“MarsBet”

Substituir e ser substituído

NAPLES, ITALY - SEPTEMBER 17: Napoli's coach Maurizio Sarri looks on during the UEFA Europa League match between Napoli and Club Brugge KV on September 17, 2015 in Naples, Italy. (Photo by Francesco Pecoraro/Getty Images)

Nestas últimas semanas tivemos a possibilidade de ver as reacções de jogadores ao serem substituídos, situação que acontece todos os fins de semana por esse mundo fora.

A substituição, faz parte do jogo e pode ter mil e uma funções ou ideias por trás.

Na cabeça do jogador (e dos pais, dos amigos, da mulher e por ai fora), a substituição acontece porque o treinador não gosta do jogador, não lhe da valor, se esqueceu aquilo que ele já deu ao clube, ou outra coisa qualquer super maquiavélica que tem como fim prejudicar a carreira do substituido.

Para o treinador, tem mil e um propósitos, sendo que o “entalar” de um jogador através da substituição muito raramente é um deles.

Substituir porque :

– Se deseja manter um jogador “fresco” para jogos que veem ai

– Porque o conhecimento da condição física do jogador permite prever que o risco de lesão está mais elevado que o que se deseja

– Porque o adversário já se adaptou ao que o substituído faz, e se deseja trazer algo diferente ao jogo para ajudar A EQUIPA.

– Porque o colega que entra, tambem merece minutos

– Porque tacticamente se torna necessario arriscar mais, ou ser mais conservador

– Porque o jogador já tem um amarelo e isso esta a condicionar a maneira como defende

– Porque o clube tem regras em que os jogadores devem jogar todos o mesmo tempo. (e aqui, obviamente estamos a falar de jogos onde as substituições são ilimitadas).

Mil e uma razoes, que não têm como objectivo ferir o orgulho ou a confiança do substituído.

 

Não perceber isso, não só mostra que mais nada importa para alem do “eu”, como é uma enorme falta de respeito para com os colegas.

2 comentários em Substituir e ser substituído

  1. “pessoal quando substituo alguém nao quero que ninguem me cumprimente” entao mister?nao quero ficar com a mão estendida….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*