José Mourinho. XI.

“Se nós dividissemos o jogo em três fases de construção, veriamos que o trabalho de Bobby Robson incide essencialmente na última fase. A da finalização. É aí que ele se concentra. Eu tentei, neste caso, dar um passo atrás. Ou seja, manter a primazia por um futebol de ataque, procurei no fundo, organizá-lo melhor e essa organização parte, muito justamente, da defesa.”

“Trata-se daquilo a que eu chamo, descansar com bola. É necessário, com o ritmo de jogo que nós impomos, descansar, caso contrário, ninguém aguenta uma partida. A melhor maneira de o fazer, correndo menos riscos, é descansar quando temos a posse de bola. No jogo com o Nacional conseguimos fazer isso de uma forma bastante eficaz. Quase perfeita. No fundo, trata-se de alternar os momentos de grande intensidade e pressão, com períodos de descanso com a bola, que não é mais que fazer posse de bola, mas com o intuito de repousar. É a posse pela posse, nada mais. Não há objectivo de chegar ao golo. Tenho a bola nos pés, tenho o jogo controlado e não corro, fico só a trocar a bola e a descansar.”

Em José Mourinho por Luís Lourenço

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3047 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. Daí que dificilmente as suas equipas se mostrem cansadas ou concedam golos quando se encontrem em vantagem.
    A filosofia consiste em controlar o decurso do jogo, mesmo quando já estamos em vantagem. Para isso é importante ter bons jogadores, com boa capacidade de posse e troca de bola.

  2. sim os tags eram excelentes. melhor que isso só mesmo este trecho que tu transcreveste. Absolutamente fantastico, aqui está o porque de Jose Mourinho ser um dos melhores do mundo.

    abraço

    JFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*