Progressão e ruptura. Podence e Ruiz.

Primeiro princípio específico ofensivo do jogo. A progressão. Há espaço, impõe-se a condução na direcção da baliza adversária. Demonstra Podence.

E o movimento de ruptura tradicional do avançado centro. Na direcção do portador, na horizontal ou circular para fugir ao fora de jogo. O pormenor delicioso de Alan Ruiz no primeiro momento com quatro, cinco passos para a direita, afastando da bola para iniciar o movimento de ruptura mais atrás. Se o iniciasse no exacto local onde estava no momento em que Podence encontra espaço, iria cair demasiado fora e receber a bola no corredor lateral sem possibilidade de ir para o 1×0.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2355 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

5 comentários em Progressão e ruptura. Podence e Ruiz.

  1. Infelizmente, Podence faz-me lembrar Eden Hazard.
    Infelizmente, porque ele está onde está (e eu sou benfiquista). 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*