“Alguém com as características do Ronaldo ou o Messi vão ter sempre um envelhecimento pior que um Xavi… porque ambos os casos a capacidade física é mais preponderante… enquanto no caso de Xavi é a leitura de jogo e capacidade de passe que fazem a diferença”

Sobre a opinião de alguns leitores, acerca da preponderância da excepcional capacidade física que Messi tem no seu jogo…

O que distingue Messi não é a velocidade. Ou melhor, é a velocidade. Velocidade com que toma decisões acertadas. Qualidade na leitura da situação de jogo, se quiserem. O que distingue Messi dos demais velocistas é precisamente o facto de ele não precisar da velocidade para desequilibrar. Ele usa algo melhor, como usam Xavi e Iniesta.

Retirado de um artigo passado do Posse de Bola, de um jogo de Messi na época passada, veja-se a capacidade de resolver situações complexas, no treino.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3758 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*