Sporting a crescer colectivamente.

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Significativamente. E é decisivo que assim o seja. Pelo presente (chegar ao longe e complicado acesso às provas europeias) e pelo futuro.
Subitamente, todos parecem acreditar que bastará incutir um pouco de excelência colectiva e o Sporting estará pronto para se aproximar de FC Porto e SL Benfica. Não basta. O incremento da competência colectiva aproximará o Sporting do Sporting de Braga.
E urge evoluir colectivamente para que quem toma as decisões técnicas relativas ao plantel não cometa erros de subestimar ou sobrevalorizar os atletas, quando tiver de constuir o plantel em anos vindoiros. Ou porque não, já para a próxima época.
O Sporting continuará a crescer colectivamente e continuará a perder pontos. Mais do que os que seriam e serão expectáveis para um clube de tal dimensão. 
Tempos houve (Izmailov, Romagnoli, Veloso, Matias, Moutinho, Simon, Pereirinha, Carriço, Liedson) em que procurámos sempre passar a mensagem de que individualmente o Sporting estava próximo do FC Porto, e que urgia incrementar processos coletivos para dar o salto qualitativo que pudesse permitir chegar com mais frequência aos titulos. 
Subitamente, parece crer-se que basta tal desiderato para que o clube se aproxime. Não basta. A qualidade individual de outrora já partiu. Não bastará incrementar os processos colectivos. Individualmente dois terços do plantel do Sporting é constituído por jogadores desinteressantes. Uns com umas qualidades, outros com outras. Poucos realmente interessantes por simplesmente não terem o que é preciso. Uns tê-lo-ão mais tarde. Outros nunca lá chegarão. É hoje bastante fácil entrar naquele plantel e entrar naquele onze. Há mais de uma dezena de jogadores de equipas classificadas abaixo do terceiro lugar que entrariam directamente no onze. O Sporting não descobriu recentemente um craque para a sua lateral esquerda. Mesmo que venha a evoluir para um jogador importante. A entrada do ex lateral esquerdo do Beira Mar directamente no onze, espelha mais o nível actual do plantel do Sporting que o próprio valor do atleta. Que poderá até ser interessante.
Não terá sido por acaso que o próprio treinador leonino já foi dando o recado de que é melhor não esperarem grandes “coisas”.
P.S. – O menor poder de investimento quando comparado com o FC Porto, pode servir como uma óptima desculpa para a distância a que no relvado os clubes se encontram. As armas negociais não são as mesmas. Porém, o que sobretudo não é igual é a competência de quem toma decisões. De quem forma planteis, de quem decide equipas técnicas e contratações.
P.S. II – O texto não pretende de forma alguma condicionar ou até abordar situações relativas à instabilidade “politica” do clube. Apenas dar a perceber que independentemente da direcção que estiver em funções, só criando um departamento com um leque de pessoas que perceba verdadeiramente de futebol, o Sporting poderá voltar a aproximar-se do título. Por vezes, nem é preciso gastar-se tanto assim para se chegar a boas escolhas. É preciso é conhecimento e observação.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3756 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*