“MarsBet”

A revolução de Frade. Os anos de avanço. De Mourinho a Marco Silva.

Passando por Leonardo Jardim, Paulo Fonseca, Vitor Pereira, Carlos Carvalhal. Não ignorando o “português” Jorge Jesus.

Malta anda a dizer que estamos ultrapassados… Nós estávamos era tão à frente que demos 5 ou 6 voltas de avanço ao segundo. Agora eles melhoraram um pouco e recuperaram umas voltas…

Terá sido assim que um elemento importante de uma das equipas técnicas portuguesas, em privado, rebateu algumas criticas.

Já por cá foi mencionada a influência que Jorge Jesus teve em toda a Liga. Todas as equipas da Liga são hoje mais parecidas com as de Jesus, do que com as dos seus próprios treinadores, se recuarmos seis anos. Foi Jesus o grande mentor para a Liga Portuguesa da forma como se interpreta este 442 que tão na moda está. As referências zonais, o controlo da profundidade, o posicionamento dos extremos quer em organização ofensiva, quer defensiva. Até o interpretar dos diferentes momentos do jogo. Ideias que por cá vêm sendo passadas desde sempre.

Influência que José Mourinho terá tido à escala mundial.

Com o teu CV, e sendo tu português, coloco-te onde quiseres…

Foi assim que foi abordado um elemento do “Lateral Esquerdo” há não muito tempo.

Foi Vitor Frade o líder da revolução que colocou os treinadores portugueses no Mundo. Da sua mente emergiu a periodização táctica. Treinar jogando. Treinar o jogo para no jogo ter os comportamentos que se idealizam. O treino como o simular da competição, promovendo a repetição exaustiva do que se pretende ao fim de semana.

Da cabeça de um génio, que muito me apraz saber o quão recomenda à comunidade estudantil alguns dos textos que por cá são publicados, para a operacionalização e ideias de um sem número de disciplos nasceu uma nova marca portuguesa no futebol mundial.

Ontem, enquanto trocava algumas ideias com o membro de uma destas equipas técnicas, a certeza de que há um melhor caminho para vencer este jogo.

…valoriza o jogador, o treinador, o clube, traz gente ao estádio, aumenta o valor do jogador, cria receita, enriquece o clube…

Mais resultadismo ou menos resultadismo. Uma ideia mais ofensiva ou mais defensiva. Primazia por uns comportamentos ou outros, a certeza que foi neste cantinho à beira mar plantado que se iniciou uma revolução metodológica no jogo que tanto amamos.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2855 artigos
Creator of the "Lateral Esquerdo", is also a teacher at the University Stadium in Lisbon. Soccer coach, having conquered several national titles in Portugal. Experience as soccer coordinator, and lecturer at various Sports Universities. Author of the book "Build a champion team" from the publisher PrimeBooks.

6 comentários em A revolução de Frade. Os anos de avanço. De Mourinho a Marco Silva.

  1. Perfeito
    Vitor Frade merece todas as honras e todas as menções feitas.
    Acho que não temos a verdadeira noção da sua dimensão !! Um gênio … genial !!
    Abraco

  2. Sim, o Sr Vítor Frade é o grande responsável pelo o estado do futebol português actual é por algumas “grandes” mudanças do que está a acontecer um pouco por todo o lado.
    Vai ser uma pena apenas existir esse reconhecimento anos mais tarde quando muitíssima nossos treinadores de sucesso assumirem onde foram beber tanto conhecimento sobre a periodização táctica, sobre o dilema da água e do nescafe, do futebol como um fenómeno antroposocialtotal.
    A mim fez-me ver o jogo de uma forma completamente diferente mas acima de tudo a forma como treinamos com vista a implementar-mos comportamentos duradouros racionais da forma que pretendemos ver executado no jogo.
    Treino com bola sempre para todas as componentes do treino fisico-táctico (forca, resistência, velocidade, etc…).
    Pessoalmente segui outro rumo de vida mas durante o meu curto período ligado ao futebol bons frutos colhido seu aprendizado apenas me restando dizer um enorme obrigado a ele e ao professor Júlio Garganta!

1 Trackbacks e Pingbacks

  1. A revolução de Frade. Os anos de avanço. De Mourinho a Marco Silva. | Futebol Pensado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*