Pré época. Conteúdos. Um exemplo.

Cada equipa é uma equipa. Cada qual tem um contexto diferente. Pelo que o presente post é apenas um exemplo sem qualquer validade para além daquela a que os objectivos poderiam serão aplicados.

Enquanto preparava algumas coisas para o iniciar da época, relembrava as palavras de alguns brasileiros do Shakthar, surpreendidos com o trabalho táctico desde o primeiro dia. O trabalho tendo em vista chegar o quanto antes a um modelo de jogo. Sentindo como tal interessante o partilhar daquilo que é ainda apenas um esboço de algumas linhas que poderiam orientar os primeiros tempos numa nova época.

1a prioridade. Organização defensiva da linha média com saídas rápidas após recuperação.

Contexto. Alas habituados a defender mais à frente, como avançados / extremos, e pouco articulados com linha média. Num sistema de 442 tal deixará a equipa sempre em grande inferioridade no sector médio. Se não se apreender logo no primeiro momento o comportamento adequado, por forma a dar sucesso, mais difícil os atletas seguirem as ideias do treinador!

2a prioridade. Ataque posicional na zona de criação. Jogos de 6×5.

Contexto. Dar referências posicionais e preparar mobilidade para em posse no último terço desorganizar as estruturas defensivas adversárias.

3a prioridade. Organização defensiva na primeira fase. Pressing médio com avançados e linha média.

Contexto. Perceber como defender posicionalmente e pressionar construção adversária. Juntando os avançados à linha média que previamente adquiriu os comportamentos posicionais adequados. Após recuperação também já ligam com as saídas rápidas ou com o ataque posicional no último terço, anteriormente treinado.

4a prioridade. Ataque posicional. Construção.

Contexto. Depois de se trabalhar ofensivamente no meio campo ofensivo, a importância de ligar as fases, para que se chegue lá, mesmo partindo de trás e não apenas após as recuperações altas.

Capacidades condicionais e técnicas integradas naquilo que são os objectivos primordiais de cada exercício. O objectivo táctico por forma a chegar rapidamente ao modelo.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

4 comentários em Pré época. Conteúdos. Um exemplo.

    • alinhamento dos alas com os médios centros. Próximo daquilo que se pede à linha defensiva no momento defensivo. Após recuperar… e é apenas um exemplo como tantos outros… um ala pode ir embora, outro pode ficar para receber mais próximo… um médio baixa para 6 e outro sobe mais para 10… avançado do lado do extremo que vai embora baixa para dar linha de passe…

  1. Na 2 prioridade, quando diz dar referências posicionais, a que se refere exatamente?

    Outra questão: Como decide que capacidades condicionais trabalhar? Essa decisão sobre que capacidades condicionais trabalhar, reflete-se em algumas variáveis do exercício como a área de jogo, o nº de jogadores, o tempo de paragem, etc?

    • o posicionamento que quero que partam e para onde se querem movimentar…

      e sim, sobre as capacidades condicionais! integradas de preferencia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*