Já vos disse hoje que aquele corredor lateral esquerdo é um sonho?

white corner field line on artificial green grass of soccer field
“Os extremos que o Benfica não tem.
Um problema, diz-se. Aqui não partilhamos dessa opinião.
O importante é que o portador da bola tenha sempre várias soluções de passe. À direita, atrás, à esquerda e à frente (sempre que possível). Não é importante ter um jogador fixo a dar profundidade num corredor lateral. Importante é que essa profundidade, é que essa opção de passe seja viável. Independentemente de quem a confere.
A tendência de Nico Gaitán em conduzir a bola na direcção do corredor central, não é uma questão de hábito, por antes ocupar esse espaço. É uma questão de inteligência. É assim que se deve comportar qualquer jogador, aquando da posse da bola. É no corredor central que as opções se multiplicam e onde tudo se resolve.
Seria um problema se de cada vez que o argentino o faz, o SL Benfica perder opção de passe no corredor lateral, ou perder profundidade. Porém, isso não sucede. A mobilidade que o modelo de Jesus confere ao ataque é admirável. Quando Nico trás a bola para o meio, surgirá sempre Fábio ou Saviola como opção de passe exterior. Ou seja, o decisivo não é ter sempre o mesmo jogador a ocupar aquele espaço. O decisivo é, sempre que necessário ser possível ter mais uma linha de passe.
O que antes Di Maria procurava resolver em situações de 1×1 (que resultavam somente quando o jogador estava confiante), agora faz-se por vários. Em movimentação colectiva. E essa, meus caros, tem sempre mais possíbilidades de êxito. Afinal, passes curtos, recepções dirigidas e desmarcações são o que de menos exigente, em termos técnicos se pedem a um futebolista profissional. Se não acontece mais, é porque falta capacidade de tomada de decisão. Não a técnica.
Com Fábio Coentrão e Gaitán, do corredor lateral esquerdo do SL Benfica só se pode esperar uma dinâmica ofensiva estupenda. E golos. Muitos golos a passarem por ali.
Não cremos que o Benfica precise de alguém para resolver no plano individual, quando tudo o que de bom esta equipa faz, se centra no colectivo.”
O Texto é de Julho. Não podemos negar que a entrada de um extremo (Salvio) no onze beneficiou imenso a qualidade de jogo do SL Benfica. Todavia, é no lado esquerdo que nos queremos centrar. O entendimento entre Fábio e Nico melhora de jogo para jogo, e já não há memória do último jogo em que as suas acções não tenham feito a diferença no jogo.
Contra o Maritimo, entre várias outras combinações de rara beleza, e ainda para além da acção decisiva de Coentrão nos dois golos do Benfica, ficou na retina a jogada que terminou com um remate ao poste de Nico, depois de um passe de calcanhar de Coentrão, que retirou o lateral e o extremo adversário do lance.
P.S.- O corredor lateral esquerdo do SL Benfica, é hoje bastante mais forte que o que havia sido na época transacta com Di Maria.

Sobre Paolo Maldini 3804 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

20 Comentários

  1. É claramente indesmentível que aquele corredor lateral esquerdo é um sonho.
    Mas não é só!
    A equipa toda está mesmo num momento inacreditável, arrasador, pujante!
    Mesmo jogando de 2 em 2 dias ainda se consegue ir buscar forças para tornar o resultado justo, verdadeiro e merecido.
    Vi uma estatística que diz que o Benfica fez 109 e ataques, será possível??

  2. Olá Marta,

    Nunca percebi exactamente o que é isso dos ataques que as TVs definem estatisticamente. Ainda gostava de saber o que definem por ataques… É que supostamente, ataques as equipas têm sempre o mesmo número. O ataque de uma equipa acaba quando começa o da outra…

  3. Teve 111 ataques, porque o árbitro perto do fim anulou 2 que eram golo certo …

    111 ataques,
    43 remates muito perigosos,
    39 compressões em rolo,
    E meia dúzia de labregos a fazer figuras tristes no fim do jogo, figuras essas que mais uma vez deixam a nu a miséria que é o típico comportamento benfiquista.

