clima na associativa claramente hostil, de insatisfação quer com o presidente, quer com a escolha do próprio treinador;

    Se Carvalhal quiser mudar para um 4x3x3, que na minha opinião devia ser o sistema do Sporting dado que os melhores jogadores que vieram da sua formação foram extremos, terá que adaptar Vukcevic e Ismailov para esses lugares.

    Veremos, mas se fosse o Carvalhal, o primeiro objectivo passaria por colocar a equipa a jogar bom futebol, para que o público voltasse a Alvalade…

  10. O mundo não gira à volta do SLB, mas o benfica se quer mesmo ser considerado candidato ao título precisa de ganhar ao scp… E quanto ao problema do scp passar para 4x3x3, acho que seria mau… primeiro o scp não tem extremos izmailov será a adaptação menos forçada, e depois porque isso ia implicar que o corredor central do scp ia ser ocupado por dois jogadores muito fracos fisicamente: liedson e matias… ou seja o scp podia começar a chegar à linha de fundo e cruzar, mas depois ia ter esses dois jogadores perdidos na área.

    PS: não gosto de liedson e acho que sempre foi muito protegido pelos árbitros e pela imprensa, mas se jogar sozinho na frente, nem isso lhe vale…

  11. Acho que o Carvalhal vai surpreender muita gente. Isto desde que assuma a responsabilidade de jogar deliberadamente ao ataque, como o fez em Braga e no Belenenses, essencialmente. Está contra ele essencialmente o clima de pressão da massa associativa e da própria direcção, que não arriscou mais do que 6 meses de contrato. Mas é uma oportunidade única, com um plantel óptimo para implementar ideias que nem sempre são bem recebidas pelos jogadores, devido a lacunas básicas na formação dos mesmos. Aguardo com muita curiosidade aquilo que Carvalhal vai fazer e se terá coragem de fazer uma coisa que eu cá sei…

  12. Fazendo uma análise realista este plantel não é pior q o da época passada e poderia ser mt melhor ainda sem custos acrescidos (Alonzo, H.Viana e Derlei).
    Posto isto não me venham com desculpas de planteis e orçamentos, basta relembrar q o Braga tem menos de metade do orçamento do Sporting.
    O Sporting está como está não é devido aos seus jogadores serem como são é devido aos seus jogadores estarem como estão, e isso meus amigos a culpa é de Paulo Bento e do seu mau trabalho desde o final da época passada.
    Como cúmulo depois da demissão veio apontar a pré-epoca do Benfica como causadora duma depressão no Sporting, mas um treinador q esteja a trabalhar bem alguma vez deixava q esse sentimento se instalasse?
    Q sentido é q isto faz?
    Os jogadores se estivessem confiantes no trabalho q estavam a realizar alguma vez ficariam deprimidos por uma outra equipa estar a trabalhar bem?
    É só pensar um bocadinho.
    Esse sentimento só se instalou pq a equipa percebeu q não estava a trabalhar como devia.
    O problema do Sporting esta época resume-se a isto, trabalho de má qualidade…
    Acredito q com Carvalhal as coisas vão ser diferentes, pode não ser um grande treinador mas parece vir com vontade de trabalhar, aquilo q o Sr. Tranquilidade não revelou nos ultimos meses…

  13. Na baliza está tudo igual, pode-se dizer q não se aproveita o Stojkovic, mas tb não se aproveitou na ultima época, e sinceramente não tem sido pela baliza o problema do Sporting, pois com o acumular de jogos e de experiência Patricio até está bem melhor esta época q a anterior (no futuro o "justiceiro" virá a ser mt provavelmente o titular da selecção).
    Na defesa a unica alteração no plantel foi a "troca" de Ronny por André Marques, não ficou a ganhar ca troca mas tb não ficou a perder, pois ambos nunca podem ter lugar numa equipa q queira ser campeã, pra este lugar Alonzo (ex Nacional) estava sem clube e P. Bento a dormir…
    No meio saiu Pipi entrou Matias, acho q ng discorda q os leões ficaram a ganhar ca troca, saiu Rochemback (pq o Sporting quis) mas po lugar q desempenhou na ultima época o Sporting tem Veloso e Adrien jogadores quanto a mim de maior valia q o "bundão" e entrou ainda Angulo contratação q se tem revelado completamente ao lado, mas convem tb relembrar q foi oferecido H. Viana e P. Bento nao quis…
    No ataque saiu Tíui e Derlei, entraram Saleiro e Caicedo.
    Na troca de Saleiro por Tíui ficou practicamente tudo igual ( embora ache q Saleiro terá mais futebol nas pernas q Tíui embora o primeiro bebé proveta portugues mt dificilmente dará algum dia uma taça aos leões ao contrário do q fez o brasileiro), já na mudança de Caicedo por Derlei, novo erro grave de PB, pois Caicedo sai claramente a perder, apesar da idade (21 para 34) Derlei tem mais de tudo, mais velocidade, mais entrega ao jogo e o q mais importa num avançado, mais faro pelo golo.
    Para PB continuar com Derlei ter-lhe-ia bastado continuar a pagar-lhe o q ele já auferia…

