“MarsBet”

O regresso de Fábio

As sucessivas lesões desvalorizaram o português, ao ponto de poucos lhe reconhecerem hoje as qualidades e o jogador que é. O Fábio Coentrão que não há muito tempo, com José Mourinho ao leme, se sagrou campeão de Espanha, relegando sucessivamente para o banco aquele que é provavelmente o lateral esquerdo mais marcante dos últimos tempos na Europa.

Aos vinte e nove anos é garantido que as capacidades condicionais, técnicas e cognitivas continuarão intactas.

As dúvidas maiores poderão prender-se com situação clínica e disponibilidade para se entregar diariamente. Garantindo tal, Fábio Coentrão é um upgrade inacreditável. Não somente pelo jogador incrível que é, um lateral com grande capacidade de desequilibrio ofensivo, muito dotado na decisão e drible, como substitui no onze leonino uma das suas peças menos competentes.

Fábio é um dos maiores talentos que Portugal produziu na última década. Confirmando-se o seu regresso, tem tudo para ser um dos protagonistas da época vindoira.

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2773 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

11 comentários em O regresso de Fábio

  1. E essa é a million dollar question, qual a situação clínica do Fábio Coentrão?
    Nada contra o jogador (apesar das juras que fez mas somos todos profissionais….acho eu) mas estou com um pé atrás por não saber se não vem preso por arames.
    É claramente um upgrade na posição do Sporting embora tenha a certeza que pior é difícil! Chamem a Joana Marchão! 🙂

    • Não deve ser muito famosa… 4 jogos na última época e 14 na anterior. Mesmo que esteja bem, não deve ter muitas condições para fazer 40 e tal jogos

  2. “Garantindo tal” – Acho que vai ser difícil. Muito dificil. E quando falas das capacidades condicionais que se vao manter, referes-te as capacidades técnicas e atléticas? É que vi a dias um artigo a falar que o Coentrao já era dos mais lentos do plantel do Real.

  3. Epa o Coentrão bêbedo, cheio de ganza (há pessoal que se esquece dos problemas do Devo…) e com o menisco rebentado é melhor que o Marvin.

    Se o real paga a maior parte do salário, não há dúvida.

    Veremos.

    Um abraço,

  4. Tal como o Markovic? 🙂

    Duvido que ainda tenha capacidade para ser um profissional de futebol. Mas jogando naquela posição o Zeegelaar qualquer jogador por mais acabado que esteja já é um upgrade

  5. Sabendo que o Coentrão ainda à bem pouco tempo passou pelo Mónaco e estava parado à bem menos tempo e ainda assim estava sempre lesionado, mesmo a jogar numa liga cujo o estilo de futebol foge maioritariamente a agressividade utilizada na liga espanhola ou até mesmo na liga Portuguesa duvido que o Coentrão consiga ser no Sporting metade daquilo que foi no Benfica….

  6. …jogador JJ….sobrevalorizado….só jogou bem nas mãos do Jesus, precisa de ser comandado…boa opção para o Sporting, se for comandado por JJ…acho-o um jogador muito speedado, sem pausa, com pouca “inteligência”, mas veremos, numa 1ª instância é uma valorização para o Sporting e para o Campeonato, mas eu não o acho assim tão bom como o pintam…opiniões….
    ….o Mourinho, pôr o Coentrão a jogar detrimento do Marcelo, também diz muito do Mourinho….
    ….Marcelo é um jogador brutal, com umas valências brutais, como diz o Tuchel (sobre o Guerreiro) até é “quase” um crime pôr um jogador destes a jogar a lateral….para mim, foi o melhor da Final, e as zonas que ele pisava?!..brutal….

  7. Acham mesmo que um jogador que não joga há 2 anos, cheio de lesões e com um nível de profissionalismo baixo, aos 29 anos apresenta as mesmas capacidades condicionais que no passado? Nem o Ronaldo que trabalha todos os dias o consegue, quanto mais alguém assim…

    • Estou a abster-me do nível de profissionalismo… 29 anos não estás na curva descendente. Portanto… as lesões poderão ter retirado a condição física…que se ganhará… se o nível de profissionalismo nao for o que afirmas 🙂 Que eu nao sei se é, se não é

  8. Vai-se sentir importante outra vez e isso pode ser decisivo.

    Além do mais quando vir que não tem andamento para os outros vai-se matar para lá chegar. A única questão são mesmo os joelhos.!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*