“Neymar não joga na mesma rua de Messi ou Ronaldo” Joey Barton

white corner field line on artificial green grass of soccer field
E de facto não joga. Nem jogará. Nunca.
O seu estilo aproxima-o de Cristiano Ronaldo. Como de Robinho, por exemplo. Muita verticalidade, muita correria, velocidade imensa. Na passada e na execução. Será sempre um jogador vistoso porque de um momento para o outro retira dois, três adversários da frente. Tudo em enorme velocidade.
Todavia, nunca cruzará a rua de Ronaldo porque simplesmente nunca terá a capacidade finalizadora do português. Quando chegar à Europa, é garantido que os seus números estarão sempre muito longe dos de Ronaldo.
E repare que é o golo de Ronaldo que alimenta a discussão sobre quem será o melhor do mundo. Retire o golo a Ronaldo, e a discussão termina.
Não é uma questão de rua, quando se pensa em Messi. Neymar não jogará no mesmo código postal do astro argentino. Partilhar a mesma constelação é tudo a que terá direito. Mais perto do que isso, nunca almejará. 
Não é só o golo. A cabeça levantada, a tomada de decisão, a criatividade, a qualidade de passe associada, sempre associada, à sua tomada de decisão. Alimentar o mito de que Neymar poderá ousar sequer competir com Messi é do mais absurdo que se pode sequer fazer.
Quando chegar à Europa,  porque tem qualidades inatas para o jogo, Neymar adaptar-se-à e gradualmente será um caso de sucesso. Desenvolverá naturalmente outras capacidades que não tem no presente, e que precisará para triunfar nas melhores (porque mais exigentes tacticamente, sobretudo ao nível da solicitação da velocidade de raciocínio) ligas europeias. Tornar-se-à um jogador importante. E quem sabe não poderá mais tarde ser convidado para jantar na casa de Silva, Iniesta ou Zlatan. Não será fácil, porém.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3046 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*