Best “I told you so” ever. But not yet.

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Ainda não é. Mas será.

É óbvio que é apenas um rumor. De difícil confirmação, até. Porém, porque aqui sempre o defendemos, particularmente nos momentos em que estava mais vulnerável, a noticia não deixa de provocar um ligeiro sorriso.

O adepto português não valoriza o que é realmente importante. Yebda, pelo conhecimento que tem do jogo, pela extraordinária capacidade física e porque a sua capacidade técnica, ainda que não tão aprazível quanto os outros traços, não o limita tanto quanto se pode querer fazer crer, tem pela frente uma promissora carreira.

P.S. – A crença de que estaria por ora bastante valorizado, se tem tido a felicidade de ter sido treinado por Jesus, e não por Flores, mantém-se. Obviamente.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2348 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

14 comentários em Best “I told you so” ever. But not yet.

  1. 'se tem tido a felicidade de ter sido treinado por Jesus'

    e chegou a ser lol

    burro foi o jesus que o meteu a trinco, que claramente é onde não pode jogar… sim, e sei que há pouco tempo disseram que seria uma excelente alternativa ao garcia, mas não é. será que o wenger quer o moço pra trinco? ahah

  2. Claro que o Yebda tinha lugar a titular em qualquer clube da nossa liga, isso é por demais evidente.
    Mas no Benfica é diferente pela qualidade existente, principalemte na zona do meio-campo onde teria que discutir o lugar com Javi ou com Ramirez (entre outros).

    E penso que aqui é que está a questão, pois o jogador não quis "enfrentar" esta concorrência, sendo a sua saída por vontade própria e não pelo treinador.

    Ainda bem para ele que conseguiu destacar-se num clube com outra dimensão (e respectiva qualidade de plantel) e assim despertar a atenção de clubes superiores em relação ao clube ao qual está emprestado.

    Em termos de negócio, se fosse eu a decidir no Benfica tentava aguardar pelo mundial onde Yebda certamente estará, para fazer "subir a parada".

    ps.- pelos vistos houve quem pensasse que este post era sobre comédia. Será que a linguagem utilizada foi elaborada demais para alguns, que flagrantemente não perceberam o mesmo?

  3. que texto ridiculo. yebda até pode dar o salto para 1 clube maior mas nesse clube irá obviamente falhar. mas nessa altura certamente nao farás nenhum texto sobre isso.
    o que nao falta por ai sao cepos que chegaram a bons clubes ingleses: jarosik, smertin, djemba-djemba ou até tiago…

    yebda é dos jogadores mais burros para aquela posiçao que já vi

  4. Master lol

    No planeta do Master, Tiago tá para cepo, como Meireles para tecnicamente evoluido e Yebda para burro, como Hulk para inteligente

    ahahahahhaah

    hilariante

    A corruptagem não se manca. Desse o vosso presidente cafezinho c leite tb aos adeptos e ainda se percebia como é q conseguem integrar no vosso sistema de valores, apoiarem um clube assumidamente corrupto.

  5. O grave não é ter-se dito que Yebda ia ser um craque com Jesus. O grave é não se ter percebido porque é que o treinador o dispensou.

    Pior ainda é pensar em Yebda para o Arsenal. Alguém acredita nisso? Vocês sabem que tipo de jogadores contrata Wenger? Vêm lá algum do tipo de Yebda? É que nem que ele fosse melhorzinho…

    Estes posts e teimosias só dão razão à frase que está lá em cima…

    Bom ano e mais juizo

  6. já agora o meu comentario nao merece resposta porque digo k o tiago é cepo, mas a idiotice de dizer k 1 jogador k praticamente nada ganhou na carreira como o joão pinto, merece a bola de ouro merece 1 texto inteiro. nada a dizer mesmo…

  7. o tiago não é cepo? desde k saiu do lyon ganha com facilidade esse adjectivo, e antes do lyon teve o mesmo adjectivo no chelsea. tem bons pés? tem, mas demora séculos a tomar decisões k outros tomam em décimos de segundo. por alguma razão a juventus está uma sombra do k foi.

  8. Master, em relação ao texto do JVP, e ainda que o mesmo seja da autoria do Rodrigo, eu corroboro com tudo.

    Devo dizer-te que, estás a revelar alguns problemas de interpretação dos textos. Vou dar-te oportunidade de o releres (o do Joao Pinto), para q consigas perceber sozinho, a tua dificuldade.

    obrigado por participares.

  9. Master,

    agradeço a tua participação mas conteúdo do texto não diz nada disso…

    "A permanência na Liga Portuguesa, para além de lhe ter retirado visibilidade, coarctou-lhe uma previsível evolução. Permite-nos a ousadia de pressupor que com outras decisões na sua carreira, tamanho talento e inteligência, deveria e teria sido consagrado com uma bola de ouro?"

    Não tem a ver com o que ganhou ou o que fez na liga portuguesa, mas sim como poderia ser a sua carreira se a sua gestão de carreira pudesse ter tido o rumo da internacionalização…

    Penso que por aquilo que fez, assim como pelo jogador que foi, JVP, merecerá neste Blog, ainda mais destaques…

    Agora… é para apreciadores… não me peças para dar destaques de carreira ao Fernando Aguiar…

    Obrigado e mantém a participação no Blog…

    Cumprimentos

    Rodrigo

  10. O Tiago ao menos foi idolo no Lyon.. este yebda é metade do javi garcia mas claramente tinha lugar a titular em qualquer equipa da ligs portuguesa.. a partir do 4º lugar pra baixo!
    Por amor de deus eu frequento este blog mas não o tornem vermelho cego.. são hilariantes alguns comentários publicados elogiando tudo quanto é mancos pintados de vermelho.
    este Yebda é nivel fernando Aguiar mesmo!

  11. Concordo contigo, PB. Acho que o Yebda é enganador. Parece o típico calmeirão, que só serve para bater nos outros e ganhar duelos individuais no meio-campo. Mas é bem mais que isso. É um jogador muito bom de pés, para a altura que tem. E em termos posicionais ele não era mau. Daí que possa jogar perfeitamente a médio-defensivo. O seu principal problema era a precipitação, o que o levava a falhar passes por vezes fáceis. Se melhorasse nesse aspecto, o que não é assim tão difícil, poderia dar jogador. Também não facilitou estar integrado numa equipa que fazia tudo a mil à hora e na qual as suas funções eram percorrer quilómetros, jogar o mais rápido possível e o mais longo possível. Um ano numa equipa com a cultura, por exemplo, do Arsenal, teria moldado o jogador, obrigando-o a privilegiar os passes curtos e a não se precipitar tanto. É um jogador inteligente e, como tal, poderia evoluir nesse sentido. Não sei se os rumores terão algum fundamento, mas os dois médios-defensivos habituais do Arsenal são o Denilson e o Song. Acho que o Yebda, bem trabalhado, é superior, pelo menos, ao Denilson, que é muito fraco em termos posicionais. Agora, não acredito é que, a jogar numa equipa primitiva, num campeonato pré-histórico, tenha evoluído alguma coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*