Organização, agressividade na transição e talento destroçam o Marítimo

Em conversa recente com um ilustre amigo, membro de uma equipa técnica que dirige uma das equipas que encanta a Europa na presente época, afirmava ele que os treinadores portugueses são os melhores do mundo.

Um Benfica super competente do ponto de vista táctico, com uma reacção à perda com uma agressividade ímpar de diversos jogadores que não permitem ao adversário conseguir ter bola mais de cinco, seis segundos de cada vez.

Em cima da muita competência organizativa, uma vontade fantástica de todos para se darem ao jogo mesmo nos momentos menos aprazíveis, como sejam os sem bola e concretamente após a sua perda. Em cima da organização colectiva e da agressividade, o talento individual.

Para que tudo saia extraordinariamente bem como na noite passada, a competência em todos os momentos é necessária. Mesmo que tenha sido com bola que o Benfica apaixonou, foi sem ela que criou as bases para o jogo fabuloso que realizou na partida da Taça de Portugal.

 

Equipa muito bem organizada, à espera do momento para que as suas individualidades façam a diferença

P.S. – Entre hoje e o início da próxima (está a ser ultimado o processo), surgirão alguns textos semanais que serão exclusivos para os patronos do “Lateral Esquerdo”. Para quem pretender ter acesso a tudo o que por cá se faz, é favor registar no Patreon. E recordo que um euro mensal já será um contributo muito aprazível para o projecto. Depois do registo realizado, receberão uma mensagem com mais instruções. Sobre a recorrente questão sobre alternativa ao Patreon, é favor direccionar a questão para: lateralesquerdo.com@gmail.com, para perceberem se interessa a alternativa proposta.

Muito obrigado por ai estarem e pela ajuda que tantos já estão a dar ao projecto.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

8 comentários em Organização, agressividade na transição e talento destroçam o Marítimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*