O contexto. Mas sempre com as ideias originais.

Todo e qualquer modelo de jogo tem de partir sempre da relação contexto (Jogadores, liga, objectivos) com as ideias do treinador. Há sempre adaptações por fazer. Não é diferente com Guardiola.

Quando fomos para a Alemanha, percebemos rapidamente que tínhamos de aprender a lidar com os contra-ataques e que o futebol era muito mais físico. Tivemos de misturar isso com o desejo de controlar os jogos através da posse de bola. O Bayern que venceu o triplete era muito mais pragmático. Com Guardiola, o Bayern controlava mais os jogos. Ajustou as suas ideias às da Bundesliga e vai fazer o mesmo na Liga Inglesa

O treinador perfeito não existe, mas Pep está próximo. Há pessoas que vão todos os dias para o trabalho e depois há pessoas que trabalham realmente todos os dias. Guardiola passa imensas horas a trabalhar e todos os que estão com ele têm de fazer o mesmo. Pode perder jogos, mas nunca é por falta de atenção aos detalhes. A sorte tem sempre o seu papel no futebol, mas tens que conseguir minimizar a importância desse fator, dando opções aos jogadores no ataque e explorando as fraquezas dos adversários. Todas as sessões de treino são uma lição tática baseada no adversário seguinte. Recordo que Guardiola, em sete anos como treinador, teve sempre as equipas que menos golos sofreram. Ele quer que as suas equipas tenham a bola, mas também quer que controlem o jogo quando não têm a bola

Atendendo ao seu modo de trabalhar, é impossível que possa ficar num clube durante 20 anos. Há uma grande intensidade em tudo, física e mental. Os seus dias começam às oito da manhã e não terminam antes das 19 ou 20h.” sobre o “é extremamente obsessivo” com que Lewandowski o catalogou.

Declarações de Torrent, membro da equipa técnica de Pep Guardiola.

Marco Van Basten
Sobre Marco Van Basten 85 artigos
Licenciado em Desporto, treinador Uefa Pro pela FA. Desde cedo partiu para terras de sua majestade. Experiência como professor e treinador numa Academia no Reino Unido.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*