Ideias do clube na Seleção - Neymar a servir para o golo de Coutinho

Neymar a fixar, na faixa lateral, os seus marcadores – Zabaleta a fazê-lo, tantas vezes, homem a homem, Enzo Pérez e os interiores de olhos no que o craque do Barcelona poderia fazer. A chave estava em Philippe Coutinho, a procurar espaços que reconhece do seu clube, o Liverpool.

A assistência sai com um leve toque. Atrair, servir. E o resto é Coutinho a sair de casa e a correr para o interior do terreno de jogo até estar no lugar certo para fazer um grande golo.

 

Sobre Luís Cristóvão 34 artigos
Analista desportivo na televisão (Eurosport) e rádio (Desporto na Hora). Moderador do Lateral Esquerdo Podcast. Autor em luiscristovao.com, no twitter com @luis_cristovao.

7 comentários em Ideias do clube na Seleção - Neymar a servir para o golo de Coutinho

  1. Bora elogiar o Barça por tudo e por nada? Bora!

    Mérito quase total para Coutinho neste lance, procurou bem o espaço, o passe é bom mas não é o que faz a diferença, o que faz a diferença é ele ser só o melhor rematador de fora da área do futebol actual.

    • Caro Nuno, releia o artigo. É que tanto o artigo como o seu comentário consideram que a diferença está no Coutinho. O clube referido até é o Liverpool! Agora, é exatamente por colocarmos a hipótese de que o futebol é muito mais do que um jogo de remates que este site existe. Concorde com ela, ou não, considere-a. Abraço!

      • O título claramente induz para o Barcelona, mas é o Liverpool que está efectivamente no artigo, devo ter lido de soslaio ou nem ter lido e só vi o vídeo.

        Para mim o futebol também é bem mais que um jogo só de remates, mas a nossa obsessão pelo jogo e por tentar compreende-lo melhor por vezes faz-nos dar demasiado valor a acontecimento x para compreender y, por este (x) não estar tão à vista, quando na realidade o acontecimento y teve mais valor que o x, a nós é que nos apetece valorizar mais o x por termos compreendido melhor o todo e por este não estar tão à vista de todos os que olham para o espectáculo.

        Analisando o lance do golo e dando só a minha perspectiva (como é óbvio): o passe do Neymar é bom mas o homem que marca o Coutinho nunca pode fazer a marcação dando o lado da sua baliza, o jogador que depois fica 1×1 também nunca pode dar o meio daquela maneira, era preferível que o tivesse induzido a jogar com o pé esquerdo em momento de definição (remate/passe) pois além de o ter de fazer numa zona com muito menos ângulo (numa situação de remate por exemplo), iria obriga-lo também a jogar com o seu pior pé.

        Abraço!

        • Já agora e não precisam de aprovar este comentário, se puderem fazer uma análise à Argentina neste jogo podia ser interessante ou também até ao Brasil, mas estou curioso sobretudo em relação à Argentina, é que vi só a 2º parte e o que vi foi tão mas tão mau, que até dói.

    • Caro Luís Cristóvão

      Complementando o comentário anterior eis mais um exemplo de pura loucura.

      http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=640194

      Coman dois meses parado
      11:47 – 11-11-2016
      A- A A+
      Kingsley Coman, internacional francês que representa o Bayern por empréstimo da Juventus, lesionou-se com gravidade ao serviço da seleção e vai ficar sem competir até ao final do ano.

      O jogador, de 20 anos, contraiu uma rotura dos ligamentos externos do joelho e uma rotura ligamentar do tornozelo esquerdo, tendo pela frente dois meses de recuperação.

      Coman cumpre a segunda época ao serviço do clube de Munique, na condição de emprestado pela Juventus.

  2. Coutinho em grande forma, a juntar-se aos monstros Hazard, De Bruyne e Sanchez na Premier League.
    Neymar têm que começar a entrar no top 3 para o melhor do mundo.
    Uma nota para Fernandinho que parece que entrou num nível acima do esperado desde que está com Pep no City. Grandíssimo jogador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*