Jogadores que enchem campos

Kovacic.

Poderá não estar trabalhado tacticamente ao pormenor, o Real Madrid de Zidane. Que não está.

Porém, é admirável a forma como entende que não precisará de cães de caça para um só momento de jogo, e não se coíbe de soltar Modric, Kovacic e Isco em simultâneo no corredor central.

O jovem Kovacic transpira classe por todos os poros. Criatividade, inteligência e qualidade técnica. Tudo bem expresso na forma como circula rápido ou queima linhas em posse. Permitir que os seus melhores jogadores se associem é uma das melhores características da equipa de Zidane.

Melhoraria o Real se em cima dos melhores trabalhasse a dinâmica ofensiva ao pormenor.

Marco Van Basten
Sobre Marco Van Basten 85 artigos
Licenciado em Desporto, treinador Uefa Pro pela FA. Desde cedo partiu para terras de sua majestade. Experiência como professor e treinador numa Academia no Reino Unido.

15 comentários em Jogadores que enchem campos

  1. William também esteve formidável. É pena Adrien, Gelson, Ruiz, B. César e Bas Dost não terem oferecido qualquer coisa mais. Poderiam ter lá ficado mais 90 minutos que não incomodariam o Real. Não chega.

    Jorge Jesus 2 – 0 Zidane, depois do 1 – 1 frente a Tuchel. Não é para gabar JJ porque às tantas até eu me farto (pelo menos do nome dele), mas a diferença entre a competência duma e outra equipa foi mais uma vez notória.

    Agora é ganhar no Bessa, não perder em Varsóvia, ganhar convincentemente na Luz e de eliminatória em eliminatória, com Marković, entre duelos e grandes noites Europeias caminhar rumo a Estocolmo e à vitória na Liga Europa. Vencer igualmente a Taça de Portugal, em final frente ao Vitória (Setúbal) ou frente ao Desportivo. É possível.

    • Completamente fora de tópico com o site e com uma alcunha sugestiva…

      Já o João Pereira tem idade para não ser “vítima” de “simulações de agressão”, no entanto continua, agora e sempre, a pôr-se a jeito. Claramente a culpa está nos outros…

  2. Viva MvB,

    Boa malha este kovacic, já o conhecia do inter.

    No entanto, aquilo que falas como grandes qualidades dele só aparecem neste jogo porque ele joga com um mestre: Modric.

    Modric é sempre o primeiro a receber aquela bola”torta”, o alívio de qualquer maneira, o charuto para o ar.

    Fê-lo sempre com qualidade, muitas vezes de costas para o jogo, como só aqueles pés e cabeça conseguem e a seguir punha o Kova de frente para o jogo, onde ele podia mostrar toda a sua qualidade.

    Modric fazia isto tudo com três cães de caça à volta dele, permitindo a outro brilhar por ele.

    Aqui sim esteve a chave da coisa e da própria notoriedade de kovacic.

    Um abraço,

  3. para mim nao constitui uma surpresa o jogo do kovacic, ainda vai mostrar muita coisa, pelo menos nem se sente a falta do Toni Kroos, a dúvida é como vai ser com o regresso do Casimiro, entre Isco e Kova quem vai aquecer o banco no derby contra o Barça

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*