“MarsBet”

Caminhos para a baliza adversária. Barcelona e Messi.

Um jogo pensado envolve sempre qualidade na construção dos defesas centrais, e com ela, um modelo que peça também aos defesas que sejam protagonistas com bola.

Em Alaves, o Barcelona a procurar contrariar a organização defensiva adversária que concentrava pernas em catadupa em espaços muito baixos. Para tal, obrigatório utilizar os defesas centrais na construção, podendo libertar interiores, alas e laterais para receberem a bola mais adiantada e com menos oposição entre bola e baliza.

Linha de três a sair, para aumentar pontos de saída, paciência a circular entre os três, e quando espaço abria à frente do central, protagonismo com bola, pela progressão ultrapassando linha do avançado e obrigando adversários a juntarem-se mais para impedir que bola possa entrar nas suas costas.

À progressão dos centrais, abria-se espaço, ou fora, ou onde Messi tentava aparecer.

E ninguém joga como o argentino. A perfeição em todas as zonas do campo. Seja baixando para receber e ligar o jogo com as zonas mais adiantadas, seja quando recebe já nas costas de adversários e acelera em condução atraindo todos os adversários a si para libertar colegas, ou quando aparece a finalizar, o astro argentino é o jogador que mais jogos condicionou em toda a história do futebol.

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2855 artigos
Creator of the "Lateral Esquerdo", is also a teacher at the University Stadium in Lisbon. Soccer coach, having conquered several national titles in Portugal. Experience as soccer coordinator, and lecturer at various Sports Universities. Author of the book "Build a champion team" from the publisher PrimeBooks.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*