“MarsBet”

Lento, lento, rápido, rápido. Festival culé.

Impressionante!

Os Estados Unidos da América assistiram na madrugada de 22 ao regresso do jogar de sonho dos catalães.

Nenhuma equipa no mundo tem a capacidade para jogar tão lento, de forma tão rápida. Uma exibição incrível, com um domínio arrasador e lances de sucessivo perigo por razões tão próximas daquelas com que Pep apaixonou o mundo.

a) Organização ofensiva paciente! “Lenta”! Toque, toque, toque. Mover a oposição, aparentemente um adormecer do jogo, e repentinamente, há espaço, e investida rápida com os desequilibradores a torturarem a defensiva da Juventus.

b) Reacção à perda com uma agressividade incrível! O momento do jogo em que o Barcelona é rápido! Asfixiou a Juventus no seu meio campo defensivo e monopolizou o jogo

c) Timings perfeitos com bola para cada acção, e sem ela na movimentação. Para fechar linhas de passe, e no meio campo defensivo, para encurtar espaços.

d) Emergir do talento individual sempre no momento oportuno, fruto do “não haver pressa”.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 82 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*