Mais e Menos da Semana

white corner field line on artificial green grass of soccer field

MAIS

André Villas Boas

O impacto causado, sintetiza de forma perfeita, a importância que um treinador tem no rendimento de uma equipa. Chegou a uma equipa limitadissima em qualidade individual, e que ocupava o último lugar na classificação. Em duas semanas, conseguiu implementar muitas das suas ideias. No Dragão, a equipa já tinha demonstrado um salto qualitativo muito grande. Defesa à zona, e simplicidade de processos, no momento ofensivo. Em pouco tempo, a Académica subiu vários lugares na classificação, e de um dos maiores candidatos à descida, passa a uma das prováveis surpresas da Liga. Mesmo sem um pingo de qualidade individual. Fantástico.

MENOS

Di Maria, Carlos Carvalhal e Vitória de Setúbal

O argentino é antítese da equipa de Jorge Jesus. Incapaz de jogar a poucos toques, e de tomar, a cada momento, a melhor opção, que é, na larga maioria das vezes, a mais simples, Di Maria é o Hulk de vermelho. Sem qualquer qualidade de passe, todas as bolas em que toca, estão condenadas ao insucesso. De positivo, só as faltas que sofre. Em Olhão, fez uma exibição horripilante, coroada com uma patética expulsão.

Não duvide da qualidade e capacidade que Carvalhal poderá ter para implementar as suas ideias. As modificações são óbvias. Porém, das alterações efectuadas duvida-se que o Sporting beneficie por jogar com um duplo pivot defensivo. Como por certo sabe, somos acérrimos defensores das tácticas que utilizam somente um médio no espaço imediatamente à frente dos defesas centrais. Mude e trabalhe lá outra táctica, Mister!

O plantel do Vitória de Setúbal, parece ter menos qualidade do que qualquer equipa da segunda Liga. Quando à latente falta de jeito de uma larga maioria de jogadores, se junta a infelicidade de não poder contar com os três jogadores cedidos pelo FC Porto, o máximo a que os comandados de Manuel Fernandes podem aspirar, é não ser goleados. Quem construiu tal plantel, deve ter sido sujeito a uma lobotomia.

MAIS OU MENOS

Jorge Jesus

As qualidades são imensas. Já aqui foram expostas por diversas vezes. Todas na vertente mais importante do jogo. A táctica. Porém, em Olhão, Jorge Jesus foi o primeiro a errar. A escolha do onze não foi a mais correcta. Ainda que já tenha vencido alguns jogos com Coentrão e Di Maria em simultâneo dentro do relvado, tal opção não deveria ser considerada. Se a equipa poderia ganhar algo em velocidade, seria óbvio que perderia em cérebro. De equipa dominadora e capaz de circular a bola, com enorme mestria, pouco sobrou. Nem sempre o melhor caminho é o mais rápido, e isso é algo que Fábio e, principalmente, Di Maria ainda têm de aprender. Com a aposta num jogo demasiado vertical e individualizado, o SL Benfica perde o brilho.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2348 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

8 comentários em Mais e Menos da Semana

  1. carvalhal pega num plantel k ele nao contruiu há meia duzia de semanas e leva 1 menos, jesus gasta dezenas de milhoes de euros, conhece o plantel e só nao perde porque marca 1 golo em fora-de-jogo em compensação, porque o arbitro nao quis expulsar javi e david luiz por agressao e porque tengarrinha nao sabe finalizar e veja-se lá… carvalhal recebe um menos enquanto o special two recebe um mais ou menos!!

    fanatismo é uma coisa muito feia!

  2. Anónimo….fanatismo parece-me da tua parte….apesar de não achar que o JJ é um grande mestre, tb não o considero pior que Carvalhal…aliás, tanto pelos resultados mostrados 😉

    A equipa não ser construída pelo treinador, é uma desculpa bastante esfarrapada. O treinador se não escolheu aqueles jogadores, que não escolha aquele clube…se o gajo é assim tão bom, tem tempo e aparecerá uma equipa para ele pensar e escolher jogadores…até mesmo na Grécia..;)

    Concordo com esta forma de comparar Hulk a Di Maria…apesar de achar que o argentino ainda tem (poucas) hipoteses de evoluir por ser mais novo!

    Acho que o JJ errou no escalonamento do 11 titular….acho que era de mais bom tom colocar saviola, por exemplo, em baixo e Nuno Gomes na frente…ou até mesmo colcoar o Nuno Gomes naquele lugar…

  3. o josé mourinho quando chegou ao porto com 1 plantel k nao escolheu levou 3 secos do belenenses e no fim do jogo disse k metade do plantel ia ser dispensado. mas devia ter ido pra grecia se calhar em vez de depois ganhar a uefa e a champions. enfim… comentario mais idiota era dificil.

    ninguem está a dizer se carvalhar é melhor ou pior k jesus apenas k jesus esteve tao mal ou pior esta jornada do k carvalhal logo o mais ou menos para o jesus é apenas por ser do benfica nada mais.

    outra coisa, di maria é igual a hulk mas o di maria tem vantagem porque pode evoluir??!!! era tão bom k a vida fosse o fm nao era? é k o hulk tem vindo a evoluir a olhos vistos enquanto aquele pseudo-jogador di maria é, sempre foi e sempre será 1 bela merda!!

  4. tem mais qualidade individual a académica do que 2/3 das equipas da 1ª liga, portanto não consigo desvalorizar tamanha desconsideração da briosa!

  5. PB, mais uma vez referiste a má qualidade do plantel da Académica.

    Gostaria, já que no meu último comment não tive resposta, de saber porque crês que um Belenenses ou um Olhanense é pior que a Académica… É que pra mim essas duas equipas, mais o Setúbal, são de longe as piores.

    Pra ver se ainda sei alguma coisa de futebol!!

    cumps 😉

  6. Ola Pedro, desculpa n ter respondido. Estou com mt pouco tempo. Assim que possa…

    De qq da formas, as equipas q citas, a terem mais qualidade q a Académica, tb n será assim tanta, como é obvio.

    Quem sabe, com mais tempo, tentarei falar um pouco mais sobre isso

    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*