De nenúfar em nenúfar.

Eu chamo-lhe classe.

Aquele jeito de pisar o relvado como quem saltita de nenúfar em nenúfar. O calcanhar nem cheira a relva. Pé ante pé numa subtileza que encanta. Talvez beneficie ainda de na pré época o jogo ser menos agressivo e haver mais espaço. O que é certo é que no momento é ele quem se destaca. Botas com olhos que vêem tudo e colocam a bola sempre redonda onde a idealiza.

Conduz, trava, cabeça levantada, progride, fixa e decide.

Tantas vezes estes miúdos ficam para trás numa liga como a nossa. Horta já terá garantido o seu lugar no Benfica na presente temporada. Mas promete bastante mais. Se promete!

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2366 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

5 comentários em De nenúfar em nenúfar.

  1. Pensei nisso depois de ler o post mesmo antes do golo!!!
    É de mim ou BENFICA está com um plantel bem mais forte que o do ano passado???

  2. Com as devidas distâncias…sou só eu que vejo ali uns laivos de Rui Costa..movimentação corporal e mesmo com a bola nos pés. Não esquecendo que com esta idade o Rui andava pelo Fafe…promete o puto Horta.

  3. A minha dúvida é se quando terminar a pre-época, e isto começar a ser a sério se ele vai conseguir manter esta mesma intensidade , mas de resto uma enorme e agradável surpresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*