Conte no Chelsea

Algumas rotinas habituais do seu 352 em momento ofensivo já se percebem no Chelsea. Há ainda que falar do posicionamento de Hazard dentro do modelo de jogo que lhe poderá valer a notoriedade que o golo carrega, em transição, mas também contra defesas que joguem subidas. A dificuldade surgirá ao defrontar equipas compactas com o bloco muito recuado, onde as combinações que repete exaustivamente poderão não ter a eficácia que se pretende no ataque à profundidade. Mas com Hazard na frente, nos espaços reduzidos, tudo é possível.
Conte

Um dos avançados a baixar para pegar entre sectores, fixando o movimento e a atenção de um central. Outro avançado no movimento oposto focado na profundidade. Se o defesa não acompanha recebe entre sectores, se há espaço e condição numérica favorável ataca a profundidade.

Será difícil não ser devastado por estas rotinas quando em desvantagem.

Blessing
Sobre Blessing 88 artigos
Treinador de futebol, de momento na formação. Experiência como Treinador Adjunto no escalão de seniores masculino e feminino, tendo esta época culminado com a conquista de todas as provas nacionais em disputa. Desempenha também funções como Scout para 1ºLiga. Criador do Blog Posse de Bola

1 comentário em Conte no Chelsea

  1. Este é o homem de 352, com boa dinâmica, todos olhos vão estar focados no campeonato inglês, os grandes treinadores estão lá. quem vai ser o primeiro a ser demitido? conte esta em risco não pela capacidade como treinador mas pela impaciência do dono do chelsea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*