Mais e Menos da Semana

white corner field line on artificial green grass of soccer field

MAIS

Cardozo & Saviola

Formam uma dupla fantástica. Que se complementa. El Conejo é rapidíssimo, bastante astuto e com uma técnica soberba. Desde o primeiro momento que se percebeu que alguém com tanto talento estaria, obviamente, condenado ao sucesso na Liga Sagres. Cardozo é, pós Mário Jardel, o goleador da Liga. Tal como o brasileiro, Óscar Cardozo tem uma apetência fora do vulgar para fazer golos. Finaliza de qualquer forma, sempre com enorme mestria. Mesmo quando integrado numa equipa bastante débil, o paraguaio foi sempre capaz de marcar golos. Fazer parte de uma equipa com tanta capacidade para produzir lances de golo, é uma dádiva para Cardozo. Tanto quanto para o SL Benfica ter alguém com tamanha capacidade para traduzir em golo, a superioridade que vem evidenciado ao longo do campeonato. Contra a Académica, a imensa qualidade da dupla atacante do SL Benfica, tornou simples o que poderia complicar-se.

MENOS

Hélder Postiga

Uma semana terrível. Mais uma. Tem algumas qualidades. Dá-se à equipa, procura sempre o sucesso conjunto. Contudo, a sua capacidade de finalização parece ser inferior à de qualquer jogador de uma qualquer série da terceira divisão. Pode alegar que a equipa não lhe tem dado condições para o sucesso. Porém, o contrário é bem mais real. Mesmo nos jogos em que beneficia de lances para marcar, Postiga raramente consegue acertar na baliza. Um desastre. Os zero golos, quando quase metade da época está cumprida, sintetizam, de forma bastante cruel, aquela que tem sido a época do internacional português. Não admira que Carvalhal procure um sistema que utilize um só avançado.

MAIS OU MENOS

André Villas Boas

O resultado no Estádio da Luz é o que se sabe. As declarações finais, parecendo desde logo agradar a outrém, também não foram felizes. Ainda assim, a sua Académica, que é provavelmente a pior equipa da Liga, em termos de qualidade individual (há também o Vitória de Setúbal, claro), conseguiu ser, à data, a melhor que passou pelo Estádio da Luz. Excelente organização colectiva. Cumpridora defensivamente, garantindo em todos os momentos o necessário equilibrio, coberturas e concentração sobre o lado da bola, e com ideias claras no processo ofensivo, quer na forma como tentava sair rápido para o ataque, quer na tentativa de circular a bola. Deu sempre a sensação que o que não corria bem, se devia à pouca qualidade individual de cada um dos executantes. Villas Boas continua a prometer.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2364 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

4 comentários em Mais e Menos da Semana

  1. axo q ja todos perceberam q se n for as nomeaçoes de paulos costas e jorge sousas e corruptos afins, para os jogos do porquito, este campeonato é para ser ganho com 20 ptos de avanço.

    Demasiado melhores que os coitados dos corruptos. o Hulk ja n é titular? LOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

  2. Não concordo que a Académica seja das piores equipas individualmente.

    Berger é razoavelmente bom, Emídio é um bom defesa esquerdo e Pedrinho, salvas raras excepções (como o caso do jogo na Luz), joga quase sempre bem. No meio-campo, Nuno Coelho e Cris são jogadores de top, e ainda sobra o Amaury que não tem actuado.

    Na frente de ataque, tem um jogador bastante talentoso, o João Ribeiro. Individualista mas com muito para aprender, e quem melhor do que Villas Boas para explorar o que há melhor nele. Depois há Sougou e Éder não jogam muito, mas desenrascam.

    Olhando para o Olhanense, Vitória de Setúbal ou Belenenses parecem-me equipas bem mais fracas.

    Cumprimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*