Curtas

white corner field line on artificial green grass of soccer field
– Paços de Ferreira apurado para a final da taça da liga. O futebol agradece. O Paços de Rui Vitória é uma das mais excitantes equipas portuguesas dos últimos anos. Os resultados não têm aparecido por acaso. Há qualidade e há um bom processo de treino. A final da Taça da Liga promete ser um jogo bem entretido.
– Se dúvidas houvessem quanto à possibilidade de o SL Benfica chegar à vitória na Liga, foram todas dissipadas na jornada deste fim de semana. Não há que desvalorizar Jorge Jesus, nem os seus jogadores. A performance na liga tem sido francamente boa, mesmo pensando nos três pontos nas primeiras quatro jornadas. O FC Porto é que nunca cedeu e prepara-se para bater o recorde de pontuação. Quando assim é, não se deve desvalorizar quem termina atrás. Se juntarmos os dezasseis melhores treinadores do mundo na mesma liga, um deles terminará em último. Certo?
– Em boa hora voltou Falcao. É o melhor ponta de lança da Liga. Com uma agilidade extraordinária, o colombiano não tem apenas o condão de finalizar com mestria as oportunidades que vão surgindo. Sabe desmarcar-se (seja em apoio, ou em ruptura) como poucos.
– Algum conforto na luta pelo terceiro lugar para o Sporting. Mais duas vitórias consecutivas (Rio Ave e Leiria) darão uma margem, quem sabe suficiente, para o que ainda se seguirá (Guimarães, Sp.Braga e FC Porto). Ninguém acredita que com o futebol que pratica, o Vitória possa conseguir assim tantos pontos.
– A derrota do SL Benfica em Sp.Braga poderá tornar-se num factor determinante para a boa prova europeia dos clubes portugueses. SL Benfica e FC Porto podem agora centrar-se na prova europeia. Não haverá jogos fáceis, nem eliminatórias com probabilidades diferentes dos tradicionais cinquenta – cinquenta. Mas que não se dúvide que ambos têm qualidade para poder chegar à final.
– Com a recuperação de Valdés e a integração de Matias, é possível que Alvalade volte a ter futebol atractivo. Todavia, nada será obtido sem um bom trabalho de campo durante a semana.
– Roberto outra vez no melhor e no pior. Antes de oferecer o empate ao Sp. Braga terá realizado aquela que é provavelmente a melhor defesa em jogos da Liga na presente temporada. Chegará?
– O Barcelona tem o melhor futebol do mundo. E só por isso, há que desejar que vençam sempre. Porém, não é fácil aceitar a expulsão de Van Persie. Seguramente que numa prova europeia, nunca um jogador culé terminou o jogo mais cedo por igual gesto.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3011 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

17 Comentários

  1. A expulsão do Van Persie é uma autêntica vergonha.

    Este Massimo Busacca é um artista dos antigos.

    Duvido que o Barça alcançasse a qualificação 11 contra 11. Pena pelo Arsenal.

  2. A expulsão do Van Persie pode ser ridícula, agora é impossível negar que, mesmo que Van Persie continuasse em campo, o Barcelona não ganharia/passaria a eliminatória. Isto é um perfeito absurdo. O Arsenal é muito boa equipa, sim senhor, mas para fazer cócegas a este Barça ainda tem que comer muita canja. Sim, ganhou o jogo da primeira mão em casa, e depois? Não é primeira nem vai ser a última equipa que ganhou ao Barça, mas uma vitória contra a melhor equipa do mundo não significa que essa mesma equipa tenha perdido o "trono".

    O Barça mereceu passar a eliminatória, ponto final. Não gostam de ver o Barça a ganhar, então recomendo que passem a ver outra modalidade desportiva.

  3. É normal que, quando há uma equipa mais forte que todas as outras, a restante concorrência tente l
    a chegar. O Arsenal estava bem fechado e a expulsão do Van Persie veio ajudar à festa culé! O Arsenal ão estava a jogar de igual para igual.. não pode! Joga de arsenal para Barcelona, ciente das limitações e diferenças. Se não tivesse o Van Persie sido expulso dou como adquirido a passagem do Barça. Como diz o Pinto da Costa, não sou expert em bruxarias.

    O Benfica foi uma equipa muito competente ao incomodar o Porto. Teve um péssimo arranque e contou com um Porto muito forte. Nos últimos tempos tem-se falado muito no desempenho do Benfica e menos no do Porto. Depositavam-se grandes esperanças em algo que tinha poucas hipóteses… mas pelo menos tivémos um campeonato mais animado, pelo menos até domingo passado!
    Ãgora o Jesus tem de apontar rapidamente para as outras competições, virar o leme da comunicação do campeonato para o resto. Será que consegue?

    Abr,
    Pedro

  4. Gostei de ver pela primeira vez ver alguém num blod decente a falar da fantástica defesa do Roberto ao remate de Lima a 1 ou 2 metros dele. Depois vem mais um perú como há muitos aí, mas defesas como aquelas uiui-

    Quanto ao Barça, conseguiram colocar o Arsenal a jogar num 6-3-1, 6 defesas em linha, 3 gajos a correr atrás de tudo e 1…para chutar. Van Persie até podia não ser expulso, mas o defesa francês que fez o penaltie ficou demasiado tempo e …se passasse o Arsenal, também passaria uma equipa que defende o espectáculo.

  5. I ♥ astrology.

    Um pouco à parte deste comentário, e falando contigo PB, o Barça estava a encontrar algumas dificuldades na primeira parte.
    O Arsenal estava a jogar com o resultado, linhas muito juntas e baixas, e agressividade na pressão.

