“MarsBet”

Timings para definir. O que antecede o golo de Kroos.

O golo é de Toni Kroos, num excelente gesto a finalizar. A assistência de Nacho.

É todavia a perfeição do timing para soltar a bola de Marco Asensio que importa recordar.

Decidir e executar de forma sublime implica sempre controlar diferentes variáveis (colega, oposição, espaço, timing).

Demasiadas são as vezes em que o difícil é enquadrar o timing perfeito. Precisamente porque envolve também jogar com oposição e colega.

Fixar sempre? Tudo depende! Depende do contexto! Do posicionamento corporal do adversário. Impressionante o timing de passe de Marco Asensio no lance do golo do Real Madrid ao Sevilha. No preciso momento em que oponente perde referência visual, sai a bola dos pés do jogador merengue. É ver adversário perdido à procura da bola, e Nacho com tempo e espaço para fazer assistência.

P.S.  – Agradecimento muito grande à mais de uma centena dos que já se juntaram a nós no Patreon. Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda para que possamos manter periodicidade das publicações é passar por lá. Agora também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2773 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

3 comentários em Timings para definir. O que antecede o golo de Kroos.

  1. sobre isto duas coisas, o Asensio não engana e o como gosto de dizer o kroos não finaliza faz passes para a baliza, parece tudo fácil. a finalização do Ronaldo no seu segundo golo também é qualquer coisa.

  2. Vi o golo e pensei: “vai haver post no LE pelo passe do Ansensio”. Não me enganei nada, tempo e espaço certo, ficou completamente à toa o lateral, apoios mal defenidos, contacto visual com a bola a perder se por segundos e tudo isso a ser suficiente para desiquilibrar por completo o lance.
    Depois como diz o Pedro e bem “o Toni Kroos faz passes à baliza”

    E aquele segundo golo do CR? Mil e uma maneiras de finalizar na area!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*