Curtas europeias

white corner field line on artificial green grass of soccer field
– Três jogos, três vitórias. Performance fantástica em termos de pontuação. Porém, não abre as mesmas expectativas para a segunda mão aos três clubes. O FC Porto como que garantiu o apuramento, num campo difícil e num jogo com um adversário terrível. Resultado não menos extraordinário obteve o Sporting de Braga. Somente a diferença abismal de valores individuais nos permite pensar que o Liverpool continua favorito, apesar de tão interessante resultado bracarense. Menos bom o SL Benfica. Ainda que parta em vantagem na eliminatória, é impossível não pensar no quão difícil será o jogo em Paris. A mesma estratégia de Estugarda precisa-se.
– Com demasiados jogadores a um nível bem diminuto (Gaitán, Salvio principalmente) valeu ao SL Benfica ser uma equipa bem organizada tácticamente. Não fosse a boa distribuição posicional pelo relvado a cada momento, e exibição tão medíocre de tantos jogadores poderia ter senteciado a eliminatória, em desfavor dos encarnados.
– A força do colectivo encarnado ficou bem patente na forma como mesmo com as individualidades em sub rendimento, a equipa conseguiu chegar à vitória. Todavia, é impossível dissociar o melhor momento do Benfica no jogo, com a presença de Pablo Aimar. O argentino é bem capaz de ser o melhor jogador do SL Benfica a ter pisado o relvado do novo estádio da luz. Deixar Aimar sair no final da época será um erro tremendo. E Gaitán não acrescentará um terço da qualidade de definição de Aimar, tão importante naquela zona do campo.
– Muita qualidade e opções variadas no meio campo do FC Porto. A arte de Beluschi, a disponibilidade de João Moutinho, a força de Guarin ou a simplicidade de Rúben Micael, são opções credíveis e valorosas de Villas Boas.
– Confirmando-se a eliminação de Manchester City e Zenit, a Liga Europa fica cada vez mais apetecível. Villareal e Liverpool (!?) serão os maiores obstáculos a uma presença portuguesa na final de Dublin. Mas, o SL Benfica ainda tem uma final para disputar em Paris, antes de poder fazer contas.

Sobre Paolo Maldini 3814 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

11 Comentários

  1. Bom dia. Posso lançar um repto?Então aí vai: Pode um treinador ser grande, comunicando mal? Os mind games de Jorge Jesus são autênticos boomerangs. Vejam por ex. a motivação provocada nos seus adversários com as conferências de imprensa antes do SLB-Estugarda e Sp.Braga-SLB. O homem fez-lhes o trabalhinho todo.Vejam por ex.como diminui "indirectamente" os seus jogadores substitutos, quando comenta a ausência ou substituição dos mais titulares. Etc…Pedro

  2. Olá,

    Sigo o blog há algum tempo mas ainda não tinha comentado.

    Não sei se ficou clara qual a razão do sub-rendimento do Gaitan e Sálvio: achas que é um problema fisico ou técnico? Ou mental? Ou todos??

  3. Se o Braga passar, isto fica à mercê do Porto (e Benfica tbm). Se se confirmarem as tendencias da primeira mão, apenas o Villarreal e o D. Kiev (cuidado com esta equipa!!!) poderão travar as equipas portuguesas. E o Braga passando, com sorte no sorteio pode fazer um brilharete (calhando um muy acessivel Rangers p. Ex.)

  4. Não sei Jack. Sei que se fossem eximios no mesmo que é por exemplo Aimar (Tomada de decisão) os problemas físicos desde q n impeditivos de jogarem, pouco ou nada se sentiriam.

    Anónimo, os mind games dizem-me 0. O importante é o trabalho semanal.

  5. Marco, às 6horas não estava em casa. Não vi Porto nem Braga. Peguei nos resultados e no conhecimento anterior dos jogadores do FCP (no caso, os médios), para não os deixar esquecidos no post.

  6. dizem te 0 e é onde falhas na avaliaçao que fazes dos treinadores.
    gosto bastante de ler este blog, e ao faze lo aprendo bastante. pena falar pouco do fcporto e TANTO do benfica. e ja agora, considero bastante errada a avaliaçao que fazes do domingos. mas o futuro ira provar te.
    ps : nao sou o anonimo que falou nos mind games.

    jorge

  7. A comunicação não interessa ? Ok. Qual o trabalho semanal a que te referes ? Só ao do campo? Se assim for, desculpa, mas a forma redutora de veres a função de um treinador, e a maneira como a expressas, roça "o fundamentalismo". O todo não te diz nada ? Explica-te lá melhor, porque acho que, hoje, a tua comunicação não te está a sair bem.
    Parabéns pela grande partilha que o teu blog potencia.E já agora obrigado pela referência ao site do clube da minha terra (GDC Alvito) .Pedro

  8. Pedro, a comunicação interessa. Claro que interessa. Comparativamente ao conhecimento táctico e à forma de o potenciar é que interessa pouco.

    Como referiu em tempos o Mourinho, os jogadores percebem quem tem competência e quem não tem. E percebem isso no processo de treino, nos exercicios. Gostam de ver as coisas acontecer. Um bom comunicador mesmo que bom lider, acaba por perder o grupo se a equipa não melhorar o rendimento no campo.

    Um bergesso, como o JJ pode até ter um impacto inicial mt negativo nos jogadores, mas com o tempo acaba por os conquistar pela sua competencia. É por isso que praticamente todos os que trabalharam com ele o elegem como o melhor das suas carreiras.

    Quantos dirão o mm do Quique ou do Couceiro?

    Abraço. A referencia ao Alvito é mesmo pela forte amizade que me liga a alguém que fez parte do vosso departamento médico, e que agora está no Sporting 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*