Anatomia de um golo. Fejsa a ligar fases.

mesmo na construção já o vemos arriscar passes verticais a queimar linhas à procura de alas ou avançados

Escrevia-se sobre Fejsa num texto recente publicado aqui.

fesja1

Um passe (Fejsa – Mitroglou) a ultrapassar seis adversários, a deixar o Paços de Ferreira com apenas 3 jogadores atrás da linha da bola.

fesja2

Mitroglou com muita qualidade vai conseguir rodar e jogar dentro, e a velocidade de Guedes colocá-lo-à mais rápido no centro de jogo que os defesas dos castores.

Superioridade criada, com origem na ligação de Fejsa na construção com Mitroglou na criação.

P.S- Muito agradecido aos vários que já estão a ajudar-nos no Patreon! Terão sempre prioridade nos temas dos artigos e podcasts. Só têm que os solicitar. Continuem a ajudar qui:  Patreon. Só assim será possível manter o blog activo e/ou com conteúdos abertos a partir de Janeiro.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

6 comentários em Anatomia de um golo. Fejsa a ligar fases.

  1. Parece-me que existe neste golo uma questão ainda mais importante, sobre a qual gostaria de conhecer a vossa opinião.

    Existe uma “tentativa” de passagem de marcação entre o defesa com o jogador do Benfica em apoio frontal e o defesa que estava inicialmente com o GG.

    Na vossa opinião, faz algum sentido uma passagem de marcação entre jogadores de linhas diferentes quando um dos jogadores atacantes é portador? Exatamente como nesta situação …

    Numa outra situação … Concordam com uma passagem de marcação quando um portador se desloca horizontalmente ao longo de uma linha defensiva? Ou deverá o restante da linha (excepto jogador em contenção) adaptar-se de forma a garantir um comportamento típico de linha de 4?

    Se não me expliquei devidamente peço que me dêem essa informação.

    Gostaria de conhecer a vossa opinião relativamente a estas questões.

    • deixa ver se percebi o q perguntas…
      marcação… depende do corredor… n faz sentido se o Cervi vem ao lado dto, ir o def dto do Paços atrás dele… acho que responde a uma questão…

      faz sentido alguém da linha média juntar à última linha sim… depende de como queres defender (linha com quantos?)

  2. Esta num nivel incrível.

    Acho que tambem era interessante colocar o golo do salvio… optima colocacao do fejsa que faz recuperacao de bola e dá de primeira no eliseu

  3. O que acham do posicionamento do DE do Paços de Ferreira no lance? Não parece que ele já está a evitar que a bola entre no corredor lateral, obrigando o adversário a procurar soluções no corredor central? Não seria suposto ele deixar a bola entrar no corredor lateral e aí pressionar o portador da bola, se for esse o caso?

    Já nem vou falar da fraca reação dos jogadores quando a bola entra no bloco e a falta de jogadores a recuar para trás da linha da bola…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*