“MarsBet”

Ir dentro, para ganhar condições para cruzar. Primeira parte do Sporting na Vila das Aves.

A primeira parte do primeiro jogo da Liga 2017 / 2018 a ficar nivelada muito por baixo. Muito poucas jogadas ligadas o suficiente, pouca capacidade para jogar nos espaços curtos, incapacidade para criar desequilíbrios que não de forma individual e somente quando Gelson recebia no pé, e sem se gerarem espaços por atrair ou fixar adversários. Uma primeira perte sem enganos (sem conseguir enganar-se oposição!), a tornar-se uma parte bastante monótona.

O momento de jogo mais forte hoje foi a organização defensiva

Jorge Jesus

Principais lances para além do golo em transição ofensiva, após canto do Desportivo das Aves, sempre que o Sporting conseguia colocar a bola nas costas dos médios adversários no corredor central.

Porquê?
a) Porque quando o faz, e quem recebe consegue enquadrar, obriga adversários a tomar decisões. Um central sai, lateral junta para bola não entrar entre ele e o central que saiu, e há espaço fora para posterior cruzamento. Que terá sempre maiores possibilidades de encontrar o sucesso, porque já se desposicionou o central adversário antes! Totalmente diferente de sair pelo corredor lateral, chegar à linha de fundo e despejar para cima.

b) Porque quando adversário toma as decisões erradas, o lance ganha contornos de maior perigo, pela possibilidade que se abre para que dali entre um passe de ruptura para posterior finalização com avançado isolado perante somente o guarda redes.

Nota mais para William Carvalho. Quase tudo o que de positivo o Sporting construiu foi William a iniciar. Ninguém como ele que na liga nacional ocupe a posição mais recuada no meio campo consegue descobrir espaços e colocar a bola no local exacto à hora correcta. Perdê-lo será um downgrade acentuado na forma como o Sporting tenta ligar o jogo desde trás.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2764 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

4 comentários em Ir dentro, para ganhar condições para cruzar. Primeira parte do Sporting na Vila das Aves.

  1. Os constantes gritos de Jesus a pedir aos centrais para lateralizarem, e ao laterais para jogarem fácil na linha não ajudam a uma manobra ofensiva mais capaz deste Sporting

  2. Jogo muito fraco contra novos primodivisionários com menos semanas de preparação. Pareceu que Patrício teve trabalho mais difícil para fazer. E sem aquela sorte nos golos, não sei não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*