Quantos talentos se perderam por não serem mais "Isco"?

«Se não sou titular com Ancelotti, não sou titular com Benítez e não sou titular com Zidane, não vou procurar problemas onde eles não existem. Afinal, sou eu o responsável e tenho que ver onde posso melhorar para lá chegar»

Não só tu Isco, não só tu. Mas com essa mentalidade estarás sempre muito mais perto de descobrir o caminho certo para que possas finalmente ter toda a notoriedade que mereces, em Madrid ou noutra grande cidade qualquer.

Blessing
Sobre Blessing 88 artigos
Treinador de futebol, de momento na formação. Experiência como Treinador Adjunto no escalão de seniores masculino e feminino, tendo esta época culminado com a conquista de todas as provas nacionais em disputa. Desempenha também funções como Scout para 1ºLiga. Criador do Blog Posse de Bola

11 comentários em Quantos talentos se perderam por não serem mais "Isco"?

  1. ” Afinal, sou eu o responsável e tenho que ver onde posso melhorar para lá chegar»”

    Caro Blessing

    Falta-lhe ser mais profissional, basta-lhe renunciar à selecção e focar-se no Real Madrid que é o clube que lhe paga o salário.

    Isco sempre brincou muito nas selecções desde os sub16. É natural que tenha dificuldades de afirmação na equipa principal do Real Madrid.

    • Concordo. menos brincadeiras nas selecções para toda a gente. O Messi vai ganhar a bola de ouro este ano pq durante um mês renunciou a brincar.

      • Caro Paolo Maldini

        Ainda agora sofreu uma lesão muscular, ora, estas lesões acontecem por sobrecarga de esforço, além disso, o departamento médico do Sporting aproveitou para fazer uma cirurgia para resolver uma lesão meniscal.

        Será que esta ciruegia não poderia ser efectuada no defeso em vez de Adrien ter ido brincar na selecção?

        Quem sai prejudicado? o jogador que não pode dar o seu contributo, o treinador que não pode contar com o jogador e a sad que lhe paga o salário apesar de ele não poder ser utilizado.

        Enquanto os dirigentes não evoluirem mentalmente, as consequências das brincadeiras nas selecções irão fazer-se sentir tanto ao nível desportivo como financeiro.

  2. É pertinente o pensamento dele, mas será que é no Real Madrid que brilhará se esforçar-se mais? Aplica-se esta ideia neste caso e contexto?
    No Real parece que por vezes jogam nomes e não o “melhor naquele momento”.

  3. Eh pa oh superleao, tu és um troll? É impossível alguem que não o seja e que tenha o discurso articulado(como tu tens), ter uma fixação tão grande que acaba em tom jocoso, com esse chavão de comédia de “brincar às selecções”…

  4. Discordo. Está há anos a esperar uma oportunidade que merece. E digo-o tendo ido ver um jogo ao vivo onde foi de muito longe o melhor em campo.
    Estivesse num Arsenal e jogaria todos os fins de semana a titular. Prefere andar a perder tempo numa equipa onde são os valores da transferência que escolhem o 11 titular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*