Mais e Menos da Semana

white corner field line on artificial green grass of soccer field

MAIS

Miguel Veloso, Cardozo e Domingos

É oficial. Veloso está um jogador diferente. Para além de toda a qualidade técnica que lhe é reconhecida, está mais confiante, mais dado à equipa. Pareceu mais rigoroso na forma como ocupou o espaço. Incrementou também, de sobremaneira, a agressividade (na forma rápida como sai para a contenção ou cobertura. Não, pelo número de vezes que suja os calções), sempre importante para quem ocupa tão fulcral espaço. O novo (velho?) Miguel Veloso poderá estar de volta.

As suas capacidades de finalização são sobejamente conhecidas. Estranhamente, não é esse o traço do seu futebol a ser aqui reconhecido. Esta é a melhor época do paraguaio. Não só pelos imensos golos, mas pela forma activa como participa nos ataques do SL Benfica. Tem sido um excelente apoio frontal, capaz de segurar e entregar, de forma jogável a bola. Não mais as combinações ofensivas terminam nos seus pés. Está um jogador diferente. Para melhor. O lance do segundo golo na madeira, é um bom exemplo.

Poder-se-ia pensar que o Sp. Braga não passaria em Coimbra. Porém, mais uma vitória, num jogo de dificuldade acrescida. O Sp. Braga é no momento, o principal candidato a tirar a previsível glória ao seu ex treinador. Fantástico! Ainda que continuemos desconfiados do real valor do seu treinador (Quem saberá, quanto da boa época, é fruto da excelente aprendizagem a que os jogadores do Sp. Braga foram sujeitos na temporada passada?), é impossível não lhe conceder crédito (até porque, aquando da eliminação da Liga Europa, teve a ombridade de mudar o sistema táctico, e adoptar princípios comuns aos da temporada passada).

MENOS

Jesualdo Ferreira

Este poderá ser o “Menos” mais injusto de sempre. De facto, apetece-nos criticar negativamente quem construiu o plantel, e não é certo que Jesualdo tenha uma palavra muito activa no processo. De Jesualdo, já o dissemos. Tem bastante competência táctica. Se está a ser difícil manter o ritmo de outros, isso deve-se, muito provavelmente, à camioneta de sul americanos sem valor que compõem o plantel. Ainda que se goste de afirmar que o Sporting tem uma equipa demasiado fraca (uma falsidade), não se percebe onde é que, do meio campo para a frente, o FC Porto está melhor servido…

MAIS OU MENOS

Jorge Costa

A vitória permitiu ao Olhanense sair dos lugares de despromoção. Esperava-se, no entanto, bastante mais de Jorge Costa. Quem teve a oportunidade de trabalhar de forma tão intensa com José Mourinho, deveria tentar implementar alguns dos conceitos tácticos, apreendidos com o mestre. Porque defende o Olhanense de forma tão primitiva? Para quando uma zona defensiva? Para quando um trabalho efectivo de concentração defensiva sobre a bola, e para quando coberturas defensivas em função da situação de jogo, não deixando esse tipo de função sempre para o defesa central livre?

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3761 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

11 Comentários

  1. aquando da eliminação da Liga Europa, [Domingos] teve a ombridade de mudar o sistema táctico, e adoptar princípios comuns aos da temporada passada.

    Não sei onde foi buscar a ideia de que o Braga mudou de esquema táctico após a eliminação da Liga Europa ou que regressou às escolhas tácticas da época anterior. O Braga de Jesus actuava quase sempre num 4-1-3-2, não muito diferente do actual Benfica, embora em Braga, sistematicamente com dois avançados posicionais, o que não acontece na Luz. O Braga de Domingos parte de um 4-2-3-1, sendo que a principal (e decisiva) alteração que se produziu após a eliminação da Liga Europa foi a entrada de Hugo Viana que emprestou à dupla "defensiva" do meio-campo outra dinâmica, permitindo a Vandinho reassumir o seu papel de pivot defensivo, ficando Viana com liberdade para pensar o jogo e lhe conferir ordem.

    As duas equipas têm processos ofensivos e defensivos muito diferentes. A equipa desta temporada é mais curta, mais compacta, tem maior apetência pelas transições rápidas. O seu futebol é mais flanqueado. Na época passada, o futebol da equipa era muito mais baseado no ataque posicional, na qualidade da posse de bola, sacrificando a velocidade das transições ofensivas em favor da segurança na fase de construção (o que permitia à equipa alongar-se no terreno). Era uma equipa mais positiva; a actual mais pragmática, mais calculista.

    A única coisa em que concordo consigo que se notará influência de Jesus é na coordenação do quatro defensivo. Mas sendo essa uma boa base, é abusivo atribuir a competência da equipa nos processos defensivos apenas a isso, quando eles são tão diferentes dos que eram habituais na temporada transacta.

  2. O paraguaio que falas é muito bom a segurar, entregar, assistir e a marcar … dentro da área, porque fora dela, é um desastre!

    Quando o Cardozo recebe a bola muito longe da área, é bola perdida! Hás-de reparar qq dia.

