Crescimento de Danilo Pereira

Tem sido enorme o crescimento do médio portista que na partida de ontem ia fazendo as “delicias” dos comentadores italianos.

Danilo nunca terá o perfil dos melhores médios defensivos europeus, ao contrário, por exemplo, do colega Rúben Neves. Porque esses mais do que a disponibilidade física, antecipam tudo. São criativos, decidem a uma velocidade incrível e sempre a desequilibrar o jogo desde trás. Têm um perfil técnico e de decisões que o português jamais almejará.

Contudo, Danilo tem crescido o suficiente na presente época para não poder ser tido somente como mais um jogador de características unicamente defensivas, embora seja esse o centro do seu jogo. Como somente mais um que come metros e vence duelos. Com bola, está mais jogador. De decisões simples, sim. Mas sempre preocupado em ligar os momentos defensivos com os ofensivos. Mais jogador porque evoluiu para um Danilo que toma decisões com bola. Que preserva, que não decide sempre à pressa. Que mesmo não decidindo rápido, e perdendo timings ideais, não decide mal.

A sua perseverança e personalidade fizeram-no crescer para um tipo de jogador que ainda hoje é muito apreciado pela Europa fora. Alguém sempre cem por cento comprometido com objectivos de grupo, com disponibilidade total para os momentos defensivos, e que na forma como recupera já tenta ligar com os colegas para iniciar o processo ofensivo. Não será de estranhar o quão bem cotado está nos dias de hoje em alguns clubes de dimensão europeia.

P.S.  – Agradecimento muito grande a todos os que já se juntaram a nós no Patreon. Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, é passar por lá. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

PS II – Informação: 
Formação Sportrail. Comigo. Creditada. 23 de Março das 20 às 23h.

Com debate no final para troca de ideias

Aqui.

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2537 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

9 comentários em Crescimento de Danilo Pereira

    • Pessoalmente gosto bastante mais do William (muito mais completo se pensarmos em todos os momentos do jogo, embora não seja em todos)… Mas, o Danilo tem crescido muito (aos meus olhos)

  1. “Danilo nunca terá o perfil dos melhores médios defensivos europeus, ao contrário, por exemplo, do colega Rúben Neves.”

    Caro Paolo Maldini

    Está equivocado, Danilo é mesmo um dos melhores médios defensivos no futebol actual.

    Faltou-lhe provar isso com a eliminação da Juventus mas foi “traído” por uma decisão táctica absurda de NES ao colocar Ruben Neves em campo na primeira mão.

    Mesmo no banco, Ruben Neves não tem estado bem, falta-lhe caneta e caderno para tomar apontamentos sobre como é que Danilo joga.

    • Caro Superleão, não acha que as recentes convocatórias do jogador Danilo à selecção o podem retirar do estrelato em que você o coloca? Temo que estas brincadeiras nas selecções possam ser perniciosas ao futuro deste grande calh… craque!

    • Caro LyricalGhost

      Agora imagina o quão melhor seria se Danilo não brincasse nas selecções desde as camadas jovens.

      E por falar nas selecções lá aparecem elas a perturbar desportiva e financeiramente os clubes.

      E a lesão do Adrien devido à sobrecarga de jogos.

      • Excelso Superleão,

        Se Danilo é, já hoje, um dos melhores médios-defensivos do mundo, e mesmo assim poderia ser imensamente melhor se não fosse todo o tempo passado a brincar nas selecções… Podemos ter perdido aqui uma oportunidade de ouro para ter o melhor médio-defensivo da História do Jogo. Jogaria com o Busquets no bolso esquerdo e com o Redondo no bolso direito, tal a superioridade para os demais.

  2. Continuo a ver algumas falhas técnicas, falhas de decisão e lentidão de processos no Danilo.

    Só aí nesse pequeno vídeo vê-se essas falhas todas, passes para trás dos jogadores, más decisões com bola, lentidão a decidir o que fazer com bola e com isso perde o timing certo para fazer real diferença.

    O Danilo está a evoluir, está mais forte com bola e está um bom jogador, mas continuo a não entender como uma equipa tem 1 jogador como o Ruben Neves e não aposta todas as fichas nele. O Danilo devia ser a alternativa, não o titular. Aliás, o Porto ainda tem o Tomás Podstawski que é um belíssimo talento, por isso o que eu recomendaria era apostarem a sério no Ruben, venderem o Danilo e prepararem o Tomás como alternativa ao Ruben.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*