Melhor aposta da semana. La Liga.

Será no seu habitual 442 que a equipa de Simeone receberá o Bilbao. Agressividade nas zonas de pressão bem definidas, um dos traços da equipa do argentino, que lhes permite recuperar muitas bolas altas e sair rápido em transição aproveitando o que de melhor Griezmann e Jackson ou o maravilhoso Vietto (jogarão dois destes jogadores na frente) têm. Avançados que fazem a diferença pela agressividade com que aparecem a finalizar e a movimentar-se no último terço. Não só na profundidade mas também na qualidade que emprestam ao jogo entre linhas adversárias.
Muita dinâmica defensiva na equipa de Simeone. O pressing sobre o trinco sempre seguido de reajuste dos alas dentro, protegendo a entrada da bola no corredor central.
Louvável a forma como Simeone convence um grupo cheio de jogadores do melhor que há no mundo a pressionarem e reagirem rápido defensivamente, sem que ninguém se guarde ou esconda.
Pressing e saídas rápidas. Com a qualidade dos avançados, também argumentos em organização. Cada vez mais completa a equipa madrilena.
Atraente ofensivamente a equipa de Valverde. Percebem-se as ideias. O 4231 com um avançado de grande qualidade na finalização (Anduriz) e um segundo que se encosta para ligar com o primeiro. Construção a cargo dos centrais e do duplo pivot do meio com laterais muito profundos e em largura permitindo aos extremos jogar dentro e nas costas dos médios adversários. Comportamentos muito interessantes em organização ofensiva.

É na transição defensiva que se concentram as maiores duvidas sobre o modelo de Valverde no Athletic. Coloca muita gente demasiado à frente da linha da bola, e a cada perda, é forçado a defender com poucos elementos, porque a ajuda demora sempre bastante a chegar. No Vicente Calderón, tal será uma dificuldade extra porque o Atletico é sobretudo forte a recuperar alto e a lançar imediatamente os ataques rápidos.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3047 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*