  14. Mt se tem dito e escrito sobre o sporting desta época, q Paulo Bento mt fez com a equipa q tinha á disposição.
    Todos dizem isso a ver se pega, uma mentira dita mts vezes torna-se verdade aos olhos de mts mas não deixa de ser mentira.
    Paulo bento saiu como uma especie de heroi desta historia toda, como o coitadinho q fez milagres cuma equipa miserável, mas quanto a mim não merece tão pouco mais ou menos esse titulo.
    Senão vejamos, P. Bento não saiu devido aos 4 segundos lugares, P. Bento saiu apenas e só devido a esta época, e é esta época q devemos analisar.
    Até á época começar poucos eram os sportinguistas (público alvo q Paulo bento tinha de contentar) que se insurgiam contra PB.
    O q Paulo Bento fez nas outras épocas em q esteve ao serviço do Sporting (4 segundos lugares, 2 taças de Portugal e 2 supertaças) era mais q suficiente pa continuar no cargo, chegou inclusive a ser apontado por alguns como o melhor treinador da história do Sporting.
    O problema foi q esta época está a ser até ao momento das piores da história recente do Sporting, ao 8º lugar juntam-se as péssimas exibições, apenas Matias Fernandez começou recentemente a dar algum colorido aos jogos dos verde e brancos.
    Agoram digam-me uma coisa, não terá Paulo bento culpa de tão mau futebol?
    Não terá Paulo Bento culpa de tão péssimos resultados?
    É claro q sim, senão vejamos analisando o plantel vemos q a equipa é practicamente a mesma da época anterior (ao contrário do q se passou com Porto, Benfica e Braga).

  15. por lapso, rejeitei um comentário de um anónimo.

    Um pedido de desculpas e aqui vai o que tinha sido escrito:

    "Medir o sucesso de um treinador pelo seu tipo de treino é, parece-me a mim, muito redutor.
    Wenger…Ferguson…Hiddink…, enfim, podia referir muitos outros, operacionalizam o seu processo de treino segundo os principios da periodização tactica?
    Estamos em Portugal a cair numa situação algo ridicula… então já se só é bom treinador se tiver estudado na Universidade do Porto?
    Realmente, já só se fala no principios das propensões e no principio das não sei que…
    Eu sou treinador, fui jogador, e realmente nunca concordei muito com o tipo de treinos que tive desde os infantis e ate mesmo nos seniores. Quando conheci a metodologia, reflecti, analisei, estudei e disse : " …é isto mesmo pá! Claro… as outras dimensões têm que estar subjugadas à dimensão tactica! Habitos…repetições, ideias de jogo… treinando sempre em função da concepção tactica, assim sim!
    Contudo, esta metodologia ainda tem muito para crescer e, na minha opinião, a oportunidade de crescimento ta na dimensão psicológica.
    Não só na concentração, na tomada de decisão mas mais importante, na minha opinião na motivação, na ambição e na capacidade de superação.
    Digo isto porque quando existem factores desastibilizadores seja de assuntos de futebol ou extra futebol não ha tactica que resista nem capacidade de tomada de decisão que resista. Uma equipa vale pelo seu todo e basta 1 ou 2 jogadores não estarem "bem" psicologicamente para esse todo, tactico, fisico, tecnico e psicologico ficar afectado! Por tudo isto acredito que é na dimensão psicologica que esta a oportunidade de desenvolvimento do nosso futebol! "

  16. João o Liedson joga melhor sozinho na frente do que mal acompanhado, essa é que é a grande verdade.
    Sinceramente não desgostava de um 4-3-3 no Sporting . Moutinho no meio Veloso a descair na esquerda e Matías na direita. Mas todos no miolo, um bocado tipo fcp com o Fernando Meireles e Lucho. Depois na frente metia o vuck na direita para fazer as diagonais, o Izmailov na esquerda e Liedson no meio e siga para bingo. Gostava que experimentassem uma destas só para ver, é que o 4-4-2 losango já mete nojo, se calhar este 4-3-3 também estaria condenado ao fracasso mas sempre mudava qualquer coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*