Mais e Menos da Semana

white corner field line on artificial green grass of soccer field

MAIS

Cardozo

O paraguaio nunca foi muito citado por aqui. A justificação é bastante simples. Não valorizamos tanto assim quem não participa com muita qualidade no processo de criação de jogo ofensivo. Quem se limita a ter qualidade no último toque. Para que seja possível o tal último toque, há obrigatoriamente todo um trabalho prévio, não raras vezes de muito maior dificuldade e exigência. Respeitamos e admiramos os finalizadores natos, mas por dependerem em demasia do que os colegas podem fazer por eles, não os consideramos o que de melhor e mais importante há em cada equipa.

Cardozo sempre se enquadrou neste grupo, até à presente época. Já a semana passada o haviamos referido. Cardozo está diferente. Procura a cada momento oferecer opções ao portador da bola, seja pela qualidade dos seus apoios frontais (em Vila do Conde o golo de Di Maria, nasce de um excelente apoio frontal do paraguaio), ou até pela forma como aparece nos corredores laterais (movimento que antecedeu a assistência para o golo de Carlos Martins). O paraguaio, dentro das suas evidentes limitações (velocidade de passada e de execução) é um avançado extraordinário.

MENOS

Beto

Não façam do guardião azul um herói. Se defendeu vários penaltys, foi porque com duas más intervenções colocou o FC Porto em tão delicada situação. É sem dúvida um guarda redes de reflexos rápidos. Porém, tem demasiadas limitações. É bastante difícil imaginá-lo como titular de um clube grande. A sua presença na selecção em detrimento de Rui Patricio ou Quim é um absurdo.

MAIS OU MENOS

Christian Rodriguez

Rodriguez é o típico jogador que gosta de transportar a bola. E fá-lo com relativa qualidade. Acontece porém, que cada vez mais se percebe, que a progressão no campo de jogo (excepto em situações de vantagem númerica, onde se impõe a condução de bola até bem próximo do adversário) deve ser feita através de constantes passes e desmarcações. Mais de três toques na bola já poderá ser demais. Não dúvide que o uruguiao é um excelente extremo. À moda antiga, contudo. Em Belém salvou a eliminatória, terminado expulso posteriormente. Num lance em que, percebe-se agora, voltou a salvar a eliminação. Ainda que com qualidades, é um dos jogadores que nos desagrada pela forma como entende o jogo.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

18 comentários em Mais e Menos da Semana

  1. Os penalties defendidos pelo beto foram em tudo idênticos ao defendido pelo helton frente ao leiria, e gostava que os mesmo fossem devidamente analisados.

    Se calhar é "escola" naquela casa defender os penalties daquela forma, mas tanto no caso do helton, como no caso do beto, o guarda-redes está muito adiantado.
    Sabendo que o guarda-redes tem obrigatoriamente de estar em cima da linha de golo, não deveriam os mesmos terem sido repetidos?

    Quanto ao resto estou de acordo que o Cardozo mesmo quando não marca golos é bastante útil para a equipa, e as duas assistências de vila do conde são prova disso.

    Relativamente ao rodrigues só lhe posso endereçar o meu sincero obrigado por se ter ido embora do Benfica…

  2. o beto está tão adiantado como o bruno vale nos dele e qualquer ser minimamente racional consegue ver isso e saber também que é raríssimo um guarda-redes estar realmente em cima da linha num penalti. é uma questão de ir ao youtube e aposto que 9 em 10 penaltis o redes está ligeiramente adiantado.

    quanto ao Beto não ter qualidade para um grande ou para a selecção em detrimento de Patrício que continua a frangar como se não houvesse amanhã, ou quim que na época passada enterrou o benfica e a selecção (sim no golo do elano a falha é igualzinha ao 2º do belenenses)só tenho a dizer, por favor não me lixem.
    ainda por cima tanto patrício como quim tem oportunidade de jogar regularmente enquanto beto não.
    mais uma vez, um texto que podia ser bom mas é completamente inundado de ódio ao porto!