    É por isso. Que são um clube de bairro. Porque têm comportamentos de clube de bairro. Quando forem um clube grande, esses comportamentos desaparecem. Como nunca desaparecerão, serão para sempre um clube pequenino, com muitos adeptos, 32 campeonatos e glória europeia atingida nos anos 60.
    Pequeninos,
    ainda assim.
    Porque miseráveis,
    e muito labreguinhos.
    Enfim.

  4. Por alguma razão o Coentrão figurou no 11 ideal do último Campeonato do Mundo.
    O Gaitán já é um belíssimo jogador de ataque mas será mais um astro a espalhar perfume daqui a algum tempo.

  5. Ataques não me diz muito, agora a quantidade de posse de bola avassaladora diz-me e muito. Saiba o Benfica variar o flanco mais rapidamente e o papel triturador da equipa subirá mais outro patamar inimaginável na qualidade de jogo do Benfica à 3 anos atrás (por mim,claro).
    Em relação à cronica, concordei inteiramente com ela na altura, faltou no inicio o que agora houve..tempo.
    cumps,
    DMC

  6. Completamente de acordo com a análise. Eu penso que foi mais o modelo que se adaptou aos novos jogadores que os novos jogadores se adaptaram ao modelo (do ano anterior). Neste ponto o JJ tem muito mérito.

    Esse aspecto do número de ataques também não concordo, ambas as equipas tem o mesmo número de ataques pois, como PB disse, quando acaba o momento ofensivo de uma equipa começa a transição ofensivamomento ofensivo da outra. Isso para mim é um ataque.

    E o comentário do MM…. Enfim.

    Ass. OneDream

  7. Também concordo que a ala esquerda está melhor que o ano passado. E apesar de gostar do Sálvio, tenho muita pena de não saber onde estaríamos se o Ramires não tem saído.

  8. O Benfica tem mesmo uma ala esquerda de nível mundial.
    O Coentrão já me parece barato se alguém pagar a cláusula de 30 milhões. Já é neste momento um dos melhores laterais do mundo.
    O Gaitán tem classe que nunca mais acaba, e só aquela arrancada ainda na 1ª parte em que flecte para dentro (lá está!), e depois de 2 dribles chuta com o pé direito ao poste, mostra bem que veio valorizar e muito esta liga portuguesa, sendo já um dos melhores da competição.
    Mas o que de facto é de sonho é o futebol que o Benfica pratica. Um gajo quase não consegue estar sentado na cadeira, é empolgante, é arrebatador, e não tem comparação possivel com nenhuma equipa no nosso país. Muito menos com os corruptos eternos beneficiados que só lideram (mentirosamente, claro) esta liga graças aos àrbitros, compadrios e jogadas de bastidores.

    ps.- ó Miguel, óbviamente que só os bois marram no vermelho, e pelos vistos esse MarraMuito, hehehehe. Mas deixa-o estar, não corram com ele daqui, que é uma espécie de emplastro cá do blogue. É só rir, hahahaha

  9. O arrebatador futebol do clube de bairro é tão arrebatador que este ano a Liga devia criar um troféu para o "2º melhor de sempre", e a UEFA devia no seu sítio abrir espaço para uma menção honrosa à "equipa que sofreu a mais pesada derrota de sempre em confrontos para Liga com o Porto desde 1943 mas que é muito arrebatadora e não fosse algum azar e arbitragens teria ganho isto tudo".

    Eu faria isso porque "rolo compressor" e "carrega" não ocupam o espaço todo no universo de chavões ridículos que os pequeninos tanto gostam.

    Acho também que o Coentrão e o Gaitan são a melhor ala esquerda do mundo. A melhor e a maior. E aquela que sem duvida carrega mais, e melhor. Não sei se a ala Scott Minto / Luís Carlos fica muito atrás, mas se calhar não fica. Pedro Henriques / Luís Gustavo também faziam furor há uns anos, mas não muito. Mas boa boa foi a dupla Bruno Basto / Nandinho, essa partiu tudo …
    Rojas / Roger era brutal, mas tiveram azar porque tantas arbitragens incríveis fizeram-na acabar em 4º e fora da Europa, mas a do ano seguinte era um mimo: Pesaresi / Carlitos. Enfim ficaram em 6º mas foi um corredor esquerdo que marcou o futebol português para sempre …

  10. Boas,

    PB, se permites deixa que eu comente tudo e não só as alas.

