A apresentação que nunca ninguém se lembrou de fazer.

white corner field line on artificial green grass of soccer field

Carlos, isto é um passe: “acção de enviar a bola a um companheiro ou determinado sector do espaço de jogo” (Ferreira). “O passe é a acção mais comum e frequente numa partida de futebol e o encanto mais apreciável do jogo” Zappa (1947).

Passe, este (o de vermelho na foto) é o Carlos.

Apresentações feitas, será possível que se entendam?

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

9 comentários em A apresentação que nunca ninguém se lembrou de fazer.

  1. Em relação ao Carlos Martins, se por vezes fico com essa ideia, de ele querer sempre fazer passes arriscados e falhar muitos, hoje, como vi muito mal o jogo, online, não tomei noção exacta do que se passou, mas a ser verdade que só acertou 3!!! em 13!!! acho que sim, que há que se fazer apresentações, antes que o rapaz acabe a carreira desportiva!
    Se calhar ainda vai parar ao Qatar, como o Figo e o Rui Costa!
    Ai não sabiam? Até o Sá Pinto ficou chateado! Passem no BIMBOSFERA e vejam!

    Por mim, passo para deixar de novo a minha publicidade, o BIMBOSFERA vai rebentar! É à Cavaco!

    Bimbosfera!

    Abraço,

    Márcio Guerra

    P.s.- Não, não é o de poker, mas se lá quiserem ir estão à vontade, http://HoldUs.Blogspot.com.
    Este é mais… futebol-tanga, ou seja, pequenas estórias, para não ofender ninguém, mas para nos rirmos!
    http://Bimbosfera.Blogspot.com

  2. Gonçalo Teixeira, de onde é que tiraste essa estatística? Não vi o jogo, mas tendo em conta que o Benfica atacou muito e o Martins jogou 79 minutos, ter feito apenas 13 passes só pode ser uma falsidade. Que tipo de passes foram esses? É que terá feito, no mínimo dos mínimos, para ser simpático, o dobro desses. Só para teres uma ideia, a época passada fiz uma análise, num Benfica-Setúbal, ao Carlos Martins. Nesse jogo, jogou ainda menos tempo, 64 minutos. E fez 30 passes. E isto era com Quique, quando a equipa jogava de forma muito mais directa. De certeza absoluta que o Carlos Martins, ontem, não fez apenas 13 passes.

    PB, como disse, não vi o jogo. Mas essa tua implicação com o Martins já não é de hoje e não me parece que seja algo que faça muito sentido. Não é o Aimar, nem sequer é o médio-ofensivo mais talentoso e inteligente do mundo, mas é um jogador com excelentes condições técnicas e que, se é para ser suplente do Aimar, é um luxo. Não vi este jogo, mas acredito que tenha falhado muitos passes. A estatística dada pelo Gonçalo é obviamente falsa, mas acredito que tenha falhado muitos passes. É preciso, contudo, ver-se em que contexto. O Carlos Martins precipita-se algumas vezes e joga demasiado comprido quando muitas vezes pode procurar soluções mais curtas. Mas não é um jogador extraordinariamente mau em termos de decisões. No jogo contra o Porto, por exemplo, não abusou desses passes compridos e fez um jogo muito bom ao nível das decisões, sendo um dos principais responsáveis pela excelente primeira parte do Benfica nesse jogo. Como não vi este, no entanto, não posso compará-los.

  3. O Carlos Martins é um jogador inconstante…mas quando começa a entrar no inicio em jogos seguidos cresce como jogador e faz lances lindos até se lesionar…
    Agora há que manter a calma porque sem o Carlos como é que fica o meio-campo sem Aimar?Que falta faz agora Tiago….
    😀 saudações

  4. O problema do Carlos Martins é a consistência. Não é um jogador focado no que faz em campo, tem muitos altos e baixos. É daqueles que pega na bola finta 3, fica sem a bola e depois faz uma entrada a pés juntos, leva amarelo e acaba para o jogo. Podia ser muito melhor, mas não o é em grande medida porque não quer.

  5. Caro PB,
    gostaria que passasse no meu blog "Força Encarnada" e visse o post "Prémio Relíquia da Internet" onde escolhi o seu blog para repassar o prémio. Espero que aceite! Agradecia uma resposta a dizer se aceita ou não, o prémio. Cumprimentos!

  6. "Quem mais me irrita é o Carlos Martins. É dos jogadores mais burros que conheço. Toma invariavelmente más decisões. Aquele livre é de tirar os cabeços a qualquer um. Irritou Jesus, irritou Cardozo e irritou-me sobremaneira. O Cardozo raramente tem uma oportunidade de marcar daquele lado e sabemos como é mortífero, quando tem uma oportunidade aquele gajo faz aquilo."
    Para além dos passes falhados, tem destas decisões parvas que têm o condão de enervar meio mundo ou pelo menos a mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*