Marco Van Basten
Sobre Marco Van Basten 85 artigos
Licenciado em Desporto, treinador Uefa Pro pela FA. Desde cedo partiu para terras de sua majestade. Experiência como professor e treinador numa Academia no Reino Unido.

11 comentários em Mais Porto

  1. Caro Marco Van Basten

    Frango de Ederson e erro no canto ao deixar 2 contra 1 no pontapé de canto nos lances de golo.

    Muito triste a substituição de Corona por Ruben Neves, o Benfica conseguiu equilibrar.

    André Silva é incompetente na finalização.

  2. Continuo sem perceber a razão pela qual, mal se vê a ganhar, procura recuar linhas e substituir jogadores de cariz ofensivo por outros com cariz defensivo.

  3. e assim se fazem campeões…em organizacao ofensiva…nao…em transicao…nao…com a puta da estrelinha…nuno foi cedo demais…rui era logo de inicio!

  4. Rumo ao tetra?! Já? Humm…Ah pois ganham depois todos os outros jogos, ok.
    Hoje era mais um clássico perdido e bem perdido. Quero agora ver contra o Sporting. Sempre “duvidosos” nos jogos grandes…

  5. Péssimo NES nas substituições a tirar os 3 trunfos do porto no ataque.

    Com fejsa e grimaldo teria sido um jogo diferente, independentemente do resultado.

  6. bluevertigo, obviamente o Benfica foi inferior ao Porto e não se impôs no jogo entre grandes mas queria só relembrar o seguinte.

    DE: Grimaldo
    DC: Jardel (Luisão aos 18′)
    MD: Fejsa
    MO: Rafa
    PL: Jonas

    E mesmo assim o Porto não foi além de um empate. Gostava de ver as equipas de Sporting e Porto por exemplo sem:
    SCP: Semedo, Coates, William,Adrien, Gelson e Bas Doost
    FCP: Marcano, Felipe, Danilo, Maxi Oliver e Silva

    Aliás no Sporting até se viu bem a diferença com e sem Adrien

    • Isto é subjectividade…

      Tenho dúvidas que Jardel tivesse estado melhor ou feito mais que Luisão ou Lisandro.

      Temos certezas que Rafa faria mais que os jogadores utilizados na ala, quando foram alguns posicionamentos de Nuno que ajudaram a desequilibrar na ala. Teria Rui Vitória com Rafa conseguido controlar isso quando era um posicionamento colectivo e não individual? Tenho dúvidas.

      Quantos a ver os outros sem jogadores o SCP alem de Adrien está a jogar sem Slimani, JM, Teo, e um William e Ruiz claramente em sub rendimento, tendo substituído os primeiros por jogadores novos e com necessidade de se adaptarem a novos métodos e à exigência de JJ. Foram os substitutos dos referidos em relação ao Benfica contratados no Verão ou já estão dentro do que Rui Vitória quer desde a época passada?

      Não vi o jogo! Mas não dou o titulo por entregue, pelo menos matematicamente. Quanto ao resto….

  7. Sim, o sabonete que o SLB deu o ano passado ao fcp foi “duvidoso” e resultou em zero pontos. Deste vês tivemos a sorte que tanta vez nos tem escapado. O fcp foi melhor? Foi.

    Mas cá estarei para ver o que serão capazes de fazer caso tenham a mesma proporção de lesões em jogadores chave como o SLB tem tido. O maior dos maiores perdeu um e foi o que se viu…

    • Caro Pedro

      Como mencionei aqui

      http://www.lateralesquerdo.com/pt_PT/2016/11/06/classico-2/

      “Em condições normais, o jogo deverá ser equilibrado artificialmente mas mesmo assim haverá um ligeira superioridade do Porto embora com resultado indefinido.”

      As lesões não seriam problema para o Porto, pois tem alternativas de qualidade. O verdadeiro problema do Porto é o lado artificial do jogo.

      Obviamente nem preciso de mencionar o que é o lado artificial do jogo.

  8. Até prevejo que o Benfica não perca “nada” contra os pequenos, ao contrário do FCP que não tem (ainda?! ou nunca?!) estofo nem “traço” para ser “estável e continuo. Aliás teve este “tesão”, mas a “nuvem de dúvida” continua lá.

    Agora, independentemente das ausências (que curiosamente é mais chorada pelos adeptos do que pelo RV!), este Benfica, nos jogos grandes, se começa a perder…É preciso depois elaborar entre mais pernas, assumir mais jogo, e a fragilidade escondida e (des)equilibrios acabam por ser “despidos”. A dinâmica em espaços mais curtos é “duvidosa”. São obrigados a sair do conforto daquela boa “mecânica” de cobertura. Tenho muita curiosidade de ver contra o Sporting…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*