O mito do maior talento em Portugal

Ricardo Quaresma é mais talentoso que Cristiano Ronaldo. Só não é o melhor do mundo, por não ter cabeça. É essa a tese que os que mais gostam do extremo usam, para justificar os sucessivos fracassos. E é bem verdade. Mas não no sentido que se confere ao termo “ter cabeça. Quaresma não tem cabeça, para pensar futebol! Não é por bater nos adversários, não é por ser mauzão, por querer mandar no treinador, por ser mau colega, por não se cuidar fora do treino ou ser indisciplinado dentro dele, que Quaresma não teve sucesso. Ele não o teve, porque não joga nada. Uma batata pensa mais no jogo do que ele. Assim, aos que defendem Quaresma na selecção, eu digo não obrigado. Há extremos nos juvenis do Porto mais aptos a jogar futebol que ele.

Peço desculpa, por vos ter obrigado a perder quase 4 minutos da vossa vida com um artigo que de futebol tem muito pouco, num espaço onde vocês procuram por mais e melhor futebol.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3331 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*