O tudo ou nada de Jesus

O tudo (Gaitan de um lado, Sálvio ou Martins do outro). O nada (Amorim de um lado, Peixoto do outro). Nem um, nem outro são as melhores opções.
Não explica tudo. Porventura, não explicará nem metade das derrotas sem fim que o SL Benfica vai acumulando. Mas, talvez seja importante partir da dinâmica que os interiores/extremos (não) conferem ao jogo ofensivo/defensivo da equipa, para analisar e corrigir o que pode e deve ser alterado.
P.S. – Garantidamente que a melhor opção será jogar com Rúben Amorim e Gaitán. Mesmo que o português tenha estado imenso tempo sem jogar, e mesmo que o argentino teime em mostrar todo o seu talento somente a espaços.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3404 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

7 Comentários

  1. Exactamente JNF, ontem, no estádio, passei metade do tempo a comentar isso mesmo. Até eu, que não entendo nada de futebol e faço uma análise completamente amadora entendo isto, mesmo que seja por sorte.

    Além do mais, a gestão do plantel a nível psicologico/emocional, tem sido deplorável. Por o César Peixoto, num jogo destes, em casa, era um risco por todos os motivos incluindo o ambiente que fica no estádio quando ele erra. (o que é uma tristeza diga-se). Jogadores tristes em campo.

    O problema dificilmente estará só no Jesus, mas as opções dele não têm ajudado nada a resolver o que quer que se passe.

  2. Parece óbvio demais, mas JJ teima em não usar os dois em conjunto mais vezes. Esperemos pelos próximos jogos. Fico triste porque acho que o Benfica tem equipa para muito mais do que está a fazer, mas razões extra futebol não o permitem. Sendo Amorim um jogador muito diferente de Ramires, mesmo assim é um jogador muito mais de equilíbrios que desiquilíbrios. Não tão vaivém como era o brasileiro mas em forma parece-me jogador para titular. Gostei muito dele no início da época de quique pelo benfica, sendo para mim na altura um jogador fundamental.
    Do outro lado o jogador mais desiquilibrante é gaitán, pena ainda faltar alguma regularidade. Das vezes que o vi ao vivo, gostei dele com a bola nos pés mas achei que tinha algumas limitações a movimentar-se sem bola, talvez fruto duma posição diferente e dum futebol diferente. Acredito que vai dar mesmo grande jogador.

  3. Sem duvida Ruben e Gaitan sao as melhores opcoes, achas que faria sentido o Ruben na esquerda em apoio ao Coentrao, e o Gaitan na direita onde me parece que rende mais ?

    Bom blog, leio sempre, desde ha uns meses,tenho sido preguicoso para me registrar…

  4. Apenas falta saber que quando um dos 2 não está disponível como se deve compensar.

    Ruben Amorim esteve lesionado e está de novo condicionado. Quem deveria jogar no lugar dele?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*