  3. É magistral a forma como este blog, sob o manto de "análises futebolisticas", presta apoio aos clubes de Lisboa. Ainda querem ser levados a sério?

  4. PB, compreendo a tua opiniao sobre o beto, em relaçao a limitaçoes que este pode ter enquanto guarda-redes.Agora o que acho nao concordo em enquadra-lo neste destaque semanal pela negativa depois da exibiçao no restelo. Pode ter cometido erros sim, mas a prova de reflexos e raça dada no final nao justificava, na minha opiniao, esta observaçao negativa.

    JM

  5. Anónimo JM, compreendo e neste momento até sou capaz de compreende o teu comentário. Afinal, o FC Porto passou…

    Master, achar q o Beto é fraco é ódio ao FCP? Já o achava na época passada. Tinha ódio ao Leixoes?

    Revê os Mais e Menos da época passada. Era quase sp mais p algo /alguém do FCP e menos para os do SLB.

    Q culpa tenho, de n conseguir reconhecer qualidade neste Porto sem Lucho e Lisandro? Ou de me parecer q o SL Benfica tem estado realmente bem?

  6. sabes qual é o problema PB? clubite aguda. habituaram-se a ganhar, mérito da(s) forma(s) de gestão do seu clube agora é impossivel ver que o Benfica é muitissimo superior ao Porto. O beto é um GR banal que há d econtinuar a ser supelente do Helton por muitos bons anos até o FCPorto encontrar realmente alguém para agarrar aquele lugar. se querem continuar a acreditar no coelho da pascoa e no tesouro dos doendes por mim tá tudo bem. Eu tb já acreditei que o Manduca e o Marcel eram mesmo bons jogadores, mas eu tinha o onus de na altura ser um puto estupido com 17 anos…

  7. Se disseste mal do Beto na época passada era porque já sabias que ele ia para o FCP, ó murcon! 😉

    Sabias tu e sabiam todos os que viram aquele jogo de Matosinhos, com um guarda-redes claramente "sensibilizado".

  8. a culpa que tens é a do exemplo ridículo que deste, aproveitando 1 falha do beto para o comparar infantilmente ao patricio e ao quim. se dissesses que o beto não é 1 redes de topo concordaria, aliás não há nenhum em Portugal desde o Baía, agora dizer que o patricio e especialmente o quim são melhores?
    esqueces-te do que o quim enterrou o benfica no ano passado? de não uma, mas várias péssimas abordagens a lances que custaram pontos ao benfica?
    Em relação ao patrício dou o benefício da idade mas desde quando é que ele é bom nas saídas? quantos más abordagens dele a cruzamentos custaram golos e pontos?

    E como disse, fazendo um jogo de mês a mês (se tanto) o Beto tem condições físicas e motivacionais muito inferiores aos outros 2.
    já no ano passado sendo titular foi de longe o melhor guarda-redes da liga!

  9. entre, quim/patrício/beto/moreira/helton/eduardo, a questão é: quem falha +? ou quem é o pior!

    rodriguez, fraquinho, mas até esteve nos dois golos da sua equipa no último jogo, por isso concordo com o +ou- desta semana.

    cardozo muito bem a assistir (dentro da área).

  10. Incrivel como os blogues de qualidade, que escrevem tendo em conta boas ideias sobre o que é futebol, e o que está realmente por dentro do que se passa, sejam inundados por comentários que não passam do "só dizes isso porque és do SLB" ou whtever.

    Será que acham mesmo que opiniões como estas do mais e menos da semana são sustentadas na clubite?

    Os autores deste blog ( e outros )já por mais do que uma situação mostraram que estão acima dessas coisas, porque… apesar de certamente preferirem um clube a outro… o que gostam mesmo, é de FUTEBOL.

    Sobre o que se passou esta semana, principalmente no mais e menos, é um caso claro de um jogador que sofreu bastante com a saida do Lucho. Os equilibrios que o "comandante" dava, permitiam a que as más opções de alguns jogadores não se notassem tanto, e pudessem sobressair quando as coisas saiam bem.