    Estivemos muitas semanas a ouvir que o SLB ganhava imperialmente, o seu futebol encantava e que esmagava os adversários. O pobre do líder da Liga, o FCP, somente vencia penosamente, batia os seus adversários a custo e exibia-se exausto.

    O Benfica ganhou 17 jogos em 2011 (antes disso existe um buraco negro que se prolonga em retrospectiva até ao início de Agosto de 2010…), Jesus venceu na Alemanha, onde nunca nenhuma equipa do SLB tinha vencido, é o maior desde Jimmy Hagan e Sven-Göran Eriksson, tem licença para distribuir tabefes no final dos jogos e masca a mesma chiclete desde o Natal, com a boca aberta, porque a goma é biodesagradável…

    A Nação vermelhusca acardita!

    O Porto venceu 19 dos 21 jogos disputados nesta Liga. Tem alegadamente um treinador "miúdo" e "inexperiente" que fala português correctamente. Tem o melhor ataque, a melhor defesa e o melhor marcador do campeonato. Está a fazer a sua melhor época desde de que existe democracia em Portugal. Tem mais pontos conquistados neste momento do que a diabólica equipa do SLB que venceu o campeonato dos túneis com grande pompa e estardalhaço tinha por esta altura. Tem também um jogador que tem vindo a ser eleito, desde Agosto de 2010, como o "o Melhor Jogador do Mês" pela LPFP mas o que foi notícia televisiva hoje foi o facto do Coentrão ter recebido o prémio de melhor jogador jovem do SJPF…

    A Federação de história e estatística de futebol (IFFHS) revelou recentemente que o FC Porto é o melhor clube português da primeira década do século XXI, surgindo na 14.ª posição. O SLB ficou posicionado num honroso 44.º lugar…

    O FCP venceu fora de casa uma equipa que ainda não tinha sido derrotada no seu estádio, por 3-0 e arrancou para a vitória com um golo fenomenal. O SLB venceu no último minuto dos descontos… Na passada semana, a notícia era que o Porto vencia com dificuldade e o Benfica goleava. Esta semana, a notícia é que o Benfica vence "com alma"… O triunfo do Porto não é notícia comparável.

    Para terminar: esta época, o Porto venceu um troféu e está na luta por outros três – dos 5 títulos que perseguia no início da época somente falhou a Taça da Liga; o Benfica não venceu nada esta época, está na luta por 4 títulos/troféus mas já falhou em duas competições (Supertaça e Liga dos Campeões).

    O problema das "hipérboles", como de todos os exageros por excesso de entusiasmo, cegueira ou pura ignorância, é que não resistem à demonstração factual da realidade. São construções voluntárias de uns para alimentar ilusões aparvalhadas de outros, mas no que respeita ao SLB é difícil perceber quem é quem no meio da gritaria.

  11. Loool MM a parte final do teu comentário partiu tudo… É isso e a cassete repetida pelo Fábio no.worries sempre que intervém, parece que se quer convencer a ele próprio. Não acordem não. O campeonato já fugiu, e não foi graças a essas desculpas esfarrapadas de certeza…

  12. Este M&M's é realmente uma figura interessante.

    Para todos esses nomes de fraca memória, podíamos discorrer aqui uns tantos iguais e piores no Sporting, Porco, Braga, Gil Vicente e por aí abaixo.

    A diferença é que eu, pessoalmente (aceitem a minha humilde opinião), não incluiria o Varela na lista de "iguais ou piores" da história do Sporting.

    E você, Missé-Missé?

  13. Sôr Carlos, sôr Carlos…não desminto algumas das coisas que afirmou. Agora existem uns pequenos pontos que se está a esquecer. O FC(orrupto)P é "o melhor clube português" em quê, exactamente? É que convém definir "melhor"…

    O blog é sobre futebol. E o clube que defende, foi campeão inúmeras vezes nos últimos anos, graças a "coisas" que nada têm a ver com futebol. E é isso que vocês, pequenas alminhas, não conseguem entender. Vocês podem ser falados em blogs em que se fale de resultados, de manobras ilícitas, outras licitas mas mesmo assim bem feias. Podem tambem ser falados em blogs onde os temas sejam por exemplo fruta, viagens ao Brasil, café com leite… Agora em blogs que se importem principalmente com futebol, não podem, nem devem ser falados.

