Maus ou bons profissionais?

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Pensando ainda nos recentes posts “treinar só jogando” e respectiva discussão nas caixas de comentários, uma pergunta para si. Foi um comportamento de maus ou de bons profissionais, o do núcleo duro de jogadores do Chelsea, que depois de passarem pelo processo de treino de José Mourinho (jogo, jogo e mais jogo), ao serem condenados ao inútil e aborrecido processo de treino de Scolari (Filas em catadupa, contornar pintos, dois a dois a passar a bola, remates à vez cada um, tudo sem qualquer transfer para o jogo), dirigiram-se à administração pedindo para o quanto antes a troca de treinador?
Honestamente, se a remuneração mensal fosse semelhante, preferia ser carpinteiro a jogador de futebol, se tivesse de passar uma hora e meia por dia a contornar pinos, a fazer remates sem adversário e a passar e receber a bola para e de um tipo à minha frente. E nem é pelo perceber que tal não iria nunca melhorar nem a minha, nem a performance da equipa. É mesmo porque não teria paciência para perder tempo da minha vida a fazer actividade tão aborrecida.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*