    Um dos problemas do FCP este ano é que existem demasiados jogadores a decidir mal, e pior… a decidir mal colectivamente. Os casos de situações de 2v1, 3v2 já vistos e revistos neste e noutros blogues mostram exactamente isso. A má resolução das situações de superioridade numérica retiram ordem a um grupo que sempre foi caracterizado por uma ideia colectiva muito bem vincada.. coisa que neste momento está fragilizada.

    Abraço

  11. Entretanto ía fazer uma pergunta aos «anti-lateral-esquerdo», particularmente quem acha que é azia, ou pior, ódio ao Porto, se conseguem explicar porque é que o Hulk não tem jogado tanto nos últimos tempos, descontando a parte de ter sido suspenso, e, se acham, como dizem, que o Jesualdo é um bom treinador, já aqui defendido pelo blog, apesar de eu discordar, se não terá sido com base na opinião efectiva sobre o jogador, por exemplo, e outros, como o Bellushi, não terem jogado tanto, precisamente por não ser tão valioso, ou valoroso, ao contrário daquilo que é a opinião dos adeptos?
    Por exemplo, comentaram aqui sobre o Marcel e o Manduca. Do Marcel falo o pouco que sei, e o que sei é que chegou a ir aos Jogos Olímpicos, salvo erro de 2004, com Luisão, no lugar de Adriano, que se tinha lesionado, e que era presença habitual nos sub-23. Claro que não é a selecção A, e que no Brasil «damos um pontapé numa pedra e sai de baixo um jogador de futebol», mas creio que é um atestado de qualidade, pois não sendo o titular, em 2004, era um dos que se tivessem acompanhamento num clube teria, provavelmente, tido uma carreira de jeito…
    Digo eu, claro, sendo que tudo é sempre subjectivo, mas se quiserem pensar nisto um pouco, digam, e digam depois de falarem, se acham que o Bruno Alves, na altura a fazer dupla com o outro também formado no Porto, que foi para a Alemanha, e que não me lembro o nome agora, e se é ou não bom jogador, hoje, Bruno Alves, quando na altura nem no Porto calçava?
    Se quiserem ser honestos a falar e discutir, façam-no, se for para insultar, só, é pá, não se chateiem mais.

    Abraço

    Márcio Guerra

    P.s.- http://Bimbosfera.blogspot.com

    P.p.s.- O FCPorto afinal sempre descobriu petróleo Porto… Humm… Abraço.

  12. Marcio Guerra respondes à tua propria pergunta… O hulk nao joga faz hoje 8 (!!!) jogos porque… Esta suspenso vergonhosamente!! "descontado a parte d ter sido suspenso"? Lol
    isso e o mesmo que eu te perguntar "explica-me pq q o Shakespeare nao anda por ai, descontando a parte de estar morto?"
    ainda vai correr mt tinta sobre isto e nao me admirava nada que levassemos a liga a falencia e recuperassemos uns pontitos… Um steward nao é nem nunca sera um agents desportivo! Daqui a pouco metemos os super dragoes a stewards, rebentamos as equipas todas e pagamos uma multinha de 2500€..

  13. Ou eu não me expliquei bem, ou estamos todos burros…
    O Hulk já não era o «titularíssimo absoluto» que os portistas pensavam que era ANTES da suspensão.
    A minha pergunta era essa… Porquê? Eu não respondi a nada, aliás, eu disse que a inteligência de alguns iria dizer que «é porque está suspenso», e melhor, ainda me caracterizaram a resposta de uma maneira mais elucidativa, obrigado.
    Agora, voltando ao que eu perguntei, porque é que ele já não era, aos olhos do super-treinador-com-carreira-no-Benfica-mas-que-esqueceu-tudo-ao-ir-para-o-Porto Jesualdo, esse mesmo titularíssimo?
    Sem quiserem responder como deve ser, força, se não não vale a pena…
    E deixem lá o Shakespeare, que se ele visse isto hoje em dia, morria outra vez!

    Márcio Guerra

    http://Bimbosfera.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*