Jogar bem e ter oportunidades.

Não é só a generalidade dos adeptos que não tem a noção do que é verdadeiramente jogar bem e justificar o lugar. Ou ter oportunidades.
Há poucos dias atrás Bebé, afirmava “Penso que merecia mais. Se não tiver oportunidades não consigo mostrar valor”.
Tal pensamento parte logo de uma premissa errada e demonstra desde logo a percepção que o português tem do jogo. Acabando quase desde logo por justificar ter tido poucos minutos. Totalmente diferente de não ter tido oportunidades para mostrar valor.
Bebé pensará que não teve oportunidades porque não faz ideia do que é jogar bem. Tal como noventa por cento das pessoas que até seguem futebol não o fazem. Bebé crê que se tem jogado mais minutos poderia ter feito um golo num dos seus fortes remates, e como tal jusficaria jogar mais no encontro seguinte e por ai diante.
Acontece que jogar bem não tem nada a ver com acertar com uma bola na baliza ou fazer um passe para golo, ou roubar quatro bolas. Jogar bem é estar bem na larga maioria de acções em que intervém. Com bola e sem bola. Bebé poderá fazer dois golos de antologia no mesmo jogo mas se em todas as outras acções decidir mal, passar mal, perder a bola, ou mesmo não a perdendendo, com a sua decisão afastar a equipa do sucesso, Bebé terá feito um jogo de nível fraco. Porque fez dois golos, mas impediu a sua equipa de poder fazer mais nove ou dez. 
É isto que ainda hoje tantos jogadores não percebem. As oportunidades eles têm. Todos os dias têm oportunidade de mostrar no treino ao treinador que são melhores que os colegas. Essa é a verdadeira oportunidade. Colocar alguém em campo apenas porque de X em X tempo um remate seu pode terminar no fundo da baliza, quando em todas as outras acções só prejudica, não é uma questão de mera fé do treinador. É mesmo parvoíce. 
Todos os dias Bebé tem oportunidade de mostrar valor. Mesmo que não ao grande público. Se não mostra é porque o valor que tem não será o que pensa que tem. 
E justificar jogar ao fim de semana tem tudo a ver com mostrar que consigo em campo a equipa está mais próxima de lá chegar. Porque sabe decidir. Sabe aproximar do sucesso. E não porque ocasionalmente até faz um bom passe ou um bom golo, passando o restante tempo a somar disparates.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3232 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

1 Trackback / Pingback

  1. Jorge Jesus. Estratégia e método. – Lateral Esquerdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*