    Apesar do golos, é extremamente lento, além que o rapaz não tem pé direito, e por fim, não é muito bom a jogar de cabeça, e apesar de já ter marcado uns golitos assim, pelas oportunidades que já teve, um bom cabeceador teria o dobro de golos.

    Mas está a fazer uma boa época, apesar de ser limitado.

    Um jogador de top, com as oportunidades que o Benfica tem criado, mais os penaltys, ui, teria pelo menos o dobro dos golos!

  3. PB, acho que as desconfianças relativamente ao Domingos devem ser devidamente explicadas (como fazes perante outros indivíduos como o Di Maria, Hulk ou Vukcevic) e não meras "tiradas" do estilo: "ele não é tão bom como o pintam e tudo o que o Braga faz de bom é fruto do trabalho do Jesus". Até acredito que assim seja porque nao tenho visto muitos jogos do Braga, mas no ultimo jogoe apesar de nao ser uma equipa dominadora capaz de circular a bola de forma brilhante, os arsenalistas são sem duvida uma equipa organizada. (e relembro que já academica do mesmo treinador o era).

    Abraço keep the good work;)

  4. 1-finalmente 1 post a elogiar domingos, embora ainda sem conseguir faze-lo sem ter que o criticar. quem vence tanto não é certamente por culpa de outro!
    2-Jesualdo até pode não ter total responsabilidade na construção do plantel, mas tem-na totalmente na dispensa de jogadores como ibson, bolatti ou até vieirinha e paulo machado que tão bem conta de si têm dado no estrangeiro.
    quem opta por ficar com o limitadíssimo tomás costa em vez do tecnicista ibson, ou do jogador de visão alargada bolatti tem total culpa na falta de criatividade do meio-campo do porto. aliás uma equipa como o porto poderia na maior parte dos jogos internos inverter o triangulo do meio-campo dando liberdade a belluschi e colocando-o em zonas em que se sente mais á vontade, mas jesualdo é demasiado medroso e limitado para isso!
    3-o jorge costa e o seu olhanense apresentam futebol muito acima da média para a nossa liga. tem infelizmente perdido pontos por ingenuidade, e há que dizer muitas vezes devido a más arbitragens. mas realmente aquela defesa é péssima, mas seria com qualquer treinador, não há 1 único jogador naquela defesa que possamos dizer um dia jogará a um nivel superior. pelo contrário dizemos é que nem na liga sagres devia estar, e incluo o tengarrinha do meu porto nesse lote!
    pode ser que caso o nuno andré seja emprestado as coisas melhorem.

  5. o dobro? eu diria 327,5x mais…

    cepo do caraças o paraguaio pa…gostava de ver uma estatistica que indicasse as oportunidade que o Benfica tanto cria este, e que reflectisse a disparidade entre as que o paraguaio falho e marcou…

    ……

  6. A verdade é que Jorge Costa enquanto jogador sempre foi mais de ir ao osso do que se preocupar com tácticas, a má orientação do Olhanense não surpreende.

  7. Desde quando o Braga é igual ao do tempo de Jesus?!!

    Nunca na vida até porque a equipa do Braga é muito mais rápida nas transições e mais volátil quando tem de assumir o jogo, ao contrario da era jesus, muito mais posicional e menos forte na posse de bola, sabendo também fazer isso, não é a principal característica.

    Depois, desde quando um treinador trabalhar com outro o faz ser mais ou menos inteligente?!Quando?!!
    Se fosse assim, todos os treinadores que foram adjuntos ou trabalharam com grandes treinadores eram excelentes treinadores, e não é isso que se verifica, pois só se aproveitam alguns desse roll.

    A inteligência de um treinador não se cria, ou se tem ou não, assim como compreensão do jogo, ou se tem ou não, podendo muitos ter potencia para o ser, mas sem a capacidade de concretização, nada feito.

    Deixem esse mito "esteve com determinado treinador, vai ser como ele ou um grande treinador… "

    Isso ajuda, mas não chega.

    Abraço

  8. Caro anónimo, quer dizer então que 16 golos em 16 jogos é pouco? Se calhar o Postiga é melhor, tem boa qualidade técnica, como comprovam os 2 golos em 37 jogos… um avançado tem é de marcar golos, acima de tudo.

    Quanto a Jesualdo, aquele meio campo não serve, o Belluchi tem sido sub-aproveitado de uma maneira quase obscena. Vamos lá ver se o Micael resolve alguns dos problemas…
    Entendo que o fcp devia jogar num 4-1-3-2, com: Fernando; Micael, Belluschi e Meireles; Farias (ou Varela) e Falcao no ataque.

  9. Blog «Dá-lhes Sporting»? O Sá Pinto já não deu que chegue?
    Acho que já tinha lido os comentários deste post, os mais antigos, pelo menos, e estou a gostar da discussão. Se pudessem «comentar» o que dizem, «ilustrar» o que dizem com vídeos ou infografias é que era de valor, para percebermos posse de bola, transições, etc., de uma e outra equipa, aliás, do Braga nas mãos de Domingos e Jesus, para compararmos e percebermos…

    Agora, depois do Dá-lhes do nosso amigo anónimo, a publicidade ao meu, em que lhes dou eu, ehehhe!

    http://Bimbosfera.blogspot.com

    Márcio Guerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*