Sporting. Vamos lá refrear um pouco os ânimos

Saíram Valdés, Simon Vukcevic, Pedro Mendes e Maniche.
Apesar do fraco rendimento de cada um deles, (momentos interessantes aqui e ali, não justificaram de todo o valor das transferências e os seus presumíveis elevados vencimentos) ninguém pode negar que são jogadores de notória qualidade e com potencial de rendimento elevadíssimo, desde que devidamente enquadrados. E desde que assim também o desejem, claro.
Por tal visão, permitam-me que não esteja tão optimista quanto a restante blogosfera. O Sporting contratou imensos jogadores. Todavia, não consigo deixar de concordar com o Filipe Sá, do jogo directo, e parceiro do Letra1. É-me, no imediato, impossível concordar com a ideia de que o Sporting esta temporada está individualmente mais apto que no passado.
Rinaudo, Schaars, Onyewu e Ricky terão de provar superioridade face aos dispensados. E talvez porque aqui sempre se valorizou mais o jogador leonino que em muitos outros espaços, não cremos que seja tão fácil assim.
Dos miúdos de dezoito, dezanove e vinte anos, desconfiamos sempre. Tão jovem, nem Cristiano Ronaldo teria maturidade suficiente para uma época ao nível da ambição e do tamanho do coração do Sporting.
Honestamente que o plantel levanta agora mais dúvidas que no passado. A diferença, porém, é que esta época teremos Domingos no teste da sua vida. O treinador leonino deve ser tido como o principal reforço. É nele que recai toda a esperança de mudança no futebol do Sporting. Espera-se que ajude os novos jogadores a confirmarem a percepção que os mais optimistas deles têm.
P.S. – Há que elogiar a organização leonina. A forma como foi capaz de definir o plantel o quanto antes, e como soube proporcionar ao seu treinador as soluções para que este inicie o seu trabalho, desde logo com o objectivo de chegar rápido ao jogar pretendido, é de louvar.
P.S.II – Não deixe de espreitar no jogodirecto, as análises aos novos reforços. Concordando ou não, não se pode deixar de elogiar a minuciosidade que tão bem caracteriza o Filipe Vieira de Sá.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3407 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*