Mais e Menos da Semana

MAIS

Cristiano Ronaldo

Do jogador, sobram adjectivos. Enquanto homem é alvo de crítica fácil. Percebe-se porquê. Expõe-se demasiado. Os minutos que jogou (determinantes, pela forma como participa no primeiro golo. Apesar de a exibição não estar a ser positiva. Novamente, demasiado individualismo) foram de um sacrificio enorme, em prol de um grupo, de um país, que tanto o critica. O Mais, premeia a vontade de vencer, quem sabe única, de Cristiano. As consequências, já são conhecidas. Mais uma longa paragem.

MENOS

Diego Maradona

Quem não percebe o porquê de uma das mais talentosas selecções mundiais estar em apuros, provavelmente, é porque ainda não viu a equipa jogar. No plano ofensivo, o talento, a velocidade e a inteligência de tantos e tão bons jogadores, é suficiente para produzir várias oportunidades de golo. É no plano defensivo, que incomoda observar tamanho desnorte. Não há a minima coordenação colectiva. Cada jogador, parece ocupar de forma quase aleatória o campo de jogo. Digno de uma equipa de amadores. A ligação dentro do mesmo sector (defesa) é inexistente. A ligação entre sectores (defesa-meio campo) idem. Que dor causa ver, tão nobre selecção em tal situação.

MAIS OU MENOS

Carlos Queiróz

É certo que a selecção está bem próxima do apuramento. Ainda assim, não mudamos uma virgula na nossa opinião sobre o seleccionador nacional. Aguarda-se adversário acessível no Playoff.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3043 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

5 Comentários

  1. Ora mais nada… Bem falado. A vontade, etc e tal, parece-me bem. Do D10s ainda não vi nada, mesmo, para poder falar, mas pelo que é sabido, de forma geral, é que não é por ser bom treinador que está onde está, e sim por ser carismático. Pessoalmente espero que passem, se calhar mais até do que nós, que é uma beleza de selecção, aliás, pode ser, e nem que seja para calar os anti que falavam que Aimar estava acabado, etc e tal. Quanto a Queirós, um artolas, que como treinador nada acrescenta, pelo menos nunca vi nada dele, mesmo, e que eventualmente, na minha opinião, e já o escrevi nos comentários do Record, como «manager» das selecções se calhar até tinha futuro, pois muitos dos que ele treinou em miúdos, nas selecçõs jovens, hoje em dia tornaram-se, com a vida, claro, não com os seus ensinamentos há 20 anos, bons treinadores, bons directores desportivos, etc, e que poderiam ser, como parece neste momento estar a ser feito, parte da sua rede, a longo prazo, no que poderá ser chamado de «limpeza» da tal «porcaria» ou lá como é que ele lhe chamou, que há pela selecção/federação. Começam-se a ver treinadores «amigos» nas camadas mais baixas das equipas nacionais, e penso que dessa forma, eventualmente, o trabalho, no futuro, poderá render frutos. Não com ele ao leme, não creio, ou para eu dar a mão à palmatória, ele terá que mudar muito, que isto não são só miúdos a ir aos AAs. O futuro o dirá, mas para mim, Queirós, é também mais ou menos, se calhar menos… Concordo com o post.

    Abraço.

    Márcio Guerra

    P.s.- Passem pelo meu blog. Já devem estar fartos de aqui me ler, mas pronto! Poker para todos, de graça, e podem tirar dividendos de o saber jogar. Ou então aprendem!
    http://HoldUs.blogspot.com
    Se precisarem de algo estarei lá para ajudar!

  2. Concordo com o que se diz de CR9 mas quanto à lesão vou esperar para ver se isto não é uma manobra para que o CR9 não jogue pela selecção os próximos encontros…
    Qto à Argentina não vi por isso não posso opinar..
    Qto ao CQ não me parece que a culpa seja toda dele mas enfim é e será sempre o ELO MAIS FRACO!!
    Espero que amanhã Portugal vence com estilo e em EQUIPA!!

  3. Não concordo com o mais. Até no lance do golo, Ronaldo teve mal, só teve "bem" por sorte e o resto do jogo foi mais do mesmo de sempre. O blog critica tanto o Hulk (com razão) mas o Ronaldo é igual, só tá mais a mama no real, e sabe cabeçear, dai mais golos.

    Não concordo com o menos. Maradona não tem cultura táctica de facto. Os convocados são no minimo caricatos (Palermo ?!)… mas futebol é aquilo que ele sente.. paixão e emoção.. e já vi muitos titulos ganhos so com isso

  4. Da parte do Ronaldo, muito mais que a sua vontade em "ajudar a selecção", vejo sim o dinheiro que a Nike/Real Madrid ganharam com isso. Anyways, acho uma tão má ideia ele jogar e nao estar a 100 por cento, podia ter prejudicado a selecção à seria, com aquela substituicao ridicula. Nao ta a 100 por cento, nao pode jogar, nao joga! A seleccao nao deve ser espaco de vedetas mimadas… Vê-lo jogar com a braçadeira no lado esquerdo já custa, então ele sair e usar o argumento "nao me podem acusar de nao defender o meu país" é quase tão rídiculo como as tácticas do Queiroz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*