Intensidade

“Às vezes, nos treinos, fazíamos três ou quatro jogos de cinco minutos sem golos. Isso mostra a intensidade que existia nos treinos. Toda a gente estava concentrada.”
Ainda se fala de intensidade, no futebol, com uma conotação física. É um termo que se repete, sobretudo, nos comentários televisivos e/ou nas peças jornalísticas de forma inapropriada, para o futebol moderno. O mais importante, tendo em conta a evolução que o jogo teve, está longe de ser os quilómetros que o jogador corre, à máxima velocidade. Ainda se está longe de perceber que o mais importante, e decisivo, é o cérebro. E que a intensidade, que Drogba fala, é de concentração. Intensidade de concentração. Estar permanentemente atento aos estímulos do contexto, agir e reagir no tempo certo, com e sem bola. Isto é o essencial, quando se fala de intensidade no futebol.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*