Segunda linha do SL Benfica II

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Luís Filipe. A experência de o ter tem sido tão traumatizante que as notícias dão-nos conta da chegada de dois novos laterais direitos. Seguramente que não terão menos classe que Luís Filipe. O último lance do jogo é a cara do jogador. Tempo, espaço. Olha para um lado, olha para o outro e remata desajeitadamente ao boneco. Justiça lhe seja feita, contudo. Apesar da notória falta de classe, não comprometeu tanto quanto é costume.
Roderick Miranda. Diz-se que é um central com um potencial enorme. Talvez seja apenas azar meu. É que dos jogos vistos, Roderick revelou lacunas em todos os aspectos. É fraco técnica e tacticamente, aborda de forma errada a generalidade dos lances e fisicamente também deixa imenso a desejar. Ainda que tal seja um traço comum a jogadores de tão tenra sua idade. Resumidamente, se tem um pingo de pontencial, está a enganar bem.
Carole. A agradável surpresa. Boa técnica e com características físicas interessantes, o francês pela idade que tem e pelo valor pago, foi uma contratação muito interessante. Claramente com valor para permanecer no plantel.
Airton. É um jogador inteligente. Quando joga com a primeira linha não se nota em demasiado a ausência do titular habitual. No meio de tanta mediocridade parece menos bom do que aquilo que realmente é. É uma excelente segunda opção para a posição de trinco no modelo de Jorge Jesus.
Felipe Menezes. Tão poucos e injustificados minutos de competição pelo SL Benfica, e é bem capaz de já ter dado mais toques na bola que aqueles que as botas de Aimar já experimentaram. Esse é um bom indício de que algo não pode estar bem no jogo do brasileiro. As suas decisões são exasperantes. Quando solta a bola, fá-lo sempre demasiado tarde. David Simão é cinco vezes mais jogador que Menezes.
César Peixoto. Copy Paste do jogo da Luz com o Portimonense. “Muito inteligente e com excelente capacidade técnica. Todavia, o físico não consegue mais acompanhar a mente. É nesta fase da sua carreira demasiado lento a executar e a mover-se para poder fazer parte do plantel do SL Benfica. O que é uma pena, porque sabe mais de futebol que qualquer outro.”
Carlos Martins. É demasiado complicativo, e não nos referimos ao seu carácter. Somente às suas decisões com bola. Soma perdas de bola a um ritmo elevadíssimo. É óbvio que tem alguns bons traços. Todavia, relembrando o elevado salário, justificará o rendimento de Carlos, a sua permanência no SL Benfica? A ser verdade as notícias que dão como certa a partida de um dos 10 do SL Benfica, jamais poderão haver dúvidas sobre quem deve sair.
Franco Jara. Usasse o cérebro e seria um jogador de nível europeu. Mas Jara simplesmente não o usa. Outro que soma más decisões a cada lance que intervém. Com todo aquele poderia físico, poderia ser um jogador letal. O potencial existe, mas Jara dependerá sempre de um modelo de jogo que procure potenciar as suas características. Pela sua velocidade e capacidade para se libertar dos adversários pode tornar-se útil nas saídas para o contra-ataque. Quando joga com os titulares, por não se sentir tão confortável para optar pelos seus lances individuais, o seu rendimento sobe.
Alan Kardec. No jogo aéreo finaliza com imensa qualidade. Mas, essa é bem capaz de ser a única característica interessante de Kardec. Novamente ausente do jogo. Incapaz de ganhar uma única primeira bola e de a conservar, Kardec por apenas ter qualidade para participar no momento da finalização é um jogador a menos em campo.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3331 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

5 Comentários

  1. Como é possível F.Jara ainda não ter corrigido voluntária ou "coercivamente" a sua apetência por perder bolas atrás de bolas. Como é possível F.Meneses ainda não ter corrigido voluntária ou "coercivamente" a sua apetência pela negligência.
    Como é possível Sinei ainda não ter corrigido voluntária ou "coercivamente" a sua apetência pelos passes suicidas.
    E…..etc.
    Ah… já agora…como é possível J.Jesus ainda não ter corrigido voluntária ou "coercivamente" a sua apetência por tornar natural o Benfica perder.

  2. O Kardec finaliza com imensa qualidade?
    Fodace, será que sou eu que vejo mal?

    Todos, mas quando digo todos é mesmo todos, os jogos que ele entrou.. Ele falhou oportunidades de cabeça clamorosas!!!!

    Nos videos do iutubiu, aí sim, Kardec "O Matador da Colina" facturava bem..

    beijócas @

  3. E o Júlio César?
    Guarda-Redes enorme e fraquinho.
    Ninguém acredita em mim mas o melhor guarda-redes do Benfica é o Moreira.
    Cumprimentos,
    rm

    ps: seria interessante escrever também sobre o caso Oblak, o suplente de gente tão ilustre como o Ricardo Baptista, o Bruno Verissimo, o Rui Rego e o Vicente Paes. Isto só em 2010/2011!

  4. Concordo.

    O Roderick tem de ir rodar para outro clube.

    O Carole, apenas 19 anos, para além de ser muito inteligente, vai ser um grande defesa quando ganhar mais músculo e mais velocidade, aprender a ser mais agressivo, perder o medo e desinibir-se.

    O Airton também só tem 20 anos. Grande futuro.

    O Jara irá ser um jogador fantástico, pois tem uma atitude fantástica, mas tem de aprender a soltar a bola e a jogar com os companheiros. Isso aprende-se, mas tem de ser ensinado. Pode levar tempo.

    O Kardec também é muito jovem, eu ainda acredito nele. Se tem marcado da 2ª vez, os seus críticos estariam agora calados. Mas concordo que tem muito de melhorar.

    Carlos Martins também nunca me convenceu. Bom para suplente.

    O tempo é um grande professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*