    Jogadores, jogos, clubes, campeonatos, taças…tudo isso se pode comprar. Seja com fruta, seja com jóias, seja até com "conselhos" em casa de presidentes. O que não se compra é o respeito, a mística e a qualidade. Temos pena…bem sei que estão habituados a comprar tudo. Mas a admiração, até ver, não se consegue 😉

    Dito isto…Partilho da opinião do post. Aliás, já esperava desde o inicio de epoca, um lado esquerdo mais forte que no ano anterior. É que o Di Maria perdia de facto muitas bolas. Jogava de forma muito individual, e aquela velocidade toda, quase impossibilitava qualquer coisa que não fossem dribles e jogadas individuais. Com Gaitan esperava um futebol mais apoiado, com mais triangulações e acima de tudo, com menos perdas de bola…
    Mesmo assim, poderia ser melhor! Não fosse o Gaitan arriscar tanto em zonas onde não o deve fazer, e ainda ter algumas atitudes quase infantis…
    Mas a classe que mostra a cada toque na bola (por vezes nem precisa de tocar nela…) são qualquer coisa que o futebol só pode agradecer…Tivéssemos nós mais jogadores deste nível e se calhar os estádios teriam um pouco mais espectadores.

  14. Segue um artigo do jornalista andrade, Luis Sobral no MaisFutebol, e que pode, eventualmente, ajudar alguns andrades a compreender certas coisas que, para eles, é incompreensível, mas que para os benfiquistas j há muitos anos está bem claro.

    "O F.C. Porto, pela voz de André Villas-Boas e Pinto da Costa, lamenta que as vitórias do Benfica mereçam muito mais destaque do que os êxitos do clube que representam. Sobretudo quando o campeão vai oito pontos atrás do líder, na Liga.

O tema é velho, mas percebe-se que continue presente.

É difícil dizer que os responsáveis do F.C. Porto vêem mal o problema, que hoje em dia é quase um exclusivo da imprensa desportiva.

Basta olhar para as manchetes, os destaques, o espaço e o ênfase emprestado às vitórias de Benfica e F.C. Porto. É evidente que qualquer observador isento dirá, estou convencido, que o vermelho é bem mais vivo do que o azul. Hoje, acho que o problema está sobretudo centrado na imprensa desportiva e nesta, em alguns títulos mais do que em outros.

Mas este é o problema do jornalismo impresso de desporto, que de resto tem sofrido nas tiragens a perda de interesse dos leitores. E eventualmente acabará por chorar um dia as opções que hoje lhe parecem inevitáveis.



    O problema do F.C. porto é outro. Como Pinto da Costa sabe e o treinador-adepto André Villas-Boas também sabe, o F.C. Porto é um formidável exemplo de clube que falhou o crescimento. Por culpa própria, por medo, por incapacidade, o F.C. Porto continua a ser um clube fechado, desconfiado, sempre à procura de inimigos. 

Foi com esta estratégia que o F.C. Porto somou títulos, todos os sabemos. Mas também foi por causa destas opções que o clube pouco alargou a base geográfica de adeptos.

Os dirigentes do F.C. Porto têm a óbvia liberdade para escolher um caminho, até porque a história está do seu lado. Não podem é queixar-se de critérios jornalísticos, eles que sempre viram nos media apenas um instrumento.

 Um clube assim, com paredes de chumbo, não pode queixar-se.

    Eu acrescentaria que o chumbo mais não é do que uma protecção. E quando se necessita de protecção é porque se tem algo a esconder.

    Capice?

  15. hahahahaha, só mesmo o comentário desse coitadinho que assina por MM (será MuitaMerda) é que me fazia rir a esta hora…
    Será que este blogue paga a estes palhacitos para animarem isto?
    Se pagam digo já que é inteiramente justo, porque o tanso diverte mesmo a malta.
    ó MM, mete gelo, toma um kompensam e deixa passar o MAIOR de Portugal!
    E ssscccchhhhhiiiiuuu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*