    O golaço do Messi veio em boa hora para o Barcelona, mas o empate do Arsenal, obrigaria o Barça a marcar dois golos (sem sofrer nenhum) para evitar os penalties.

    Com a pressão do relógio, o valor do adversário, e a arma Arshavin que Wenger tinha guardado no banco para esta situação, o Barça, repito, passaria por muiiitas dificuldades para alcançar a qualificação.

    Isto sem falar em merecimentos, que é algo que em futebol simplesmente não existe 🙂

  6. muito antes da expulsão do van persie ficou um penalti por marcar por falta sobre o Messi à entrada da área. o toque é claro.
    depois koscielny faz uma entrada brutal sem bola sobre o Villa tendo já amarelo e não é expulso.
    E ainda o 1º amarelo de van persie podia muito bem ser vermelho já que não há tentativa nenhuma de jogar bola, apenas de atingir o adversário.
    O Barça não foi nem de longe nem de perto beneficiado!

  7. O Barça para mim é a melhor equipa do mundo.
    Mas 11 contra 11 muito dificilmente o Barça dava a volta ao jogo tal como estava.
    A expulsão é ridicula e ao contrário nunca aconteceria.
    Nos 3 ultimos anos o Barça tem sido indiscutivelmente a melhor equipa mundial, mas nem sempre os melhores ganham e na champions então o factor sorte conta muito para se ganhar a prova (ao contrário do campeonato em que o mais regular ganha sempre).
    Eu como adepto do barcelona e do bom futebol sinto-me incomodado com as arbitragens a favorecer o Barcelona como esta e o escandolo de á 2 anos contra o Chelsea em que ficaram 4 penaltys indiscutiveis por marcar.
    E mesmo o ano passado o inter ficou a jogar com menos 1 bem cedo.
    O Barcelona não precisa disto para ganhar, os jogadores já demonstraram isso, por isso já era tempo da arbitragem confiar mais nos jogadores e deixar que sejam eles a decidir os jogos.

  8. PB,

    este Milan treinado pelo Jesus não só limpava facilmente o campeonato, era forte candidato à Liga dos Campeões.

    Onde é que este Allegri, que monta uma equipa que não faz um único movimento de apoio frontal (um único! é notável… nem o Paulo Sérgio!) ganha duas vezes o prémio de melhor treinador de Itália (dado pelos colegas, note-se!), é notável.

    E ainda há quem se queixe do nosso futebol…

  9. PB gostava de te colocar uma questão:

    Para mim a expulsão do VP foi o momento mais decisivo do jogo. O Arsenal mais do que perder um jogador para o momento ofensivo, perdeu um elemento de ocupação do meio-campo no momento defensivo. Mesmo considerando que o VP não estava muito activo na pressão às primeiras fases de construção do Barça, a verdade é que com menos um homem no meio, os alas do Arsenal foram obrigados a fechar mais ao meio e não tanto "lateralmente", como vinham a fazer, o que provocou um notório desequilibro no jogo a favor do Barça, porque o jogo lateral e a subida dos laterais é para mim a arma mais importanteforte deste Barça. O Arsenal estava a fechar razoavelmente bem, mas após a expulsão do VP perdeu rumo táctico, pelas razões que referi. Concordas?

  10. Finalmente vai surgir um verdadeiro candidato ao Sporting Clube de Portugal.
    A alternativa que tanto se aclamava pelo universo Sportinguista, poderá estar, sem duvida, neste candidato.
    Vejam e deliciem-se:

  11. Roça o ridículo e o provinciano acreditar e querer que a equipa que não consegue fazer um remate ao longo de um jogo passe uma eliminatória da Liga dos Campeões.

    Louros, reconhecimento e vitórias para o melhores sff.

    NunoC

  12. Caro provinciano NunoC parece que seria a primeira vez…

    Nunca ouviu falar em estacionar o autocarro?

    Por vezes resulta, veja lá que neste jogo até sem rematar a equipa do autocarro já tinha marcado um golo, tinha o jogo empatado e a eliminatória favorável…

    O Barcelona tem futebol pa ganhar 11 contra 11? Tem certamente. Passaria a eliminatória na mesma? Talvez sim, mas nunca saberemos devido ao senhor do apito.

    Erros de arbitragem á muitos e em todos os campos todos os fins de semana não é isso que se discute aqui.

    Mas grosseiros e sempre pro mesmo lado ao longo dos anos é natural que haja indignação.

    Eu também quero que o Barça ganhe sempre, sobretudo contra estas equipas dos autocarros, mas deixem que os jogadores decidam os jogos.

    Ai na provincia não se deve ver muito futebol, equipas que a defender o tempo todo passam as eliminatórias são aos pontapés, ainda o ano passado o Inter estacionou o autocarro em camp nou e foi bem sucedido.

  13. Quer dizer vocês falam do penalty do defesa francês do Arsenal(era livre em cima da área, n era penalty) e não falam da agressao de Abidal a Van persie(ainda antes da suposta agressão de VP)

  14. O que muita gente não sabe, ou não quer saber, é que jogar de peito aberto contra este Barça em Camp Nou equivale a levar no bucho… forte e feio. Fechar atrás e "lateralmente", como este Arsenal estava a fazer e como o Mourinho fez o ano passado, é uma das poucas estratégias que se podem adoptar para contrariar o "melhor futebol do mundo".
    Provinciano é ser ingénuo e ainda acreditar que para se ganhar eliminatórias é preciso jogar em ataque desenfreado…

  15. Outra vez a história do Inter???

    O Inter PERDE esse jogo do "autocarro". Passa porque em Milão sim, faz um grande jogo, onde realemente fez remates e construiu 3 golos.

    NunoC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*