Último minuto dos descontos na Choupana

white corner field line on artificial green grass of soccer field
O clube grande precisa desesperadamente de vencer. Há um livre, naquela que será a última oportunidade para aproximar a equipa da grande área adversária. Em campo estão vários jogadores internacionais. Vários jogadores bem pagos e com estatuto importante. Enquanto em fundo parece ouvir-se o canto do cisne-branco, o treinador da equipa que desesperadamente procura os três pontos ordena que a responsabilidade do último lance do jogo saia dos pés de um miúdo que afinal ainda é júnior. Um miúdo ainda com pouca experiência. Um miúdo ainda mal pago perante os demais. O que é que isto diz da personalidade/qualidade de Dier? 
A época está perdida. Só alguém sem noção da realidade poderá crer que o terceiro lugar é um objectivo realista. Os habituais titulares no centro da defesa são uma tragédia. Há um miúdo que começando a jogar desde já pode até tornar-se bem cedo numa referência do futebol europeu. Aparenta mais qualidade, mais classe, num dedo do pé que todos os outros no corpo inteiro. Há alguma razão para adiar o futuro de quem promete tanto? Se crê que há, é seguro que também fez parte do lote dos que teriam adiado o futuro de Patrício. Pois acredite que o guarda redes leonino não seria hoje o jogador que é, se não levasse já uns anos “disto”. 
Patrício jamais poderá esquecer Paulo Bento. Que Eric recorde Vercauteren. A última decisão do treinador leonino no jogo na Choupana, assim o parece indiciar. Só com muita experiência de jogo o inglês atingirá o patamar que o seu potencial adivinha.
P.S. – É notável a capacidade de se reinventar do Sporting. Tudo pela sua academia. Que as opções tomadas para a presente época e futuro (?!) na formação leonina não estraguem o que de melhor o Sporting teve na última década.

Sobre Paolo Maldini 3804 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*