Silas. A qualidade não tem idade

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Aos trinta e três anos, e ainda que sem as capacidades físicas intactas, Silas continua a ser um dos melhores jogadores da Liga.

Excelentes atributos técnicos e uma invulgar capacidade, para perceber o jogo, tornam-o uma figura decisiva na sua União de Leira. Independentemente da idade, seria assim em quase todas as equipas da liga.

Em privado, garante que se tem trabalhado com Jorge Jesus mais cedo, teria tido uma carreira de elevado nível. Como o percebemos. Para jogadores talentosos, com enormes capacidades intelectuais, que os levam a optar, em todos os momentos pelo que é realmente melhor para a equipa, mesmo que tais decisões façam parecer que não aparecem no jogo, não há nada mais lamentável que perder anos de carreira com quem é incapaz de perceber a essência colectiva do jogo.

O ano passado com Mourinho e os dois com Jesus, provam-o. Silas merecia ter tido outras oportunidades. A par do ex colega Zé Pedro, é um dos melhores jogadores portugueses. Ambos mereceriam ter tido uma segunda vida.

P.S. – Sabia que se Deco tivesse partido mais cedo, Silas seria o eleito de José Mourinho para reforçar o FC Porto?

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2362 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

5 comentários em Silas. A qualidade não tem idade

  1. eu vi logo k este elogio ao silas vinha com alguma fisgada. silas é bom sim mas a sua melhor época foi com mourinho e nao com jesus e foi mourinho quem o catapultou para um bom nivel.

    agora arranjem lá outro motivo para lamber as botas ao jesus.

  2. E porque é que o Jesus não foi buscar o Zé Pedro, se é assim tão bom e até já havia passado uns anos com ele? É bom, mas longe de ser um dos melhores jogadores portugueses…

  3. E que jogo fez Silas ontem em Alvalade. Foi a ancora da equipa sempre que ela precisava de ter a bola e fazer-la chegar em condiçoes ao ponta de lança.

    Como referiu e bem o Ze Pedro e ele mereciam uma segunda vida. Á uns anos (na altura de karagounis) cheguei mesmo a pedir ao Pai Natal um Ze Pedro para o Benfica.

    Atençao que um jogador com 32 anos não é velho. Está no pico da carreira (pena que esse pico seja no Leiria)

  4. Futebol não é só saber jogar. Futebol é também ter empresários, padrinhos e afins. Futebol é pegar na calculadora e, depois de dividir pelos intervenientes, ver qual o jogador que maximiza a divisão. Futebol pouco tem a ver com a qualidade, a menos que de tão obvia, seja impossível de ser negada. Neste último caso também não há problema, pois ai a divisão é mesmo maximizada e inflacionada! Zé Pedro, Silas, Assis, Adriano, Néne… ficavamos aqui a gastar linhas. Basta olhar para alguns dos jogadores do plantel dos grandes (especialmente o Sporting) e se entnede o que exponho acima: Futebol não é saber jogar, pode também o ser, mas não é necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*